/

Eslováquia 0 – 5 Espanha | Goleada com vista para a Croácia

Thanassis Stavrakis / EPA

A Espanha qualificou-se esta quarta-feira para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao golear a Eslováquia, por 5-0, um resultado que apura a Ucrânia como um dos melhores terceiros classificados.

Espanha alcançou a maior goleada até ao momento neste EURO 2020, um claro 5-0 perante uma frágil Eslováquia, desfecho que, ainda assim, deixou “nuestros hermanos” no segundo lugar do Grupo E, mercê da vitória da Suécia por 3-2 sobre a Polónia. O próximo adversário da “la roja” é a vice-campeã do Mundo, a Croácia.

Superioridade total

Desde o início percebeu-se que este não seria um jogo para surpresas. Espanha pegou no jogo e nunca mais o largou, chegando ao descanso com 66% de posse de bola e uma superioridade ofensiva expressa em 13 remates contra nenhum dos eslovacos, seis enquadrados, 21 acções com bola na área contra… zero.

Álvaro Morata falhou um penálti logo as 12 minutos, defendido por Martin Dúbravka, guarda-redes que borrou a pintura ao fazer um autogolo caricato logo a seguir. Aymeric Laporte fez o 2-0, estreando-se a marcar pela “la roja”.

A segunda parte foi apenas a confirmação de uma diferença de qualidade avassaladora, com Espanha a marcar por mais três vezes… ou duas e mais um autogolo, o segundo na partida e o oitavo neste EURO. Marcaram Pablo Sarabia (56), Ferran Torres (67) e Juraj Kucka (71), também na própria baliza,.

Depois foi gerir o esforço, já a pensar no próximo adversário, a Croácia, certamente um adversário capaz de dar mais luta.

Melhor em Campo

O hispano-francês Aymeric Laporte estreou-se a marcar pela selecção que recentemente optou por representar, à quarta internacionalização.

O defesa-central do Manchester City não teve praticamente trabalho defensivo, brilhando na construção, com apenas um falhado em 89 (99% de eficácia), quatro conduções aproximativas, e ainda subiu para criar uma ocasião flagrante e marcar o tal golo de estreia, de cabeça, terminando com um GoalPoint Rating de 7.3.

Destaques da Eslováquia

Tomáš Hubočan 5.8 – Tivemos de descer bastante na lista de ratings para encontrar o primeiro eslovaco, o lateral-esquerdo, que somou dois passes para finalização, um passe de ruptura e ainda fez cinco desarmes.

Vladimír Weiss 4.8 – O outro único eslovaco com nota positiva, Bénes, só jogou cinco minutos, pelo que saltamos para o seguinte, já com nota negativa. Weiss também só jogou 24 minutos e o melhor que fez foi um bloqueio de remate.

Destaques da Espanha

Koke 6.9 – O médio esteve muito bem no passe, com 91% de acerto, fez cinco passes ofensivos valiosos e sofreu falta para a grande penalidade desperdiçada por Morata.

Pablo Sarabia 6.6 – O extremo foi um perigo constante, marcando um golo, fazendo uma assistência e terminou com quatro remates, um ao ferro, e sete acções com bola na área contrária, máximo do jogo.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Gerard Moreno 6.5 – O avançado terminou o jogo com uma assistência, para o tento de Laporte, cinco acções com bola na área eslovaca e dois dribles completos em dois tentados.

Resumo

ZAP // Lusa / GoalPoint

 


CLASSIFICAÇÃO DO GRUPOCalendário de Jogos patrocinado por Solverde

Calendário de jogos no Especial ZAP Euro 2020


Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE