Engenharia e Arquitetura lideram cursos com mais desempregados

Eneas / Flickr

-

Segundo as estatísticas do Ministério da Educação e Ciência (MEC), existem 81 cursos que garantem total empregabilidade aos diplomados, com Medicina no topo.

Os dados da Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência mostram que o curso de Engenharia Civil do Instituto Superior Técnico (IST) é o que tem maior número de licenciados inscritos nos centros de emprego, seguido de Economia na FEP e Arquitetura na Lusíada de Lisboa.

A dificuldade em conseguir emprego na área está ligada à “crise na construção civil, a dificuldade que muitos engenheiros têm em se deslocar para o estrangeiro e a crise em Angola, que afetou as empresas” do setor, explica o bastonário da Ordem dos Engenheiros em declarações ao Diário de Notícias.

Medicina continua a liderar os cursos com mais empregabilidade, com seis universidades a garantir que 100% dos diplomados conseguiram trabalho no final dos estudos.

No extremo oposto, o curso, que contabiliza 4.076 diplomados entre 1983-84 e 2013-14, é o que tem maior número de licenciados inscritos nos centros de emprego: Em junho de 2014, 282 diplomados em Engenharia Civil do IST estavam à procura de trabalho.

Na lista dos 50 cursos com mais desempregados surgem, ainda, outras três licenciaturas em Engenharia Civil e quatro em Arquitetura.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Sem excluir a culpa da grave conjuntura do Sector da Construção Civil e Obras Públicas, é à Ordem dos Engenheiros (O.E.) que cabe uma não pequena parte da responsabilidade na actual situação dos referidos profissionais.
    Foi um proliferar cursos de engenharia civil, uns licenciaturas outros bacharelatos, muitos de qualidade académica bastante duvidosa em politécnicos e universidades sem tradição na área. Alguns começaram a funcionar numa época em que o pico da procura por profissionais da área já ia longe. A O.E. nunca procurou cercear esta desajustada oferta de cursos já na época e que se agravou ao longo dos anos. Quanto ao acesso à prática profissional, o grau de dificuldade dos exames, tanto quanto me foi dado saber por colegas no ensino, permitiu que alunos medianos do Instituto Politécnico de Beja, passagem no referido exame sem qualquer dificuldade.
    Agora, numa época em que, em Angola e no Brazil a procura cessou, na Europa, só na Grã-Bretanha existe procura para engenheiros de obra de: edifícios, auto-estradas, caminhos de ferro, e por projectistas de estruturas, caminhos de ferro e de auto-estradas (com muita experiência), resta a poucos afortunados essa remota possibilidade ou arrastarem-se por vários anos pelo desemprego.
    O IEFP, lamentávelmente, também não oferece qualquer hipótese de formação consistente, credível e válida que permita alternativas de emprego mesmo precárias ou de requalificação credível para estes e outros profissionais. É o país que temos com poucos empresários e muitos patrões e poucos políticos preocupados com o Povo.

Ciência explica porque é que alguns cheiros desencadeiam memórias fortes

O cheirinho de pão acabado de sair do forno pode, por exemplo, funcionar como um portal do tempo, levando-nos de volta àquele pequeno café em Paris que visitámos há alguns anos. Os cheiros têm a capacidade …

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …

Conselho de Ministros aprova proposta de OE2020 (e foram quase 10 horas de reunião)

O Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de Orçamento do Estado para 2020, dez horas depois de a reunião extraordinária ter começado, anunciou hoje o primeiro-ministro na sua página na rede social Twitter. "O Conselho …

Nova espécie de baleia mostra como este animal evoluiu para conseguir nadar

Cientistas descobriram uma nova espécie de baleia, que existiu há 35 milhões de anos, que pode dar novas pistas sobre como as baleias evoluíram para conseguir nadar. De acordo com a revista Newsweek, os investigadores analisaram …

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …