Empresa dos Paradise Papers trabalhou para banco ligado a terrorismo e crime organizado

(dr) Museu do Dinheiro

A firma no coração dos Paradise Papers providenciou serviços offshore a um banco acusado de facilitar financiamento para o terrorismo, crime organizado transnacional e o programa de armas químicas do Governo sírio.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, a Appleby, a sociedade de advogados cujos negócios foram denunciados na fuga de informação Paradise Papers, terá trabalhado com um banco que foi acusado de facilitar financiamento para o terrorismo, crime organizado transnacional e o programa de armas químicas do Governo sírio.

O banco em causa, o FBME, foi cliente da Appleby durante pelo menos um ano depois de o Departamento do Tesouro norte-americano ter divulgado um relatório com uma série de alegações contra o banco. No entanto, o The Guardian avança que, antes disso, o FBME já era representado pela sociedade há cerca de uma década.

O FBME que foi, inclusive, banido do sistema financeiro americano, já negou todas as acusações, mas assumiu que a Appleby tinha sido sua intermediária desde 2004.

A sociedade de advogados esteve no centro de uma fuga de informação batizada Paradise Papers, com milhares de ficheiros internos da empresa a serem obtidos pelo jornal alemão “Süddeutsche Zeitung” e analisados à lupa pelo Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ).

No mesmo caso, foram também envolvidas figuras públicas como a cantora Madonna, o vocalista dos U2, Bono Vox, a Rainha Elizabeth II, membros da administração Trump e até multinacionais como a Apple, a Nike, a Uber, entre muitos outros.

Foi ainda posto a descoberto a rede montada pela Appleby em diversos paraísos fiscais para ajudar empresas e indivíduos ricos a fugir aos impostos.

A Appleby respondeu às acusações com um processo judicial contra a BBC e o The Guardian, acusando os dois órgãos de terem publicado artigos que não são do interesse público.

Num comunicado divulgado no início de novembro, a sociedade de advogados rejeitou todas as alegações da investigação, sublinhou que, “não sendo infalível”, agiu sempre de forma célere para “acertar as coisas”.

No âmbito do processo judicial, a Appleby pediu a um tribunal britânico que proíba de forma permanente a BBC e o Guardian de usarem os seus ficheiros internos para investigar a conduta dos seus funcionários e dos seus clientes.

Contactada pelo jornal britânico, a sociedade de advogados recusou comentar a relação de longa data que manteve com o FBME, uma relação que acabou em dezembro de 2015. Sobre o assunto, repetiu apenas que a secção da firma que lida com serviços offshore foi vendida – existe agora sob o nome Estera – e que, portanto, se recusa a responder a quaisquer questões sobre o negócio com o banco.

A Estera, por sua vez, disse que não tece comentários sobre “quaisquer negócios que a Appleby possa ter mantido com qualquer cliente em particular”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ministra volta atrás, descarta congelamento das carreiras e admite aumentos na Função Pública

Esta segunda-feira, a ministra da Administação Pública disse, em entrevista à Antena 1, que não poda excluir o congelamento das carreiras. Já na quarta-feira, em declarações à TSF, Alexandra Leitão mudou o discurso. Em entrevista à …

Cientistas identificam a região com o ar mais limpo à face da Terra

Uma equipa de cientistas da Universidade Estadual do Colorado (EUA) identificou a região atmosférica que possui o ar mais limpo à face da Terra. Os especialistas, liderados pela professora Sonia Kreidenweis, descobriram que a camada limite …

Abono extra e complemento de estabilização. Governo cria dois novos apoios cumulativos para quem perdeu rendimentos

O Programa de Estabilização Económica e Social (PEES) do Governo vai incluir dois novos apoios para trabalhadores e famílias que perderam parte dos seus salários nos últimos três meses devido à pandemia de covid-19. A notícia …

Bolsonaro veta transferência de 1,5 mil milhões de euros para estados e municípios

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, vetou na quarta-feira a transferência de 8,6 mil milhões de reais (1,5 mil milhões de euros) do Fundo de Reservas Monetárias (FRM) para estados e municípios combaterem a covid-19. A decisão …

O núcleo da Terra pode esconder mais de cinco oceanos no seu interior

Um novo estudo sugere que o núcleo da Terra pode abrigar uma grande quantidade de água no seu interior. Segundo os investigadores, a quantidade pode chegar ao equivalente a cinco oceanos. Muitos estudos comprovam que, sob …

Descoberto novo tipo de matéria exótica no "coração" das estrelas de neutrões

Uma investigação levada a cabo por um grupo de cientistas da Finlândia encontrou fortes evidências da existência de matéria exótica de quarks no interior dos núcleos das maiores estrelas de neutrões. Em comunicado, os cientistas …

Os asteróides Ryugu e Bennu podem ser "filhos" de um mesmo pai

Os asteróides Ryugu e Bennu podem ter sido formados a partir de um outro asteróide de grandes dimensões, sugere uma investigação internacional. Simulações numéricas de grandes ruturas de asteróides, como as que ocorrem no cinturão de …

Diário de oficial nazi revela localização de tesouro escondido na Polónia durante a 2.ª Guerra Mundial

Um diário que esteve na posse de uma sociedade secreta durante décadas contém um mapa que descreve a localização de mais de 30 toneladas de ouro escondidas pelos nazis durante a Segunda Guerra Mundial. Escrito há …

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …