Gurus da tecnologia apelam à ONU que proíba os “robôs assassinos”

Mais de cem especialistas em robótica e Inteligência Artificial, incluindo Elon Musk e Mustafa Suleyman, apelaram às Nações Unidas para prevenir o desenvolvimento dos chamados “robôs assassinos”.

Numa carta enviada à ONU, 116 especialistas do setor, entre os quais o chefe da Tesla, Elon Musk, e o co-fundador da DeepMind, Mustafa Suleyman, alertam para o risco de “uma terceira revolução (na tecnologia) de guerra” e pedem a proibição do uso de Inteligência Artificial no desenvolvimento e uso de armas.

“Uma vez desenvolvidos, estes robôs permitirão um conflito armado numa escala maior do que nunca e em intervalos de tempo mais rápidos que os humanos podem compreender”.

Estas podem ser armas de terror, armas que déspotas e terroristas usam contra populações inocentes, e armas que podem ser hackeadas (e reprogramadas) para fazer coisas indesejáveis”, acrescenta.

Os líderes da tecnologia deixam ainda um tom de urgência e alertam que “não há muito tempo para agir”. “Uma vez aberta, esta caixa de Pandora será difícil de fechar”.

Por isso, os 116 especialistas pedem que esta tecnologia “moralmente errada” seja acrescentada à lista de armas banidas pela Convenção das Nações Unidas sobre Certas Armas Convencionais (CCW).

Na mesma carta, também lamentam o adiamento para novembro de uma reunião de um grupo das Nações Unidas focado em armamento autónomo, que deveria ter discutido o assunto esta segunda-feira.

A ONU já tinha discutido uma possível proibição de desenvolvimento destes “robôs assassinos”. Em 2015, mais de mil especialistas do setor tecnológicos, cientistas e investigadores já tinham escrito uma carta a alertar para os perigos das armas autónomas.

Entre os signatários da carta estavam, além de Elon Musk, o cientista Stephen Hawking e o co-fundador da Apple Steve Wozniak.

O que é um “robô assassino”?

O chamado “robô assassino” é uma arma totalmente autónoma que pode selecionar alvos sem a intervenção humana. Ainda não existe, mas os avanços da tecnologia tornam esta possibilidade algo cada vez mais próximo da realidade.

Defensores desta tecnologia dizem que as leis de guerra atuais são suficientes para resolver quaisquer problemas que possam surgir se estes robôs forem utilizados.

Por sua vez, os que se opõem acreditam que se trata de uma ameaça à Humanidade e que quaisquer “funções de morte” autónomas devem ser banidas.

ZAP // BBC

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Sem dúvida! Nem nunca deveriam ter começado sequer a brincar com IA.
    IA propaga-se como um vírus informático, a realidade é mais complexa que a ficção.

RESPONDER

Nu num cavalo branco e de saltos altos. Retrato de Emiliano Zapata gera indignação no México

Centenas de manifestantes invadiram o Palácio de Belas Artes do México, na passada terça-feira, por causa de um retrato do general Emiliano Zapata (1879-1919), considerado um herói revolucionário no país. A obra, pintada pelo artista …

Felipe VI designa Sánchez como candidato a formar o próximo Governo

O Rei de Espanha designou, esta quarta-feira, em Madrid, o secretário-geral do PSOE e primeiro-ministro em funções como candidato a chefe do próximo Governo, anunciou a presidente do Parlamento. "Sua majestade o Rei [...] comunicou-me a …

No Porto, há um painel publicitário que recicla tanto ar como 230 árvores

O painel publicitário da Volvo, instalado na fachada de um prédio entre a Avenida da Boavista e a Rua 5 de Outubro, no Porto, é mais do que publicidade. A tela ajuda a reciclar o …

Governo recua e deixa cair proposta sobre perda de férias em caso de baixa prolongada

O Governo recuou e deixou cair a proposta apresentada aos sindicatos que previa que os funcionários públicos mais antigos que estivessem de baixa prolongada perdessem dias de férias, disse esta quarta-feira o líder da Fesap, …

Marta Temido recusa ser "refém" de Centeno e anuncia maior concentração de Urgências até ao verão de 2020

"Eu nunca me senti refém [de Mário Centeno]. Tenho alguma dificuldade nessa leitura. Este reforço de meios também permitirá injetar mais confiança no sistema e criar respostas. Mas não considero que tenho estado refém do …

IVA da luz. Proposta do Governo foi afastada há um ano porque "não tinha enquadramento legal"

Em 2018, o Bloco de Esquerda apresentou a proposta da taxa reduzida do IVA da luz para um primeiro escalão de consumo. O Governo não fez o pedido a Bruxelas - como fez agora -, …

Nenhum dos treinadores do FC Porto ou Belenenses relatou agressões à PSP

Nem Sérgio Conceição nem Pedro Ribeiro mencionaram uma eventual agressão nas suas declarações à polícia. O treinador portista deverá ser ilibado de qualquer acusação. No domingo, os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e …

Estado não cumpre os requisitos mínimos que criou para os cuidados paliativos

A maioria das equipas de cuidados paliativos do SNS não tem cumprido os requisitos mínimos definidos pelo próprio Estado. Há uma grave falta de profissionais nesta área. Os cuidados paliativos em Portugal têm vindo a regredir …

Rússia diz que pode organizar os seus próprios Jogos Olímpicos

Na sequência da exclusão por quatro anos, anunciada na segunda-feira, a presidente do Parlamento russo sugeriu que o país pode organizar os seus próprios Jogos Olímpicos. A presidente do Parlamento russo, Valentina Matviyenko, afirmou que o …

Israel vai voltar às urnas. É a terceira eleição consecutiva em menos de um ano

Israel vai ter o terceiro ato eleitoral consecutivo em menos de um ano, estancado num bloqueio político e com um primeiro-ministro acusado de corrupção. Ao terminar à meia-noite de quarta-feira o prazo do Parlamento para eleger …