Erdogan anuncia que Santa Sofia volta a ser uma mesquita. UNESCO lamenta profundamente

Erdem Sahin / EPA

O Presidente turco anunciou que as primeiras orações coletivas muçulmanas serão realizadas em 24 de julho em Santa Sofia, convertida em mesquita, acrescentando que o edifício permanecerá aberto a visitantes de todos os credos.

“Vamos fazer juntos as orações de sexta-feira em Santa Sofia (Hagia Sophia) em 24 de julho e assim abri-la ao culto (muçulmano)”, declarou Recep Erdogan durante um discurso, acrescentando que a ex-basílica, uma atração turística em Istambul, “permanecerá aberta a todos, turcos e estrangeiros, muçulmanos e não-muçulmanos”.

Erdogan anunciou a abertura da antiga catedral Hagia Sophia, em Istambul, às orações muçulmanas, após o Conselho de Estado, a mais alta instância judicial turca, ter anulado o estatuto de museu deste património, dando luz verde para a transformação em mesquita.

“Foi decidido que Santa Sofia será colocada sob a administração da Diyanet (a autoridade para os assuntos religiosos) e será reaberta às orações“, afirmou Recep Tayyip Erdogan, num comunicado divulgado na rede social Twitter.

O anúncio do chefe de Estado turco foi feito depois da decisão do Conselho de Estado, que reverteu uma decisão governamental que remonta a 1934, que então converteu Santa Sofia num museu. A decisão desta sexta-feira, avançada pela agência noticiosa estatal Anadolu, abriu assim o caminho para que Erdogan possa transformar, de novo, Santa Sofia, edifício classificado como Património Mundial pela UNESCO, numa mesquita.

Construída no século VI, à entrada do estreito de Bósforo, esta antiga basílica onde os imperadores bizantinos foram coroados foi convertida em mesquita no século XV, após a captura de Constantinopla pelos otomanos em 1453.

A decisão agora anulada remota a uma medida adotada num Conselho de Ministros de 1934, então liderado pelo fundador da Turquia secular, Mustafa Kemal Ataturk, que transformou o monumento, uma das principais atrações turísticas, num museu.

A intenção de Erdogan instalou o debate na Turquia entre grupos nacionalistas, conservadores e religiosos, que defendem que o monumento deve ser reconvertido numa mesquita, e os grupos dos que acreditam que este edifício deve permanecer um museu, destacando o estatuto de Istambul como uma ponte entre continentes.

Erdogan, que lidera um partido islâmico, tem usado esta questão como bandeira política. Vários países, nomeadamente a Rússia e a Grécia, que seguem com atenção o destino da herança bizantina na Turquia, bem como os EUA e a França, têm alertado Ancara para os efeitos da transformação de Hagia Sophia num local de culto muçulmano.

UNESCO “lamenta profundamente”

Também esta sexta-feira, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) disse, em comunicado, “lamentar profundamente” a decisão das autoridades turcas, que considerou ter sido adotada “sem diálogo prévio” de “alterar o estatuto” da ex-basílica.

Audrey Azoulay, diretora-geral da UNESCO, “lamenta vivamente a decisão das autoridades turcas, adotada sem um diálogo prévio, de modificar o estatuto de Santa Sofia. Esta tarde manifestou a sua profunda preocupação junto do embaixador da Turquia na UNESCO”, indica o comunicado da organização divulgado pela agência noticiosa AFP.

“Santa Sofia é parte integrante das zonas históricas de Istambul inscrita no património mundial da UNESCO”, sublinha a responsável.

A ex-basílica “é uma obra-prima da arquitetura e um testemunho único do encontro da Europa e da Ásia ao longo dos séculos. O seu estatuto de museu reflete a universalidade da sua herança e torna-a num poderoso símbolo de diálogo”, prosseguiu.

Já os Estados Unidos manifestaram-se esta sexta-feira “desapontados” com a conversão da antiga basílica de Santa Sofia, em Istambul, em mesquita, exortando as autoridades turcas a garantirem a igualdade de acesso para todos os visitantes.

“Estamos dececionados com a decisão do Governo turco de mudar o estatuto da Hagia Sophia”, disse o porta-voz da diplomacia norte-americana, Morgan Ortagus.

“Registamos o compromisso do Governo turco em assegurar o acesso de todos os visitantes a Hagia Sophia e esperamos ver os seus planos de gestão de Hagia Sophia permanecerem acessíveis a todos, sem impedimentos”, acrescentou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

O Bosão de Higgs foi apanhado a fazer algo inesperado

Uma equipa de cientistas do Laboratório Europeu de Física de Partículas (CERN) observou o Bosão de Higgs, a fazer algo inesperado: à medida que caía, esta parecia decompor-se numa combinação inesperada de partículas. De acordo com …

Feitos de estrelas. Os nossos ossos são compostos por estrelas que explodiram

Uma nova investigação concluiu que metade do cálcio do nosso Universo é oriundo de uma supernova rica em cálcio, que explodiu há milhões de anos. O novo estudo, cujos resultados foram esta semana publicados na revista …

"Monarquia criminosa". Parlamento declara Catalunha republicana e não reconhece o rei

O Parlamento catalão aprovou esta sexta-feira uma resolução na qual declara que “a Catalunha é republicana e, portanto, não reconhece nem quer ter um rei”, rotulando a monarquia de “criminosa”. A resolução foi aprovada em sessão …

Novo método deteta metais tóxicos em alimentos e água em apenas algumas horas

Uma equipa de cientistas da Universidade de Joanesburgo, na África do Sul, desenvolveu um método sensível para detetar níveis perigosos de metais pesados em alguns alimentos e água. Os vestígios de metais como chumbo (Pb), arsénico …

Meghan Markle vence primeira batalha judicial contra jornal britânico

A Duquesa de Sussex conseguiu que o Tribunal Superior de Londres optasse por manter anónima a identidade das suas cinco amigas, como parte da ação legal que está a ser levada a cabo. O 39º aniversário …

Cientistas obrigados a rebatizar dezenas de genes humanos. A culpa é do Excel

Só no ano passado, os cientistas viram-se obrigados a mudar os nomes de 27 genes humanos por causa de um erro de leitura do Microsoft Excel. Tal como explica o portal The Verge, que avança …

"Vai continuar a queimar". Covid-19 é mais parecida com um fogo florestal do que com ondas e picos

Com o surgimento do novo coronavírus no mundo, vários especialistas previam que este iria surgir em ondas e picos. Agora a visão de futuro é outra e os especialistas dizem que a pandemia se compara …

Mudanças climáticas podem vir a causar mais mortes do que a covid-19, alerta Bill Gates

  As mudanças climáticas podem custar muito mais vidas nas próximas décadas do que a pandemia do novo coronavírus (covid-19). O alerta é do co-fundador da Microsoft, Bill Gates, que, através de uma reflexão no seu …

Descoberta a primeira disrupção gigante nas nuvens de Vénus

Uma equipa internacional de cientistas, que incluiu um investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), descobriu a "primeira disrupção gigante" nas nuvens de Vénus que tem fustigado as zonas profundas da atmosfera …

TVI aposta em estúdio a Norte. Nuno Santos quer Informação mais ao estilo da SIC Notícias do que da CMTV

O diretor-geral da TVI, Nuno Santos, afirmou, em entrevista ao jornal Público, que a estação de Queluz de Baixo vai apostar num estúdio no Norte, revelando ainda que pretende mudar a Informação do canal mais …