Embaixadas de Angola com salários em atraso (e não há dinheiro nem para papel higiénico)

Google Maps

Embaixada de Angola em Lisboa

A crise financeira em Angola está a ter repercussões preocupantes nas Embaixadas fora do país, onde se vão acumulando os salários em atraso aos funcionários e as dívidas a fornecedores. Lisboa e Paris são exemplos da crise e já há quem tenha que levar papel higiénico de casa por não haver dinheiro para o comprar.

O semanário Expresso relata que na Embaixada de Angola em Lisboa, a maioria dos 80 funcionários não recebe salário desde Março, tendo também subsídios por pagar.

Em Paris, a situação será semelhante, com ordenados em atraso há cerca de três meses, de acordo com o semanário.

E a situação não será exclusiva das Embaixada em Portugal e em França, verificando-se na “generalidade das missões diplomáticas angolanas, especialmente na Europa”, conforme apurou o Expresso que fala de um caso “muito preocupante”.

Além de estar a afectar a vida dos funcionários, a falta de dinheiro não permite às Embaixadas “pagar aos prestadores de serviços e as dívidas vão-se acumulando todos os dias”, refere ao jornal um funcionário da delegação de Angola em Lisboa.

“Com a actual situação, já há trabalhadores a trazer das suas casas papel higiénico, água e sabonete para lavar as mãos, devido à incapacidade de a Embaixada adquirir estes produtos porque as empresas se recusam a prestar mais serviços enquanto não virem pagas as facturas em dívida”, reporta a mesma fonte não identificada pelo semanário.

O mesmo funcionário lamenta que alguns dos trabalhadores da Embaixada de Lisboa estão “na iminência de perder as suas casas e outros bens por falta de pagamento aos bancos”.

Angola atravessa uma grave crise financeira, sobretudo por causa da queda no preço do petróleo, e já pediu assistência ao FMI. O governo foi obrigado a apertar o cinto e os cortes chegaram ao salário de 9 mil euros do presidente José Eduardo dos Santos.

Entretanto, o país tem procurado diversificar a sua actividade económica, para não ser tão dependente do petróleo. Nesse sentido, tem apostado na revitalização da cultura da banana e na exploração de ouro.

Muitos portugueses que trabalham no país também estão a sentir na pele a crise, com salários em atraso.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Peçam a presidente da Sonangol, para fazer um adiantamento. Ao que chega a corrupção em Angola, nem dinheiro ha para limpar o dito.

Nu num cavalo branco e de saltos altos. Retrato de Emiliano Zapata gera indignação no México

Centenas de manifestantes invadiram o Palácio de Belas Artes do México, na passada terça-feira, por causa de um retrato do general Emiliano Zapata (1879-1919), considerado um herói revolucionário no país. A obra, pintada pelo artista …

Felipe VI designa Sánchez como candidato a formar o próximo Governo

O Rei de Espanha designou, esta quarta-feira, em Madrid, o secretário-geral do PSOE e primeiro-ministro em funções como candidato a chefe do próximo Governo, anunciou a presidente do Parlamento. "Sua majestade o Rei [...] comunicou-me a …

No Porto, há um painel publicitário que recicla tanto ar como 230 árvores

O painel publicitário da Volvo, instalado na fachada de um prédio entre a Avenida da Boavista e a Rua 5 de Outubro, no Porto, é mais do que publicidade. A tela ajuda a reciclar o …

Governo recua e deixa cair proposta sobre perda de férias em caso de baixa prolongada

O Governo recuou e deixou cair a proposta apresentada aos sindicatos que previa que os funcionários públicos mais antigos que estivessem de baixa prolongada perdessem dias de férias, disse esta quarta-feira o líder da Fesap, …

Marta Temido recusa ser "refém" de Centeno e anuncia maior concentração de Urgências até ao verão de 2020

"Eu nunca me senti refém [de Mário Centeno]. Tenho alguma dificuldade nessa leitura. Este reforço de meios também permitirá injetar mais confiança no sistema e criar respostas. Mas não considero que tenho estado refém do …

IVA da luz. Proposta do Governo foi afastada há um ano porque "não tinha enquadramento legal"

Em 2018, o Bloco de Esquerda apresentou a proposta da taxa reduzida do IVA da luz para um primeiro escalão de consumo. O Governo não fez o pedido a Bruxelas - como fez agora -, …

Nenhum dos treinadores do FC Porto ou Belenenses relatou agressões à PSP

Nem Sérgio Conceição nem Pedro Ribeiro mencionaram uma eventual agressão nas suas declarações à polícia. O treinador portista deverá ser ilibado de qualquer acusação. No domingo, os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e …

Estado não cumpre os requisitos mínimos que criou para os cuidados paliativos

A maioria das equipas de cuidados paliativos do SNS não tem cumprido os requisitos mínimos definidos pelo próprio Estado. Há uma grave falta de profissionais nesta área. Os cuidados paliativos em Portugal têm vindo a regredir …

Rússia diz que pode organizar os seus próprios Jogos Olímpicos

Na sequência da exclusão por quatro anos, anunciada na segunda-feira, a presidente do Parlamento russo sugeriu que o país pode organizar os seus próprios Jogos Olímpicos. A presidente do Parlamento russo, Valentina Matviyenko, afirmou que o …

Israel vai voltar às urnas. É a terceira eleição consecutiva em menos de um ano

Israel vai ter o terceiro ato eleitoral consecutivo em menos de um ano, estancado num bloqueio político e com um primeiro-ministro acusado de corrupção. Ao terminar à meia-noite de quarta-feira o prazo do Parlamento para eleger …