Enfermeiros já sabem o que vão fazer com o dinheiro que sobrou do crowdfunding

Miguel A. Lopes / Lusa

Sobraram mais de 200 mil euros do crowdfunding que financiou a greve dos enfermeiros. A decisão sobre o que fazer com o dinheiro resulta de um inquérito realizado a quem doou o dinheiro para financiar as respetivas greves, que marcaram o fim de 2018 e o começo de 2019.

A taxa de resposta ao inquérito ficou-se nos 19%, sendo que quase dois terços dos 4.862 votos optaram por não doar a quantia que sobrou em favor de ações sociais, escolhendo usá-la na contínua “luta dos enfermeiros”. Das duas campanhas de crowdfunding resultaram 780 mil euros e sobraram mais de 200 mil euros.

Em declarações à TSF, Nelson Cordeiro, um dos responsáveis pelo grupo que organizou o crowdfunding, explica que o inquérito aconteceu porque opiniões divergentes quanto ao que fazer com o dinheiro começaram a surgir nas redes sociais. Houve quem defendesse que a quantia deveria seguir a via da solidariedade e quem falasse em doar o dinheiro aos pais da pequena Matilde, a bebé diagnosticada com atrofia muscular espinhal.

Com a decisão de continuar a lutar, os fundadores do Grupo Greve Cirúrgica vão agora avançar com um estudo prévio para perceber a viabilidade de um processo em tribunal contra o Ministério da Saúde, para que se faça justiça, segundo defendem, nas carreiras da profissão. O trabalho será feito por um gabinete de advogados especializados em direito do trabalho.

Segundo o Grupo Greve Cirúrgica, só no final desse eventual processo judicial – e “se ainda houver dinheiro no fundo” -, essas verbas seguirão “o destino inicial, que era uma instituição de solidariedade social”, mas apenas se “as principais reivindicações já tiverem sido atendidas”.

Se Nelson Cordeiro fala numa decisão pacífica, tendo em conta os 63,4% dos votos, a presidente da Associação Sindical Portuguesa dos Enfermeiros (ASPE) refere a baixa taxa de resposta ao inquérito.

Lúcia Leite refere ainda que muitas das pessoas que contribuíram financeiramente para a causa dos enfermeiros ficam, assim, com as expetativas defraudadas, uma vez que desde o começo se falou que, sobrando dinheiro, este seria doado a uma instituição de solidariedade.

A primeira greve cirúrgica decorreu entre 22 de novembro e 31 de dezembro de 2018 e a segunda entre 31 de janeiro e 28 de fevereiro, acabando por ser interrompida depois de a Procuradoria-Geral da República ter considerado a primeira paralisação ilegal por não corresponder ao pré-aviso e porque o fundo usado para compensar a perda de salário não foi constituído nem gerido pelos sindicatos que decretaram a greve.

Na segunda greve, o Governo decretou uma requisição civil para quatro dos dez centros hospitalares abrangidos pela paralisação, alegando o não cumprimento dos serviços mínimos que tinham sido definidos com os sindicatos.

Entretanto, o Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal (Sindepor) marcou uma greve para começar a 2 de abril, mas foi sendo sucessivamente adiada na sequência das negociações com a tutela e que acabou cancelada.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …

Camisola usada por Pelé no seu último jogo foi vendida por 30 mil euros em leilão

Uma camisola usada por Pelé no seu último jogo com a seleção brasileira foi vendida por 30 mil euros num prestigiado leilão de objetos desportivos, realizado na quinta-feira em Turim, Itália. A camisola com o número …