Espanha anunciava zero mortes quando morriam dezenas de pessoas por dia

Kiko Huesca / EPA

Pedro Sánchez, líder do PSOE

Os dados divulgados pelo Ministério da Saúde espanhol não coincidem com os números revelados pelas regiões autónomas. Sánchez chegou a anunciar zero mortes quando morriam dezenas de pessoas por dia.

No dia 25 de maio, o Ministério da Saúde espanhol deixou de contabilizar o número de óbitos por dia e passou a divulgar o número de vítimas mortais dos últimos sete dias. O jornal espanhol ABC escreve esta sexta-feira que morreram mais 1.437 pessoas do que aquelas que foram reveladas.

Os dados divulgados pelo Ministério da Saúde não coincidem com os números registados pelas regiões autónomas. Estes dados não oficiais, relativos ao intervalo entre o dia 25 de maio e o dia 14 de junho, mostram que morriam, em média, 68 pacientes por dia.

Por exemplo, no dia 3 de junho, o primeiro-ministro Pedro Sánchez anunciou que Espanha tinha registado zero mortes por covid-19 no país. No entanto, os dados das regiões autónomas não corroboram esta afirmação do chefe do Governo espanhol.

Entre os 1.413 óbitos reportados pelas regiões autónomas, a maioria foi registada na Catalunha e em Madrid, escreve o Diário de Notícias.

O Governo espanhol vai fazer esta sexta-feira uma revisão em alta do número de mortes no país devido à covid-19, para “cerca de 28.000”, a partir dos atuais 27.136, dado que está sem alterações desde 7 de junho.

“Infelizmente, temos uma grande percentagem [de mortes], cerca de 28 mil. Amanhã [sexta-feira] vamos dar dados mais fiáveis e mais seguros, mas será à volta de 28 mil mortes”, avançou hoje o diretor dos serviços de Alerta e Emergências Sanitárias do Ministério da Saúde espanhol, Fernando Simón, durante a videoconferência de imprensa diária sobre a atualização da evolução da pandemia.

O número oficial de mortos mantém-se inalterado em 27.136 desde 7 de junho, depois de os métodos de contagem de casos e mortes terem sido alterados no final de maio.

Até ao final do mês passado, quando a epidemia estava em forte declínio, o Ministério da Saúde registava diariamente entre 50 a 100 mortes. Mas desde a mudança de método, o número caiu para menos de cinco, e até mesmo zero mortes durante vários dias.

A oposição de direita e de extrema-direita tem acusado o Governo de esquerda do primeiro-ministro Pedro Sánchez de esconder o número real de mortos.

Fernando Simon admitiu recentemente que o número tinha sido “congelado” devido a “discrepâncias”, o que, segundo ele, se devia, em parte, a atrasos em algumas comunidades autónomas, que têm autonomia em matéria de saúde.

O relatório diário com a atualização da situação epidemiológico no país avisa, há já vários dias, que “está a ser efetuada uma validação dos casos dos falecidos que permitirá a correção da série histórica que será atualizada semanalmente”.

“A validação individual dos casos está em curso, pelo que pode haver discrepâncias em relação à notificação agregada dos dias anteriores”, acrescentam os serviços sanitários espanhóis.

Segundo o Governo espanhol, o novo sistema de contabilidade deverá permitir a deteção mais precoce de surtos de contágio no caso de um aumento da pandemia.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) espanhol e um organismo governamental de investigação pública anunciaram em finais de maio que, desde meados de março, o país tinha registado mais cerca de 43 000 mortes, em comparação com a média do mesmo período dos últimos dez anos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. A época do turismo está à porta, portanto é preciso fingir que tudo vai ás mil maravilhas, quando a situação der de novo para o torto ao ponto de não ser possível mais encobrimentos, cairá a máscara aos seus autores e o país pagará a factura.

  2. Pois é
    Os mortos em Espanha e os doentes do covid19 , na China , acabaram por decreto .
    Só uns tansos, sem escrúpulos , querem fazer crer ao mundo, que o covid , se ausentou de férias , dum momento para o outro . E depois acusam os Tugas de terem muitos infectados .
    Então agora o virus de Pequim, foi exportado pelos Europeus ???? a china no seu melhor !!!
    Até dá jeito , para acabarem as importações da Europa !!!
    Há mais de dias semanas , que quase não eram anunciadas mortes em Espanha, contrariando o que o
    ” El Pais ” anunciava .
    Cuidem-se , a verdade é como o azeite, vem a cima !!

  3. Acho muito bem pensado. Qual honestidade. Mas deu um bocadinho nas vistas quando de repente já não tinham mortes por covid19.
    Por cá não sabem mentir. Será?

RESPONDER

Antigo gestor de Isabel dos Santos denuncia "contrato falso" da Sonangol

O antigo assessor da empresária Isabel dos Santos na Sonangol, Mário Leite da Silva, queixou-se junto de reguladores internacionais sobre um “contrato falso” que terá lesado a petrolífera angolana em 193 milhões de euros em …

Presidente do Líbano pede ajuda na ONU para a reconstrução pós-explosão

O Presidente do Líbano, Michel Aoun, pediu na quarta-feira à comunidade internacional apoio para a reconstrução do principal porto do país e dos bairros de Beirute destruídos pela catastrófica explosão ocorrida em agosto. Na sua intervenção pré-gravada …

Ninguém foi indiciado pela morte de Breonna Taylor. Dois polícias baleados durante protestos

Um painel de jurados do Kentucky indiciou esta quarta-feira apenas um polícia por disparar contra apartamentos na vizinhança, mas não avançou com acusações contra nenhum polícia na morte da jovem negra Breonna Taylor. Imediatamente após o …

Multas de transportes públicos não são cobradas há três anos (e já chegam aos 17,6 milhões de euros)

As multas nos transportes públicos não estão a ser cobradas desde setembro de 2017 e já chegam a mais de 17,68 milhões de euros. As primeiras multas desde que foi alterado o regime de sanções, …

Football Leaks. PGR e FPF só souberam de ataques informáticos pela PJ

A Procuradoria Geral da República (PGR) e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) só souberam que tinham sido alvo de ataques informáticos através da Polícia Judiciária (PJ), revelou esta quinta-feira o inspetor José Amador no …

Governo prolonga prazo das moratórias até setembro de 2021. Portugal em contingência até 14 de outubro

O Conselho de Ministros decidiu prorrogar, esta quinta-feira, a vigência da situação de contingência em Portugal continental até às 23h59 de 14 de outubro. As moratórias de crédito foram prolongadas até 30 de setembro de …

Trump diz que diretrizes mais rigorosas para aprovação de vacina são “jogada política”

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse, esta quarta-feira, que a Casa Branca “pode ou não” aprovar novas directrizes da Food and Drug Administration. As novas diretrizes para aprovação de vacina contra a covid-19 exigem …

Maduro insta ONU a criar fundo que garanta alimentos e medicamentos

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, propôs que a Organização das Nações Unidas (ONU) crie um fundo rotativo de compras públicas para garantir o acesso a alimentos e a produtos de saúde, financiado com recursos …

Mais três mortes e 691 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 691 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da Direção-Geral de Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da …

2 em 1. Ryanair está a oferecer um voo na compra de outro (e é só hoje)

Já estava com saudades de viajar e conhecer novos países? A Ryanair não quer que lhe falte nada. A companhia aérea low cost lança uma promoção “inédita” e garante uma oferta 2 em 1. As …