Espanha espera ter 30 milhões de vacinas entre o Natal e fevereiro

La Moncloa - Gobierno de España / Flickr

O ministro da Saúde espanhol, Salvador Illa

Existe a possibilidade de haver em Espanha uma vacina contra a covid-19 entre o Natal e o início do próximo ano, anunciou esta sexta-feira o ministro da Saúde, Salvador Illa.

Nesse período, assegurou o ministro, citado pelo Diário de Notícias, Espanha terá 30 milhões de vacinas, devendo distribuí-las segundo critérios populacionais e de forma “equitativa” entre as várias regiões autónomas.

À RAC1, Illa indicou que, seguindo os ritmos esperados, uma percentagem significativa da população poderá estar vacinada no verão. “Há um esforço muito grande” para ter a vacina pronta, disse o ministro, sublinhando que no início do ano vão haver “diferentes tipos de vacina” que “com o passar do tempo terão melhor eficácia”.

“Não está descartado que a vacina seja um presente de Natal”, frisou. “Ainda temos que esperar até novembro para ter as primeiras impressões”, mas “se passar nas análises clínicas, poderemos ter vacina em breve”, acrescentou.

Illa explicou que existem três contratos para a obtenção de vacinas e que estão previstas 30 milhões de doses para Espanha até ao início de 2019, demorando mais alguns meses para serem distribuídas, de forma equitativa entre as comunidades autónomas.

O ministro expressou a necessidade de haver hostilidade para com os negacionistas e os antivacinas. O Centro de Investigações Sociológicas (CIS) aponta para que mais de 40% dos espanhóis não estejam dispostos a ser vacinados.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Investigadores descobrem porque há pessoas infetadas sem sintomas de covid-19

Investigadores do hospital universitário de Aarhus, na Dinamarca, descobriram que algumas pessoas infetadas com o novo coronavírus não desenvolvem sintomas porque este poder ocultar o seu genoma para não ser reconhecido. Como noticiou esta sexta-feira o …

Luís Pina condenado a quatro anos de prisão pela morte de adepto italiano junto ao Estádio da Luz

O principal arguido no processo do atropelamento mortal do adepto italiano de futebol Marco Ficini, junto ao Estádio da Luz, em Lisboa, em 2017, foi hoje condenado a quatro anos de prisão efetiva, por homicídio …

Glenn Greenwald deixa Intercept e acusa editores de “censura”. Foi proibido de publicar texto sobre Biden

O cofundador do site de investigação The Intercept, Glenn Greenwald, anunciou a sua demissão e acusou os restantes editores de “censura” por terem impedido a publicação de um artigo seu sobre o candidato democrata à …

Cristiano Ronaldo está curado da covid-19

Cristiano Ronaldo está curado da covid-19, informou a Juventus esta quarta-feira através de uma nota no seu site oficial. "Cristiano Ronaldo fez o teste para Covid-19. O exame deu um resultado negativo. O jogador está, portanto, …

Investigação a Juan Carlos vai ser arquivada pela Justiça espanhola

A justiça espanhola vai arquivar a investigação ao rei emérito, Juan Carlos, aberta devido a alegados crimes fiscais e branqueamento de capitais, informaram fontes judiciais citadas pelo Confidencial. De acordo com o jornal, Juan Carlos ainda …

Concelho de Portalegre registou o seu primeiro caso (e revela "segredo" para combater pandemia)

Um comportamento recatado e os habitantes sempre alerta com "o bicho" são apontados como os "segredos" que têm "protegido" Fronteira (Portalegre) da covid-19, que só esta semana registou o primeiro infetado desde o início da …

Rio de Janeiro vai ter "réveillon" com espetáculos e fogo de artifício (mas sem público)

O Rio de Janeiro encerrará 2020 com espetáculos e concertos ao vivo em seis palcos montados na cidade brasileira, mas aos quais o público não terá acesso devido à pandemia. Apenas poderá vê-los nas redes …

GP de Portugal. Há 14 casos de covid-19 em equipas de Fórmula 1

Em conferência de imprensa, a Proteção Civil do Algarve revelou que foram identificados 14 casos de covid-19 entre pilotos e staff de equipas da Fórmula 1 que estiveram em Portimão. Foram identificados 14 casos de covid-19 …

Islâmicos "têm o direito" de matar franceses. Twitter retira comentário de ex-primeiro-ministro da Malásia

A rede social Twitter retirou um comentário controverso do antigo primeiro-ministro malaio ​​​​​​​Mahathir Mohamad, relativo ao debate desencadeado pelas palavras do Presidente francês, Emmanuel Macron, sobre o islão. Numa série de mensagens, em que Mahathir Mohamad …

Governo pondera decretar recolher obrigatório e restrições em mais municípios

O Governo está a avaliar avançar com o recolhimento obrigatório e alargar as restrições impostas em Paços de Ferreira, Felgueiras e Lousada a mais municípios, recusando, no entanto, um novo confinamento geral, disse hoje o …