Cada vez mais empresas recorrem a mecanismos legais para evitar aumentos salariais

O aumento dos benefícios e dos subsídios, como ajudas de custo, são alguns dos mecanismos legais utilizados pelas empresas para evitarem aumentar o salário dos trabalhadores, como forma de contenção de custos. E está tudo dentro da Lei, mas pode penalizar os trabalhadores a médio e longo prazo.

Esta realidade é denunciada pelo secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, e por especialistas de recrutamento ligados a empresas desta área.

“As empresas estão a utilizar de forma ilegal mecanismos previstos na lei para limitar a evolução salarial”, alerta Arménio Carlos em declarações ao Expresso.

Este tipo de “truques” será usado em sectores como o das tecnologias, onde há bastante procura de recursos humanos e grande mobilidade de profissionais entre empresas. Mas ao invés de tentarem cativar estes profissionais com salários chorudos, as empresas acenam-lhes com benefícios, subsídios e prémios de desempenho como complemento aos ordenados base.

Estes extras “podem representar entre 20% a 40% do salário auferido pelos profissionais”, destaca o sócio da empresa de recrutamento de quadros de topo Stanton Chase, Carlos Sezões, também no Expresso.

Entre os benefícios oferecidos estão o cheque-creche ou descontos em restaurantes, hotéis, agências de viagens, ginásios, supermercados, cabeleireiros, entre outros. Os trabalhadores ficam, assim, com direito a créditos que podem usar nestes espaços, o que pode parecer vantajoso no imediato.

O problema é quando se deparam com situações de desemprego ou de baixa por doença, onde acabam por receber valores muito baixos, já que os prémios não contam para o cálculo das prestações sociais.

“As empresas estão a utilizar este mecanismo para não actualizar salários e reduzir encargos”, constata Arménio Carlos, notando que os benefícios oferecidos deixam “os trabalhadores numa situação de dependência face às empresas” porque ficam fragilizados “do ponto de vista da protecção social”.

Carlos Sezões calcula que este tipo de mecanismos legais aumentaram “cerca de 30% nas empresas desde 2013”, com impacto fiscal positivo para os seus balanços.

O secretário-geral da CGTP alerta que “há uma utilização abusiva por parte das empresas que, a pretexto das zonas cinzentas da lei, recorrem a estes mecanismos para controlar o aumento de salários e restringir direitos a quem trabalha”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Vídeo de criança vítima de bullying gera onda de apoio global

Internautas de todo o mundo, inclusive celebridades, uniram-se para dar apoio ao menino australiano, de nove anos, que sofre de bullying por causa da sua aparência. De acordo com a BBC, Yarraka Bayles partilhou o vídeo …

Descoberta nova quasipartícula: o π-ton

Foi descoberta uma nova quasipartícula no Instituto de Tecnologia de Viena. Os cientistas batizaram-na de π-ton, uma quasipartícula que contém dois eletrões e duas lacunas. Existem diferentes tipos de partículas. Um deles, as quasipartículas, são excitações …

É oficial. Friends está de volta para um episódio especial

As preces dos fãs foram finalmente ouvidas. O elenco de Friends vai reunir-se para um episódio especial exclusivo na HBO Max. Jennifer Aniston, Courteney Cox, Lisa Kudrow, Matt LeBlanc, Matthew Perry e David Schwimmer voltarão ao …

Dieta ocidental está a deixar as pessoas menos inteligentes

Uma dieta pouco saudável, à base de hambúrgueres e doces está literalmente a deixar as pessoas menos inteligentes apenas no espaço de uma semana. Esta foi a conclusão de um estudo de investigadores da Universidade …

Pedro Proença: Sociedade deve atuar no combate ao racismo

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse, esta sexta-feira, que a sociedade portuguesa deve atuar no combate ao racismo, violência, xenofobia e intolerância. A Liga vai lançar, durante este fim-de-semana, uma campanha com …

Na última década, Coreia do Norte gastou mais de meio milhão de dólares em cavalos russos

A Coreia do Norte gastou recentemente dezenas de milhares de dólares na aquisição de 12 cavalos provenientes da Rússia, de acordo com os dados alfandegários. A Coreia do Norte gastou quase meio milhão de dólares (584.302 …

O caranguejo "supervilão" do Canadá vai ser transformado em plástico biodegradável

Uma equipa de cientistas no Canadá desenvolveu um plano para transformar uma espécie invasora de crustáceo - conhecida como como caranguejo supervilão - em copos e talheres  de "plástico", usando as suas carapaças para criar …

Covid-19. Tripulante de navio japonês pode ser o primeiro português infetado

Um português que é tripulante do navio Princess Cruises, atracado no porto de Yokohama, no Japão, pode ter sido diagnosticado "positivo" com o novo coronavírus. Contactada pela agência Lusa, a diretora-geral de Saúde, Graça Freitas, afirma …

Harry e Meghan vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal

O duque e a duquesa de Sussex vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal, anunciou, esta sexta-feira, um porta-voz da casa real. "Estando o duque e a duquesa focados nos seus planos de estabelecer …

Messi marca quatro e embala Barcelona para o topo da La Liga

Um póquer de Lionel Messi embalou o FC Barcelona, este sábado, para a liderança da Liga espanhola, com uma "mão cheia" de golos na receção ao Eibar (5-0). Os catalães subiram ao topo de La Liga …