Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19.

Servir frutos secos durante as viagens de avião era um ávido costume da norte-americana American Airlines. O estatuto de maior companhia aérea do mundo significa que a transportadora distribuía muitos frutos secos durante os seus quase 6.800 voos por dia, no período pré-pandemia.

Agora, devido ao novo coronavírus, a American Airlines implementou algumas medidas sanitárias. Uma delas foi deixar de servir os frutos secos aquecidos nos voos de primeira classe. Agora, apenas oferece uma embalagem de pretzels ou um pacote de bolachas, aquando do embarque, juntamente com um prato de fruta e queijos.

Além disso, as bebidas são estão disponíveis em voos de mais de 2.200 milhas e as refeições são servidas num tabuleiro único, em vez de vários pratos como era habitual.

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, levou as mãos à cabeça. Agora, sem uma companhia aérea para a qual vender os seus cajus, pistachios, nozes-pecã e amêndoas torradas e salgadas, a empresa está com um excedente de cerca de 40 mil quilogramas de frutos secos, escreve a VICE.

“Temos paletes e paletes de frutos secos aqui”, disse Kim Peacock, proprietário da GNS Foods, em declarações ao Dallas Morning News. “Não sabíamos quanto tempo isto duraria. As companhias aéreas estavam uma confusão e não sabiam se as trariam de volta ou não”.

A GNS Foods teme pelo seu futuro, já que a American Airlines foi responsável por 70% das vendas totais de frutos secos da empresa no ano passado.

Agora, de forma a livrar-se deste excedente, a empresa abriu uma loja em Austin, no Texas, para vender os frutos em comércio retalhista. Além disso, também está a fazê-lo através da internet.

“Depois de três décadas de uma grande parceria com fornecedores, é doloroso ficar com contratos de stock. Oferecemo-nos para embalar as nozes em tamanhos de porção única, mas não gostaram da ideia”, afirmou Peacock . “No entanto, no meu último voo em primeira classe, foi-me servida uma bandeja de queijo, bolachas, frutas e chocolate com material plástico. E é claro que pensei: ‘por que é que não podem ser as nossas nozes’?

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Vulcão, La Palma

O Cumbre Vieja também tem negacionistas. "É tudo orquestrado"

Nos últimos dias, as redes sociais têm-se tornado o palco dos "negacionistas dos vulcões" que defendem que, por trás da erupção do Cumbre Vieja, há mão humana. Nas redes sociais já há negacionistas do vulcão Cumbre …

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …

O robô Atlas, da Boston Dynamics, faz parkour (e até dá um mortal para trás)

O Atlas é, sobretudo, um projeto de investigação: um robô que ajuda os engenheiros da Boston Dynamics a trabalhar em melhores sistemas de controlo e perceção. O parkour é um verdadeiro desafio para os seres humanos, …

Na Tailândia, um "cemitério" de táxis foi transformado numa horta sobre rodas

Desde pimentos a pepinos, beringelas e até mangericão. Num parque de estacionamento ao ar livre em Banguecoque, os táxis abandonados transformam-se em hortas para alimentar os trabalhadores. A pandemia de covid-19 obrigou os táxis de Banguecoque …

Morreu o "último nazi" canadiano, aos 97 anos

Um ucraniano que serviu como tradutor no regime nazi morreu na quinta-feira na sua casa, em Ontário, no Canadá, encerrando uma luta de décadas para deportá-lo e acusá-lo de cúmplice no assassinato de dezenas de …

No Sri Lanka, elefantes traficados foram resgatados. Mas voltaram às pessoas que os compraram ilegalmente

Um tribunal do Sri Lanka devolveu elefantes resgatados a pessoas influentes que foram acusadas de os terem comprado ilegalmente. Durante alguns anos, elefantes selvagens permaneceram na corda bamba de uma intensa batalha de custódia judicial entre …

Sporting 1-0 Marítimo | Porro volta a decidir de penálti

Que sofrimento! É normal ver os “grandes” dominarem por completo os seus adversários, mas nesta partida entre Sporting e Marítimo, em Alvalade, praticamente só houve uma equipa a atacar e a procurar o golo. Ainda assim, …

A falhar pagamentos e com 260 mil milhões de dívida - como é que a Evergrande chegou até aqui?

A situação da imobiliária chinesa Evergrande, que tem uma dívida maior do que a economia portuguesa, está a deixar o mundo ansioso sobre uma eventual repetição da história da crise de 2008, que começou com …