Espanhóis estão a fixar morada em Portugal para não ficarem sem carta

Alguns cidadãos espanhóis, quase a ficar sem pontos na carta de condução, estão a estabelecer residência no nosso país para poderem trocar o título por um português.

A notícia, avançada esta segunda-feira pelo Jornal de Notícias, adianta que centenas de “nuestros hermanos” estão a estabelecer residência em Portugal para poderem continuar a conduzir.

Em causa está o facto de terem perdido quase todos os pontos da carta de condução e, por isso, recorrem a este esquema para trocar o título espanhol por uma licença portuguesa.

Uma prática que é ilegal, uma vez que a proibição de conduzir se mantém no país de origem, neste caso, em Espanha.

Segundo o jornal, ainda no mês de dezembro, um condutor foi intercetado em Badajoz e teve de cumprir 31 dias de trabalho comunitário.

Carta de Condução por Pontos

A carta por pontos entrou em vigor em Portugal em junho do ano passado. Com este sistema, que já era aplicado em vários países europeus, os automobilistas passaram a ter uma pontuação inicial de 12 pontos, que aumenta ou diminui, em função das infrações cometidas.

Os crimes rodoviários, como um homicídio por negligência ou uma taxa de álcool superior a determinado valor, e contra-ordenações graves, como a condução sob o efeito de álcool ou o excesso de velocidade, são as situações mais punitivas, levando à perda do maior número de pontos.

Quem não cometer nenhuma destas falhas durante três anos, é premiado com um incremento nos pontos até um máximo de 15 pontos.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. A solução é simples.
    É alargarem a punição de falta de pontos a todo o território europeu, pois um acelera que ficou sem pontos em Portugal não é um condutor exímio na Polónia.

    • Eu sempre pensei que isso acontecia a nível internacional (mais que não seja na União Euopeia). Isto é, se se perde a carta num país, não só não se pode conduzir no país de origem, como não se pode conduzir em mais país nenhum. Huh. Estamos sempre a aprender.

      • Também pensava o mesmo mas, mais uma vez, a conclusão que se pode tirar é que isto é uma UE da treta. Pelos vistos não há informação partilhada.

  2. O que é triste, é o simples facto de se poder conduzir, ser-se à partida um criminoso. Enquanto os verdadeiros, os que matam e esfolam, andam impunes por aí… já nem falo naquilo que se paga para se poder conduzir. Enfim, é o mundo “civilizado” em que vivemos…!!!

    • Chhhhhiu… tá calado, que ninguém precisa de saber isso…
      Será que não perceberam ainda que o que importa é pagar a multa? O estado tem um orçamento e este é para cumprir… tudo o resto é secundário. Como se pode incluir as receitas das multas no orçamento é um verdadeiro mistério… carregado de hipocrisia! O objectivo é cumprir o orçamento, não diminuir a criminalidade, ou lá o que queiram chamar a quem anda a 70 numa zona de 50km/h. Curioso não reverem os limites de velocidade desde sabe-se lá quando. Os carros evoluíram desde a pré-história e a segurança activa e passiva pouco têm com os carros da época em que estes limites foram estabelecidos.
      Se quisessem realmente limitar as velocidades, punham limitadores nos carros e acabavam os excessos… é claro que os construtores não achariam grande piada ao verem o seu topo de gama com os mesmos limites que um modelo base qualquer… mas os lobbys em Portugal não existem…
      Cambada de hipócritas!

RESPONDER

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …

Presidente da República passa o fim de ano na ilha do Corvo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano …

O calor extremo está a fazer com que os bebés nasçam mais cedo

Investigadores descobriram que o calor extremo faz com que os bebés nasçam mais cedo. Tal como quase tudo neste mundo, as coisas só vão piorar com as alterações climáticas. Segundo o Science Alert, os dois investigadores …

Empresa está a contratar uma pessoa que será paga para usar pijamas e dormir

Um start-up de colchões da Índia, que se descreve como uma "empresa de soluções para dormir" está a contratar alguém que será pago apenas para fazer isso mesmo. O objetivo é testar os seus produtos de …