Violenta erupção sacudiu toda a civilização Maia (e matou todos os seres num raio de 40 quilómetros)

Há quase 1.590 anos, em 431, a civilização Maia foi sacudida por uma violenta erupção do vulcão Ilopango, que se situa em El Salvador. O evento matou todos os seres vivos num raio de 40 quilómetros ao redor do vulcão.

Como estudos anteriores mostraram, houve uma grande erupção vulcânica na região de El Salvador, mas a data ainda era desconhecida.

A nova investigação liderada por Victoria Smith, professora associada da Universidade de Oxford e chefe do grupo de Tefcrocronologia, estabeleceu a data precisa e a natureza dessa erupção.

Para isso, os cientistas analisaram um núcleo de gelo recuperado da Gronelândia e realizaram medições de radiocarbono numa árvore carbonizada encontrada nos depósitos de cinzas. Consequentemente, conseguiram datar com precisão a erupção massiva – 413.

A equipa usou um modelo de dispersão de tefra 3D para estimar que a pluma de fumo da erupção subiu 45 quilómetros e que as cinzas de Ilopango se dispersaram por mais de 7.000 quilómetros até à Gronelândia.

“Este trabalho segue estudos anteriores publicados em 2019 e nos quais descrevemos, graças a uma extensa análise dos depósitos de cinzas de El Salvador, os principais parâmetros físicos desta violenta erupção que atingiu o seu clímax com uma série de fluxos piroclásticos ligados a colapso da caldeira”, disse Dario Pedrazzi, investigador do GEO3BCN, em comunicado divulgado pelo Phys.

“Grande parte dessa investigação foi possível graças a todos os dados adquiridos durante as três campanhas de campo realizadas em El Salvador, durante as quais realizámos um mapeamento detalhado dos depósitos de cinzas presentes em uma área de 200 mil quilómetros quadrados”.

Cerca de 55 quilómetros cúbicos de magma irromperam de Ilopango. “Mais de 2 milhões de quilómetros quadrados da América Central foram cobertos com pelo menos meio centímetro de cinzas e estaria escuro nesta região durante pelo menos uma semana”, disse Victoria Smith.

“A erupção de Ilopango foi mais de 50 vezes maior do que a do Monte Santa Helena“, que ocorreu em 1980. “Os fluxos piroclásticos da erupção de Ilopango foram 10 vezes o volume daqueles do Vesúvio, que eclodiu em 79, preservando a cidade romana de Pompeia em cinzas”, acrescentou.

A explosão ocorreu durante o Primeiro Período Clássico Maia, que se estendeu de 300 a 600, enquanto a civilização crescia na América Central. “A explosão teria matado todos os seres vivos num raio de 40 quilómetros e não haveria habitantes durante muitos anos ou décadas nas proximidades, explicou Smith.

A enorme erupção não teve um impacto marcante sobre os Maias noutros lugares.

Acredita-se que Ilopango tenha sido responsável pela década anormalmente fria no hemisfério norte por volta de 540. Porém, o trabalho mostra que esta data está em desacordo com as evidências arqueológicas (produção de cerâmica) – que, na verdade, sugere uma data próxima ao início do período clássico inicial.

O vulcão Ilopango está localizado a menos de 10 quilómetros da cidade de San Salvador, a capital de El Salvador, e faz parte do Arco Vulcânico de El Salvador, que inclui um total de 21 vulcões ativos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Viagens ao Espaço podem prejudicar o corpo a nível celular. Fígado é o mais afetado

Viagens ao Espaço podem causar o mau funcionamento da mitocôndria de uma célula devido a mudanças na gravidade e radiação, sugere uma nova investigação conduzida pelo Georgetown Lombardi Comprehensive Cancer Center, nos EUA. Investigações com cobaias …

O envelhecimento celular em humanos foi parcialmente revertido (com o uso de oxigénio)

Investigadores da Universidade de Tel Aviv, em Israel, descobriram uma forma de reverter o processo de envelhecimento celular e podem ter feito um avanço na procura pela juventude eterna. O novo estudo publicado na revista Aging …

Porto 0-0 Man City | Pragmatismo portista garante “oitavos”

O FC Porto está nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Os “azuis-e-brancos” precisavam apenas de um empate, ou que o Olympiacos não vencesse em França, em casa do Marselha, e ambos os pressupostos aconteceram – …

O céu tingiu-se de roxo na Suécia (e a culpa era de uma plantação de tomates)

O céu ficou misteriosamente tingido de roxo em Trelleborg, a cidade mais a sul da Suécia, por causa da luz vinda de uma plantação de tomate enuma cidade próxima. Há algumas semanas, os moradores de Trelleborg …

Maurícias estão a abater um morcego ameaçado de extinção por interesses económicos

O morcego das Maurícias, em perigo de extinção, é mais uma vez o centro de um polémico abate nas mãos do Governo, para alarme das organizações de conservação da vida selvagem. Sob pressão de agricultores e …

Procurador-geral dos EUA: não há provas de fraude eleitoral generalizada

O procurador-geral dos Estados Unidos da América, William Barr, reconheceu hoje que não houve fraude em dimensão suficiente para invalidar a vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais norte-americanas. "Nesta altura, não vimos fraude a …

Parque de esculturas subaquático vai ser inaugurado em Miami

Miami vai servir de casa para um novo parque de esculturas subaquático como nunca viu. O ReefLine é projetado para servir como um recife artificial e vai estar disponível a receber visitantes em dezembro de …

Da "política do filho único" aos incentivos à natalidade: como a China tem mudado a sua estratégia populacional

A China está a planear incluir novas medidas para estimular a taxa de natalidade do país e lidar com o rápido envelhecimento da população. A estratégia passa pelo “plano de cinco anos” que deverá estar …

Vacinação será “grande prioridade” de presidência portuguesa da UE

O primeiro-ministro português, António Costa, referiu hoje que a vacinação contra a covid-19 deverá ser uma das “grandes prioridades” da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE), após um encontro com o presidente do …

No Cambodja, os aldeões usam "espantalhos mágicos" para afastar a covid-19

Os aldeões do Cambodja têm evitado a pandemia de covid-19 sem máscaras nem distanciamento social, mas sim com "espantalhos mágicos" que espantam o vírus mortal. Os dois espantalhos de Ek Chan, um aldeão de 64 anos, …