O seu rosto num robô. Empresa anónima paga 115 mil euros pelos direitos

Uma empresa privada anónima está a oferecer 115 mil euros pelo direito de usar o seu rosto numa nova linha de robôs humanóides.

A empresa quer usar a imagem para dar uma cara a um robô humanóide que servirá como um “amigo virtual” para idosos. Devido a essa vocação, estão interessados ​​em encontrar alguém com um rosto “gentil e amigável”.

O projeto está em desenvolvimento há cinco anos e o robô deverá ser fabricado no próximo ano, com o objetivo de produzir “potencialmente milhares de versões dos robôs em todo o mundo”.

O nome do designer ou da empresa não é conhecido. De acordo com o IFLScience, também não se sabe com o que exatamente a pessoa escolhida estará a concorsar, embora a Geomiq, uma empresa de engenharia com sede em Londres que estará a ajudar a desenvolver o projeto, diga que revelarão mais detalhes aos candidatos que chegarem à próxima fase do projeto.

Os detalhes do projeto são escassos devido a um acordo de não divulgação que assinamos com o designer e os seus investidores”, explicou Geomiq numa publicação no seu blogue. “A empresa diz que a necessidade de anonimato se deve à natureza secreta do projeto, no entanto, acredita que o robô estará disponível para o público em breve e espera que a campanha crie um burburinho extra antes do seu eventual lançamento.”

As pessoas estão um pouco céticas sobre a oferta. Independentemente das legalidades mais refinadas do acordo, muitas pessoas ficaram confusas sobre o motivo pelo qual o projeto não usou a tecnologia da Rede Adversarial Generativa (GAN) para criar rostos humanos falsos. Embora ainda seja uma tecnologia nova, já foi usada para criar rostos fotorrealistas falsos que os humanos reais são incapazes de distinguir de uma pessoa genuína.

“Estas pessoas já ouviram falar de GANs? Já existem conjuntos de dados com cem mil faces realistas (mas não reais) disponíveis”, comentou uma pessoa no Twitter.

O robô para idosos não é a parte preocupante desta situação. Aliás, já se viu muitos desses robôs. No Reino Unido e no Japão, por exemplo, um projeto de companhia de robôs chamado CARESSES está a tenatr descobrir como fazer robôs que se adaptem à cultura e aos costumes dos humanos com quem vão interagir.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Evento raro". Nasceu uma baleia-branca no maior aquário do mundo (e o momento foi gravado)

Whisper, uma baleia-branca de 20 anos, deu à luz uma cria saudável em 17 de maio após uma gravidez de 15 meses, marcando a chegada do mais novo cetáceo do Georgia Aquarium, numa altura em …

Telemóveis são uma ferramenta poderosa contra a desigualdade de género em África

Ao dar às mulheres acesso a informação que, de outra forma, era quase impossível de obter, os telemóveis estão a salvar e a transformar vidas. De acordo com o site IFLScience, o estudo responsável por esta …

Desde março, morreram mais de 100 elefantes no Botsuana. Ninguém sabe porquê

As autoridades do Botsuana estão a investigar a morte de 110 elefantes na região do Delta do Okavango desde março, anunciou esta semana o Ministério do Meio Ambiente, Conservação de Recursos Naturais e Turismo daquele …

Um robô aprendeu a fazer uma omelete. E ficou melhor do que o esperado

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, treinou um robô a preparar uma omelete. Para os investigadores, avaliar se um robô cozinhou uma refeição com sucesso é uma fonte interessante de …

Covid-19 já matou mais no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães da II Guerra

A pandemia de covid-19 já matou mais pessoas no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães durante a II Guerra Mundial. O novo coronavírus oriundo da China já matou cerca de 50.000 pessoas em território …

Estudo mostra que os cães querem mesmo resgatar os seus donos do perigo

Um novo estudo mostra que os nossos amigos de quatro patas querem realmente salvar-nos em momentos de aflição, mas desde que saibam como o fazer. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 60 cães …

Derek Chauvin foi detido, mas os precedentes mostram que o polícia pode sair impune

Derek Chauvin, o polícia responsável pela morte de George Floyd, foi detido e aguarda a sua primeira audiência. No entanto, há precedentes que sugerem que o agente pode sair impune. Derek Chauvin tem a sua primeira …

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …