Engenharia e Arquitetura lideram cursos com mais desempregados

Eneas / Flickr

-

Segundo as estatísticas do Ministério da Educação e Ciência (MEC), existem 81 cursos que garantem total empregabilidade aos diplomados, com Medicina no topo.

Os dados da Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência mostram que o curso de Engenharia Civil do Instituto Superior Técnico (IST) é o que tem maior número de licenciados inscritos nos centros de emprego, seguido de Economia na FEP e Arquitetura na Lusíada de Lisboa.

A dificuldade em conseguir emprego na área está ligada à “crise na construção civil, a dificuldade que muitos engenheiros têm em se deslocar para o estrangeiro e a crise em Angola, que afetou as empresas” do setor, explica o bastonário da Ordem dos Engenheiros em declarações ao Diário de Notícias.

Medicina continua a liderar os cursos com mais empregabilidade, com seis universidades a garantir que 100% dos diplomados conseguiram trabalho no final dos estudos.

No extremo oposto, o curso, que contabiliza 4.076 diplomados entre 1983-84 e 2013-14, é o que tem maior número de licenciados inscritos nos centros de emprego: Em junho de 2014, 282 diplomados em Engenharia Civil do IST estavam à procura de trabalho.

Na lista dos 50 cursos com mais desempregados surgem, ainda, outras três licenciaturas em Engenharia Civil e quatro em Arquitetura.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Sem excluir a culpa da grave conjuntura do Sector da Construção Civil e Obras Públicas, é à Ordem dos Engenheiros (O.E.) que cabe uma não pequena parte da responsabilidade na actual situação dos referidos profissionais.
    Foi um proliferar cursos de engenharia civil, uns licenciaturas outros bacharelatos, muitos de qualidade académica bastante duvidosa em politécnicos e universidades sem tradição na área. Alguns começaram a funcionar numa época em que o pico da procura por profissionais da área já ia longe. A O.E. nunca procurou cercear esta desajustada oferta de cursos já na época e que se agravou ao longo dos anos. Quanto ao acesso à prática profissional, o grau de dificuldade dos exames, tanto quanto me foi dado saber por colegas no ensino, permitiu que alunos medianos do Instituto Politécnico de Beja, passagem no referido exame sem qualquer dificuldade.
    Agora, numa época em que, em Angola e no Brazil a procura cessou, na Europa, só na Grã-Bretanha existe procura para engenheiros de obra de: edifícios, auto-estradas, caminhos de ferro, e por projectistas de estruturas, caminhos de ferro e de auto-estradas (com muita experiência), resta a poucos afortunados essa remota possibilidade ou arrastarem-se por vários anos pelo desemprego.
    O IEFP, lamentávelmente, também não oferece qualquer hipótese de formação consistente, credível e válida que permita alternativas de emprego mesmo precárias ou de requalificação credível para estes e outros profissionais. É o país que temos com poucos empresários e muitos patrões e poucos políticos preocupados com o Povo.

RESPONDER

Do céu ao inferno. Adeptos do Palmeiras chamam "arrogante" a Abel Ferreira

O Palmeiras perdeu e está cada vez mais longe da liderança do Brasileirão. Os adeptos estão insatisfeitos com as exibições e chamaram "arrogante" a Abel Ferreira. O Palmeiras, treinado pelo português Abel Ferreira, perdeu na deslocação …

Mesmo depois da morte de Ihor, centro do aeroporto ainda tem videovigilância "muito limitada"

Um ano e meio após a morte de Ihor Homeniuk, o centro de instalação temporária do aeroporto de Lisboa (CIT) continua sem cobertura total de câmaras de videovigilância em zonas comuns. A situação atual distancia-se daquilo …

Liveblog Autárquicas. Ventura "muito confiante" nos resultados do Chega

Realizam-se este domingo Eleições Autárquicas em Portugal, nas quais está em jogo a eleição de 308 presidentes de câmaras municipais, os seus vereadores e assembleias municipais, bem como 3091 assembleias de freguesia. Acompanhe tudo no …

Arqueólogos desenterram (acidentalmente) ossadas com 800 anos no Peru

Os restos mortais de oito pessoas, com aproximadamente 800 anos de idade e enterrados com alimentos e instrumentos musicais na mesma câmara funerária, foram encontrados ao sul de Lima, no Peru, durante a instalação de …

Marcelo apela ao voto "por memória deste ano e meio que não esqueceremos"

O Presidente da República considerou que votar nas eleições autárquicas é mais importante do que nunca para o país recomeçar a viver e a sair das crises sanitária, económica e social. Este apelo ao voto foi …

Onde e como? Um guia para votar nas eleições autárquicas

As mesas de voto das eleições autárquicas abriram hoje às 08:00 no continente e na Madeira para a escolha dos dirigentes dos municípios e das freguesias para os próximos quatro anos. Nos Açores, as urnas abrem …

Ensino Superior: 33% dos candidatos ficaram de fora. Veja se ficou entre os colocados

Mais de 49 mil novos estudantes entraram agora para o ensino superior, tendo ficado sem colocação 33% dos candidatos à primeira fase do concurso nacional de acesso, revelam dados divulgados hoje pelo Ministério do Ensino …

Pessoas mais pobres são vistas como menos suscetíveis à dor

Um novo estudo indica que os indivíduos de classe baixa são estereotipados como insensíveis à dor física, o que pode impactar os seus cuidados médicos. “As estatísticas de saúde indicam que as pessoas ricas recebem um …

As crianças têm dez vezes mais micro-plásticos nas fezes do que os adultos

Uma equipa de cientistas da Universidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, usou espectrometria de massa para medir os níveis de micro-plásticos compostos de policarbonato (PC) e de polietileno tereftalato (PET) presentes nas fezes crianças …

MIT desenvolve mão robótica insuflável (que devolve o tato aos amputados)

Apesar de haver membros biónicos altamente articulados, concebidos para detetar os sinais musculares residuais e imitar roboticamente os seus movimentos pretendidos, a destreza de alta tecnologia tem um custo muito alto. Recentemente, engenheiros do Massachusetts Institute …