Falta de funcionários ameaça fechar escolas durante partes do dia

Clonny / Flickr

Filinto Lima, da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas, teme que mais estabelecimentos de ensino fechem portas por falta de funcionários.

Os diretores escolares temem que a falta de funcionários não docentes obrigue cada vez mais escolas a fechar portas durante algumas horas do dia. O fenómeno já aconteceu em alguns estabelecimentos de ensino no primeiro período do ano letivo, mas deve agravar-se no segundo período.

O alerta é feito pela Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP) que admite que o Governo já colocou muitos funcionários nas escolas, mas não há notícia de novas contratações para tão cedo.

À TSF, Filinto Lima, da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP), fala numa situação “dramática” de falta de recursos humanos. “As escolas só funcionam porque diretores e funcionários fazem das tripas coração.”

Nas contas do presidente da ANDAEP, faltam “pelo menos 811 assistentes operacionais” para que as escolas funcionem, um por cada agrupamento. “Se cada agrupamento tiver um assistente operacional em falta, são 811. Mas há alguns agrupamentos que têm dez assistentes em falta, ainda mais porque há assistentes que estão ‘de junta médica’ em casa há anos e continua a não haver regime legal que enquadre a sua substituição.”

“No primeiro período algumas escolas não conseguiram abrir portas em virtude desta escassez”, afirma Filinto Lima, dando contra de outras unidades escolares que encerraram por falta de funcionários durante algumas horas da manhã no período passado.

No último fim de semana, o Governo anunciou a contratação de mais 450 enfermeiros para o serviço público de saúde, medida aplaudia pela ANDAEP. Ainda assim, a associação pede mais atenção para a educação, onde os problemas também são graves.

Além das centenas de baixas médicas sem substituição, os diretores denunciam a existência de muitos funcionários não docentes que se reformam e não são substituídos, agravando o problema para este segundo período do ano letivo.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Pois os politicos não tem os filhos nas escolas publicas mas sim nos colégios privados sobre os quais nós os contribuintes pagamos impostos p/ eles terem os filhos nos colégios. Sim porque os colégios por incrível que pareça são comparticipados pelo EStado = impostos dos contribuintes. Depois não há dinheiro p/ as escolas publicas!!!! Contribuintes ponham os v/ filhos nos colégios e mandem a conta p/ o Estado já que é isso que os governantes pagam… TODOS temos DIREITO!

  2. A governação xuxalista no seu melhor. O PM diz que o país está bem. Na saúde ,educação e justiça é desmentido diariamente. Mas para ele basta dizê-lo e… acreditar, esperando que o povo burro faça o mesmo.

  3. Isto sim é a verdade da mentira em que está o nosso país.As contas estão boas porque este governo não esta a gastar no que é necessário,tudo para reduzir o défice e enganar a maioria dos portugueses!Educação ,saúde e obras publicas estão a ser usadas para reduzir o défice.A factura está a chegar…Isto é socialismo.Fazer de conta que tudo está bem quando tudo está mal!Show off…Com um governo destes ninguem investe ,apenas abrem restaurantes,hóteis e pouco mais,grandes industrias ,nada!!!O futuro será negro…

  4. o nogeira e os outros profs que estão a ganhar o bom ordenado de profs para andarem nas manifs que vão fazer esse trabalho que só lhes limpa a porca honra que tem. fecham porque não há funcionários espero que esse tempo seja descontado no ordenado dos profs grandes aliados do psd/cds. querem mais criados para tratar dos meninos os papás que paguem que eu já esgotei o plafond para esse peditório. o tempo que gastam a dizer asneiras aqui e no feicebuque bem podem aproveitá-lo para irem tratar dos meninos.

RESPONDER

Comissão Europeia aprova comercialização da primeira vacina para o Ébola

A Comissão Europeia anunciou no início da semana que concedeu uma autorização para a comercialização da primeira vacina contra o Ébola, designada Ervebo e produzida pela farmacêutica Merck. A vacina estava a ser produzida desde o …

Facebook lança o seu próprio MB Way

O Facebook lançou nos Estados Unidos uma nova funcionalidade para facilitar pagamentos através das quatro principais aplicações do grupo, que é semelhante ao funcionamento das transações com o MB Way. Em comunicado, Deborah Liu, responsável do …

O dilema dos chumbos, o "engano" de Ventura e o "falso liberal". O primeiro debate aqueceu

O primeiro debate quinzenal da legislatura arrancou esta quarta-feira e ficou marcado pelas retenções até ao 9.º ano - Chumba ou não chumba?, quis saber a direita, bem como pelo aumento do salário mínimo nacional …

Sondagem europeia defende tratado internacional que proíba "robôs assassinos"

Quase três em cada quatro pessoas querem que o seu governo colabore com outros países para proibir sistemas letais de armas autónomas. A organização não-governamental Human Rights Watch (HRW) divulgou esta quarta-feira os resultados de uma …

Pentágono está a criar bactérias que detetam explosivos no subsolo

O Pentágono, em conjunto com a empresa de defesa Raytheon, está a desenvolver um sistema capaz de produzir bactérias geneticamente modificadas no subsolo, com o objetivo de detetar explosivos no subsolo. Neste projeto, iniciado pela Agência …

Hospitais voltam a não poder aumentar número de trabalhadores sem visto da tutela em 2020

Os hospitais vão continuar em 2020 impedidos de aumentar o número de trabalhadores sem a autorização prévia do Ministério da Saúde, segundo um despacho a que a agência Lusa teve acesso. O despacho assinado pelo secretário …

Onda crescente de ataques com explosivos alarma Suécia

A Suécia tem visto um aumento sem precedentes de ataques com explosivos. Em outubro, Estocolmo foi alvo de três ataques em apenas uma noite.  Se pensarmos num país com guerras de gangues constantes, o último nome …

Ruben foi libertado depois de passar 11 anos na prisão por crimes que não cometeu

Ruben Martinez Jr. saiu em liberdade do Supremo Tribunal de Los Angeles após ter passado 11 anos na prisão por uma série de assaltos à mão armada que não cometeu. Um homem que passou 11 anos …

Um em cada três portugueses não vai ao dentista ou só vai em caso de emergência

Mais de 30% dos portugueses não vão ao dentista ou só o fazem em caso de urgência e quase 10% não tem qualquer dente, segundo o Barómetro da Saúde Oral de 2019. De acordo com os …

Pintura de Monet rende 25 milhões de euros em leilão

A Sotheby's vendeu por 27,6 milhões de dólares (25 milhões de euros) uma pintura de Claude Monet, "Charing Cross Bridge", na terça-feira à noite em Nova Iorque num leilão de arte impressionista e moderna. O trabalho …