Enfermeiros pagam mais de 33 mil euros a plataforma que viabilizou “greve cirúrgica”

Rodrigo Antunes / Lusa

Os enfermeiros já pagaram 33 mil euros à PPL, a empresa portuguesa que gere a plataforma de crowdfunding através da qual foi possível angariar 360 mil euros para viabilizar o protesto, em curso nos blocos operatórios de cinco grandes hospitais públicos desde 22 de Novembro.

Os 33 mil euros correspondem a 7,5% da comissão que a PPL cobra, mais 23% de IVA que o movimento tem que pagar sobre este valor, explica fonte da PPL ao jornal Público. No entanto, este valor poderá ser ainda mais alto, caso o movimento consiga recolher os fundos necessários para a segunda “greve cirúrgica”: 400 mil euros até 14 de janeiro.

Se o valor total não for alcançado, todo o dinheiro doado até então é devolvido e, nesse caso, a plataforma não recebe qualquer tipo de pagamento.

Em declarações ao diário, Catarina Barbosa, enfermeira no Centro Hospitalar do Porto reconhece que este serviço “não é barato, mas qualquer serviço tem de ser pago“, adiantando que a PPL tem “ajudado muito” o movimento.

“Incitam-nos a partilhar emails, explicam-nos como contactar pessoas que fizeram contribuições para que façam uma segunda vez; e são eles que pedem o NIB a toda a gente e agilizam a plataforma”, explica a enfermeira.

Até agora, e a um ritmo lento, os enfermeiros ainda só angariaram 12% do total de 400 mil euros, mas Catarina Barbosa está confiante de que se vai repetir o mesmo que com a iniciativa de crowdfunding anterior.

No final do mês, “quando há mais disponibilidade financeira”, as doações vão começar a entrar, crê a enfermeira. No final do mês de novembro, e em poucos dias, entraram na plataforma cerca de 150 mil euros. Nessa primeira campanha o objetivo era recolher 300 mil euros e as doações passaram os 360 mil euros.

A plataforma permite o acesso aos nome dos doadores, apesar de não ser possível consultar os valores. Além disso, como a percentagem de anónimos é muito elevada, há suspeitas de que a greve estará a ser financiada por hospitais privados. Mas Catarina Barbosa garante: “É uma teoria da conspiração que não faz qualquer sentido”.

O dinheiro recolhido serve para pagar aos enfermeiros que faltam ao trabalho nos blocos operatórios dos cinco centros hospitalares afetados pela greve, num valor de 42 euros por dia. Aliás, é esta espécie de fundo que permite que a paralisação se prolongue por muitos dias.

Esta campanha é já a mais valiosa alguma vez lançada pela PPL. Atrás desta, surge a que foi lançada por Nuno Markl, em 2014, que pretendia reunir 100 mil euros para fazer o filme Por Ela – mas apenas conseguiu cerca de 40 mil euros.

LM, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Tochas em Alvalade. Liga pede reunião de urgência ao MAI

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) solicitou, esta sexta-feira, uma reunião de urgência ao ministro da Administração Interna, na sequência dos incidentes no encontro entre Sporting e Benfica. "A Liga Portugal lamenta profundamente …

Moody’s mantém rating de Portugal acima do "lixo"

A agência de rating norte-americana manteve, esta sexta-feira, a notação financeira de Portugal em “Baa3”, acima de lixo, e a perspetiva em positiva. De acordo com um comunicado no site da agência, a Moody's assinala que …

Suspeitos da morte de jovem cabo-verdiano ficam em prisão preventiva

Os cinco suspeitos da morte do estudante cabo-verdiano vão aguardar julgamento em prisão preventiva, indiciados pelos crimes de homicídio qualificado e três tentativas de homicídio. A decisão, lida aos jornalistas cerca das 23h30 de sexta-feira por …

Cientistas descobriram o ponto fraco dos tardígrados

Os tardígrados, também chamados ursos de água, são conhecidos pela sua resistência. Mas um novo estudo revela agora que estes pequenos organismos também têm um ponto fraco: exposição de longo prazo a altas temperaturas. Em 2018, …

Detetadas "partículas fantasmagóricas" que o Modelo Padrão não pode explicar

O observatório IceCube, localizado no Pólo Sul, revelou que a Antena Antena Antártida de Impulso Transitivo (ANITA) detetou alguns "sinais muito estranhos" que "não pode ser explicados" pelo Modelo Padrão da Física. O projeto ANITA, …

Descoberto primeiro asteróide que se move apenas dentro da órbita de Vénus

Uma rede de telescópios robóticos operados à distância observou um asteróide que, além de ser o asteróide mais próximo do Sol, é também o primeiro asteróide descoberto que se move completamente dentro da órbita de …

Mark Zuckerberg tem medo do TikTok (e já se sabe porquê)

Mark Zuckerberg já deixou claro, mais do que uma vez, que não gosta do TikTok. No entanto, agora sabemos o que está por trás desta hostilidade pelo rival: a aplicação está a crescer muito, mesmo …

A empresa mãe da Google já vale um bilião de dólares

Esta quinta-feira, a Alphabet, empresa mãe da Google, conseguiu uma cotação na bolsa de 1 bilião de dólares, cerca de 900 mil milhões de euros. A Alphabet tornou-se, esta quinta-feira, a quarta empresa norte-americana a conseguir …

Cientistas criam "cimento vivo" capaz de se "curar"

Uma equipa de cientistas dos Estados Unidos criou um "cimento vivo" juntando areia e bactérias num material de construção capaz de se auto-reproduzir, de absorver dióxido de carbono e manter a resistência. "Já usamos materiais biológicos …

Sporting 0-2 Benfica | Águia vence dérbi e foge na frente

O Benfica foi o grande vencedor do dérbi lisboeta. Na visita ao Sporting, os “encarnados” marcaram dois golos sem resposta, ambos na segunda parte, por Rafa Silva, entrado no decorrer da segunda parte, após ter …