Em decisão histórica, EUA abstêm-se em votação na ONU contra embargo a Cuba

(dr) ONU

Sessão na Assembleia-Geral da ONU para votação na resolução que pede o fim do embargo a Cuba

Sessão na Assembleia-Geral da ONU para votação na resolução que pede o fim do embargo a Cuba

A Assembleia-Geral da ONU aprovou esta quarta-feira, pela 25ª vez, uma resolução que apela ao levantamento do embargo dos Estados Unidos contra Cuba, com a novidade de ter contado com a abstenção da representante de Washington.

Reconciliação Cuba-EUA

A resolução, que é anualmente apresentada por Cuba, foi aprovada por 191 dos 193 países-membros das Nações Unidas, com as abstenções dos Estados Unidos e de Israel.

A abstenção de Washington, anunciada pela embaixadora dos EUA na ONU Samantha Power, segue os apelos do Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para que o Congresso norte-americano, dominado pelos conservadores do Partido Republicano, aprove o levantamento do embargo, na sequência da normalização de relações entre os dois países, que restabeleceram relações diplomáticas em julho de 2015.

Em março deste ano, Barack Obama fez uma visita oficial a Cuba.

A resolução pelo fim do embargo económico e comercial imposto pelos Estados Unidos a Cuba apresentada este ano na Assembleia-geral da ONU reconhece os passos dados pela administração Obama para aliviar o embargo, descrevendo-os como positivos, “mas ainda de alcance limitado”.

Foram 191 votos a favor da resolução, duas abstenções e nenhum contra.

Apesar da aproximação, o bloqueio persiste

A embaixadora dos EUA foi bastante aplaudida ao declarar que os Estados Unidos sempre foram contra a resolução, mas desta vez, o país decidiu se abster da votação pela primeira vez em 25 anos.

Samantha Power lembrou que há dois anos, o presidente Barack Obama afirmou ser contra o bloqueio e pediu para o Congresso retirar o embargo.

Mas o país rejeita o texto da resolução da Assembleia-Geral, que segundo a embaixadora, sugere que as ações do seu país contra Cuba vão contra a Carta da ONU e leis internacionais.

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Cuba, Bruno Rodríguez Parrilla, participou da votação e reconheceu que nos últimos dois anos houve avanços no diálogo e na cooperação entre os dois países.

O ministro ressaltou, no entanto, que o bloqueio económico, comercial e financeiro persiste, provocando danos ao povo cubano e criando obstáculos ao desenvolvimento económico do país.

Segundo Rodríguez Parrilla, o embargo tem um caráter extraterritorial, afetando diretamente outros Estados-membros das Nações Unidas. O ministro cubano lembrou que o próprio presidente americano e outros alto funcionários chegaram a classificar o bloqueio de “obsoleto”.

ZAP / Lusa / R-ONU

PARTILHAR

RESPONDER

O segredo da Coreia do Sul para combater a covid-19? Tecnologia de ponta e toque humano

O sucesso da Coreia do Sul a combater a pandemia de covid-19 não assentou apenas no recurso à tecnologia de ponta — também envolveu o tradicional toque humano. De acordo com um recente relatório da Câmara …

Governo: voto contra do Bloco é "definitivo". Marcelo diz que chumbo provoca dissolução

O Governo afirmou este domingo que entendeu o anúncio de voto contra por parte do BE como “uma posição definitiva”, remetendo eventuais novas negociações com este partido para a fase da especialidade do Orçamento do …

Soldados do exército chinês alinhados.

Chinesas querem "empregos de homem" — mas o sistema educacional corta-lhes as asas

Várias escolas, academia e universidades chinesas impõe cotas que limitam o acesso de estudantes do sexo feminino. Mulheres têm de tirar notas mais altas do que os homens para entrar. Um pouco por todo o mundo …

"A Escola de Atenas", quadro de Rafael Sanzio.

Ideias da filosofia grega podem ter-nos conduzido às alterações climáticas

Algumas das ideias defendidas por antigos filósofos gregos podem ter conduzido a civilização rumo às alterações climáticas. Incêndios florestais causados por ventos crescentes e um calor sem precedentes cercaram Atenas, Grécia, no verão passado, cobrindo os …

Vizela 0-1 Benfica | Milagre de São Rafa no último suspiro

A ressaca pós-goleada frente ao Bayern, na Liga dos Campeões, foi difícil para o Benfica. Os comandados de Jorge Jesus sentiram muitas dificuldades frente a um Vizela que sabia que o seu adversário iria patentear …

Otoniel, o camponês paramilitar (e criminoso mais procurado da Colômbia) foi capturado

O governo da Colômbia anunciou este sábado a captura do narcotraficante mais procurado do país, Dairo Antonio Úsuga (com a alcunha de 'Otoniel'), por quem os Estados Unidos ofereciam uma recompensa de cinco milhões de …

"Tratam as doentes como histéricas". O longo caminho da Medicina até levar a sério a dor feminina está a custar vidas

Muitos dos avanços na medicina tiveram apenas metade da população em conta. Para além da falta de representação das mulheres nos estudos médicos, a dor e os relatos das pacientes são muitas vezes desvalorizados nas …

Bloco faz ultimato: vota contra o OE se até 4ª feira o Governo "insistir em impor recusas"

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, avisou este domingo que o BE votará contra o orçamento se até quarta-feira “o Governo insistir em impor recusas onde a esquerda podia ter avanços”, mantendo, no …

Nova faca de madeira é três vezes mais afiada do que as de aço - e pode ser lavada após ser usada

Através do uso de métodos alternativos, uma equipa de cientistas criou uma nova forma endurecida da madeira que pode ser transformada em facas afiadas. A equipa da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, refere que as …

Áustria planeia confinar quem não estiver vacinado contra covid-19

O governo austríaco anunciou que, se ocupação de camas de Unidades de Cuidados Intensivos com pacientes covid-19 atingir nível crítico, pessoas não imunizadas poderão sair de casa apenas em casos excepcionais, como compras essenciais e …