Empresa cria ecrãs táteis de holograma para melhorar a higiene pública

Os ecrãs táteis ou interativos são usados por milhares de pessoas e, por isso, têm todos os tipos de bactérias indesejáveis. Agora, com a pandemia de covid-19, uma empresa japonesa criou um aparelho que projeta os botões em holograma e não precisa de ser tocado para funcionar.

Os ecrãs táteis em locais públicos representavam, já antes da pandemia de covid-19, um problema de higiene pública. De acordo com um estudo da London Metropolitan University, publicado em 2018, as telas sensíveis ao toque de restaurantes de fast-food têm todos os tipos de bactérias indesejáveis ​​e potencialmente prejudiciais.

Agora, por causa da crise de saúde pública provocada pelo novo coronavírus, uma empresa japonesa propôs uma possível solução.

A Murakami Corporation, sediada em Shizuoka, no Japão, desenvolveu, em parceria com a Parity Innovations, um sistema de holograma que não necessita de contacto físico.

O aparelho de alta tecnologia, chamado de Floating Pictogram Technology (FPT), foi desenvolvido para casas de banho públicas, mas tem potencial para ser adaptado e usado noutras funções.

O painel de controlo usa “tecnologia ótica de próxima geração com ‘imagens que pairam no ar'”, disse a empresa em comunicado, citada pelo Interesting Engineering.

O FPT permite, então, que os utilizadores “pressionem” botões semelhantes a um holograma sem, para isso, terem de tocar fisicamente num ecrã, o que elimina a necessidade de entrar em contacto com uma superfície potencialmente repleta de bactérias.

As principais características do sistema incluem um “sistema brilhante e altamente visível de imagem flutuante no ar”, alimentado por uma tecnologia de deteção espacial que revela “a posição em que o dedo se encontra, usando um algoritmo”, explica ainda Murakami.

Além disso, é importante salientar o facto de o FPT ser facilmente configurável, o que significa que tem potencial para ser “desenvolvido para diferentes funções”.

Esta tecnologia pode também ser usada para proteger contra surtos futuros, melhorando a higiene em vários locais, incluindo, por exemplo, casas de banho públicas, elevadores, caixas de multibanco, sistema de senhas em hospitais e em supermercados.

Depois do aparecimento da covid-19, a empresa japonesa não é, no entanto, a primeira a apresentar uma solução de ecrã tátil “sem toque”. Em outubro de 2020, a Ultraleap anunciou um touch screen com câmara, controlado com gestos.

A Murakami já forneceu amostras do sistema FPT a fabricantes e hospitais para avaliação e espera que a tecnologia seja comercializada a partir de 2022.

  Sofia Teixeira Santos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O temido aconteceu: Engenheiros criam cão robô com sniper às costas

A Ghost Robotics criou um cão robô com uma arma equipada às costas. O SPUR "é o futuro dos sistemas de armas não tripuladas". A evolução da robótica e da Inteligência Artificial tem sido recebida de …

Morreu Armanda Passos, uma “referência maior da pintura contemporânea nacional”

Armanda Passos faleceu aos 77 anos na passada madrugada. Ferro Rodrigues lamenta a perda de uma "referência maior da pintura contemporânea" portuguesa. A pintora Armanda Passos morreu hoje, aos 77 anos, confirmou a Universidade do Porto, …

Os números que levam o Bayern a dizer: "O Benfica tem medo de nós"

Alemães destacam sete dados, antes da deslocação a Lisboa. Formação do Benfica destacada pelo Bayern. O Bayern Munique, na antevisão ao jogo com o Benfica na terceira jornada da Liga dos Campeões, publicou um artigo com …

Covid-19: Letónia vai adotar confinamento de quase um mês por aumento de infeções

A Letónia inicia, na quinta-feira, um confinamento de quase um mês, que incluirá recolher obrigatório, devido ao agravamento do número de infeções por covid-19 no país, onde a taxa de vacinação é das mais baixas …

É oficial. Rui Rio recandidata-se à liderança do PSD e vai a votos contra Rangel

Rui Rio vai assim enfrentar Paulo Rangel nas directas marcadas para 4 de Dezembro e tentar segurar a liderança do PSD. Depois de muita especulação, Rui Rio confirmou hoje que vai avançar com a recandidatura à …

Mais 832 casos e seis mortes por covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal conta mais mais 1010 recuperados. A maioria dos novos casos são em Lisboa e Vale do Tejo e no Norte. Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais seis mortes e 832 casos de infecção pelo …

Costa admite voltar a baixar imposto sobre os combustíveis devido ao aumento da receita do IVA

O aumento extraordinário da receita de IVA decorrente da subida do preço dos combustíveis será devolvido semanalmente através de uma redução do imposto sobre os produtos petrolíferos (ISP), afirmou esta terça-feira o primeiro-ministro. Em resposta a …

Extinto incêndio no Hospital CUF Descobertas em Lisboa e sem necessidade de evacuar edifício

O incêndio que deflagrou hoje, pelas 12:20, no Hospital CUF Descobertas, no Parque das Nações, em Lisboa, foi extinto pelas 12:50, e não houve necessidade de evacuar o edifício, disse à Lusa fonte do Regimento …

Infarmed alerta para dois sites de venda ilegal de medicamentos

A Autoridade Nacional do Medicamento afirma que não é possível assegurar a qualidade, eficácia, segurança e autenticidade dos fármacos adquiridos em dois websites ilegais de venda de medicamentos. O Infarmed alertou esta terça-feira para a existência …

Julian Reichelt, ex-diretor do jornal alemão Bild

Diretor do jornal alemão Bild despedido por "conduta inapropriada"

Julian Reichelt, diretor do jornal alemão Bild, foi demitido com efeito imediato por “conduta inapropriada”, anunciou a empresa de comunicação social Axel Springer, detentora do jornal mais vendido da Alemanha. O diretor do jornal alemão Bild, …