Engenharia e Arquitetura lideram cursos com mais desempregados

Eneas / Flickr

-

Segundo as estatísticas do Ministério da Educação e Ciência (MEC), existem 81 cursos que garantem total empregabilidade aos diplomados, com Medicina no topo.

Os dados da Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência mostram que o curso de Engenharia Civil do Instituto Superior Técnico (IST) é o que tem maior número de licenciados inscritos nos centros de emprego, seguido de Economia na FEP e Arquitetura na Lusíada de Lisboa.

A dificuldade em conseguir emprego na área está ligada à “crise na construção civil, a dificuldade que muitos engenheiros têm em se deslocar para o estrangeiro e a crise em Angola, que afetou as empresas” do setor, explica o bastonário da Ordem dos Engenheiros em declarações ao Diário de Notícias.

Medicina continua a liderar os cursos com mais empregabilidade, com seis universidades a garantir que 100% dos diplomados conseguiram trabalho no final dos estudos.

No extremo oposto, o curso, que contabiliza 4.076 diplomados entre 1983-84 e 2013-14, é o que tem maior número de licenciados inscritos nos centros de emprego: Em junho de 2014, 282 diplomados em Engenharia Civil do IST estavam à procura de trabalho.

Na lista dos 50 cursos com mais desempregados surgem, ainda, outras três licenciaturas em Engenharia Civil e quatro em Arquitetura.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Sem excluir a culpa da grave conjuntura do Sector da Construção Civil e Obras Públicas, é à Ordem dos Engenheiros (O.E.) que cabe uma não pequena parte da responsabilidade na actual situação dos referidos profissionais.
    Foi um proliferar cursos de engenharia civil, uns licenciaturas outros bacharelatos, muitos de qualidade académica bastante duvidosa em politécnicos e universidades sem tradição na área. Alguns começaram a funcionar numa época em que o pico da procura por profissionais da área já ia longe. A O.E. nunca procurou cercear esta desajustada oferta de cursos já na época e que se agravou ao longo dos anos. Quanto ao acesso à prática profissional, o grau de dificuldade dos exames, tanto quanto me foi dado saber por colegas no ensino, permitiu que alunos medianos do Instituto Politécnico de Beja, passagem no referido exame sem qualquer dificuldade.
    Agora, numa época em que, em Angola e no Brazil a procura cessou, na Europa, só na Grã-Bretanha existe procura para engenheiros de obra de: edifícios, auto-estradas, caminhos de ferro, e por projectistas de estruturas, caminhos de ferro e de auto-estradas (com muita experiência), resta a poucos afortunados essa remota possibilidade ou arrastarem-se por vários anos pelo desemprego.
    O IEFP, lamentávelmente, também não oferece qualquer hipótese de formação consistente, credível e válida que permita alternativas de emprego mesmo precárias ou de requalificação credível para estes e outros profissionais. É o país que temos com poucos empresários e muitos patrões e poucos políticos preocupados com o Povo.

Rainha Isabel II está a procura de um gestor de redes sociais

A família real britânica está à procura de um gestor de redes sociais. O salário vai oscilar entre os 53 e 59 mil euros anuais por 37 horas semanais, de segunda a sexta-feira. A rainha Isabel II …

Cinco antepassados de crocodilos viveram há 150 milhões de anos na Lourinhã

Pelo menos cinco crocodilomorfos, antepassados dos crocodilos, viveram na região da Lourinhã há 150 milhões de anos, durante o período do Jurássico. Num artigo publicado na Zoological Journal of the Linnean Society, os paleontólogos Alexandre Guillaume, …

A radiação de Chernobyl está a deixar as vespas esfomeadas (e isso é má notícia)

A Zona de Exclusão de Chernobyl é a área em torno da cidade ucraniana de Pripyat, onde a Central Nuclear de Chernobyl entrou em colapso em 1986. Apesar de não haver humanos na região, e …

Beethoven deixou a 10.ª sinfonia inacabada (e a IA vai completá-la)

Um dos maiores dilemas da história da música é a obra inacabada de Ludwig van Beethoven (1770-1827), a "10ª sinfonia", com muitos músicos a esforçar-se para finalizá-la, utilizando alguns dos fragmentos disponíveis, mas sem sucesso. Desta …

Orcas bebé têm maior probabilidade de sobreviver se viverem com a avó

Crias de orca que vivam com a avó têm uma maior probabilidade de sobreviver quando comparadas às outras orcas. A experiência destas espécimes mais velhas é essencial para o grupo. Tal como nos humanos, as avós …

A "capital mundial das pessoas feias" mora na Itália

Piobbico, na Itália, é uma cidade medieval repleta de grandes edifícios de pedra cercados por florestas exuberantes. No entanto, a cidade é conhecida pela feiura dos seus habitantes. Esta cidade, com cerca de 2.000 habitantes, alberga …

Jovem norte-americano despistou-se e caiu ao rio. Siri chamou os bombeiros

Um jovem norte-americano estava a caminho da universidade quando perdeu o controlo do carro, que derrapou sobre gelo, e foi parar ao rio Winnebago. Como não conseguiu encontrar o seu telemóvel, recorreu à Siri para …

Basta uma máscara impressa para enganar os sistemas de reconhecimento facial

Especialistas da empresa de inteligência artificial Kneron testaram sistemas em três continentes e vários falharam. O reconhecimento facial é, cada vez mais, um método de controlo e de segurança encarado como credível e, inclusivamente, usado …

Pandit olha para as vacas como família e quer produzir "leite ético" para vegans

Um agricultor nos Estados Unidos quer produzir "leite ético" para vegans, mantendo como prioridade o bem-estar e a saúde das vacas. Ultimamente, o consumo de leite tem sido posto cada vez mais em causa. Não só …

Jogadores do Arsenal doam um dia de salário para ações solidárias

Os futebolistas e a equipa técnica do Arsenal vão doar um dia de salário para ações solidárias de Natal. Os elementos técnicos também entraram na iniciativa, que prevê, ainda, a doação da receita do próximo …