A erupção do Vesúvio transformou o cérebro de uma pessoa em vidro

Howard Stanbury / Flickr

O Vesúvio entrou em erupção em 79 d.C, assolando assentamentos num raio de 20 quilómetros. Um novo estudo mostra que a intensa explosão de calor transformou o cérebro de uma pessoa em vidro.

Nos anos 1960, arqueólogos descobriram os restos mortais de um ser humano nas ruínas de Herculano, deitado numa cama de madeira e coberto de cinzas vulcânicas.

De acordo com o estudo publicado na revista científica The New England Journal of Medicine, investigadores italianos da Universidade de Nápoles Federico II estudaram o conteúdo do crânio dessa pessoa e descobriram um pedaço de vidro preto brilhante.

Os cientistas argumentam que o material é tecido cerebral que foi queimado a uma temperatura extremamente alta e passou por um processo de vitrificação. Normalmente, é extremamente raro encontrar tecido cerebral durante o trabalho arqueológico, uma vez que se decompõe muito rápido. Em certas situações, o tecido cerebral pode ser preservado à medida que as gorduras do tecido são convertidas em glicerol e sais de ácidos gordos, transformando-se efetivamente em sabão.

No entanto, neste caso, o tecido foi submetido a uma temperatura tão intensa – cerca de 520ºC – que se tornou vitrificado. Este é o processo que acontece quando uma substância se transforma em vidro, geralmente através da exposição a temperaturas escaldantes..

De acordo com o IFLScience, havia várias pistas que se sugeriam que se tratava de tecido cerebral genuinamente vitrificado. Primeiro, o vidro contém várias proteínas que se podem encontrar nos tecidos do corpo humano. Os investigadores também detetaram ácidos gordos em óleo do cabelo humano dentro do material. Por fim, não havia vestígios de qualquer outro material vítreo semelhante em qualquer outro local do corpo ou do local.

Este humano não foi a única vítima do Monte Vesúvio em 79. A erupção catastrófica também destruiu as cidades romanas vizinhas de Pompeia, Oplontis, Stabiae e vários outros assentamentos mais pequeno, o que resultou em milhares de mortes. Muitos foram sufocados com cinzas vulcânicas, outros com gás quente e outros instantaneamente vaporizados pela onda de calor.

Um outro novo estudo, divulgado recentemente na revista científica Antiquity, revelou que centenas de pessoas em Herculano ficaram presas dentro de casas de barcos, onde morreram lentamente “assadas” vivas.

Segundo os cientistas, a descoberta deste cérebro de vidro é única e parece ser a primeira vez que isto é visto em contexto arqueológico. No entanto, os investigadores observam que houve relatos semelhantes sobre cérebros de vidro entre as vítimas do bombardeamento de Dresden, na 2ª Guerra Mundial, que matou cerca de 25 mil pessoas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Os humanos podem descender de marcianos antigos, diz Bill Nye

Bill Nye defendeu recentemente que é importante continuar a financiar a agência espacial norte-americana, especialmente se as missões levadas a cabo pela NASA no futuro ajudarem a responder a uma questão há anos tira o …

Londres dá o nome de Freddie Mercury a uma rua

Londres rebatizou uma das suas ruas em honra do vocalista dos Queen, Freddie Mercury. A rua em causa fica perto da primeira morada do artista na capital inglesa. Uma rua nos subúrbios de Londres, onde o …

Gil Vicente 0-1 Benfica | Vlachodimos segura liderança

O Benfica regressou às vitórias na Liga NOS e recuperou a liderança na tabela classificativa. Na visita ao Gil Vicente, os “encarnados” ganharam por 1-0, num jogo que foi tudo menos fácil para os campeões nacionais. O …

Exército norte-americano está a desenvolver tecidos que neutralizam agentes nervosos

A roupa das tropas norte-americanas poderá, no futuro, combater alguns dos agentes nervosos mais perigosos do mundo. Uma equipa de químicos da Universidade de Northwestern, nos Estados Unidos, está a desenvolver um tecido capaz de neutralizar …

Mona Lisa de cubos mágicos vendida em leilão por 480 mil euros

"Rubik Mona Lisa", uma Mona Lisa feita com quase 300 cubos mágicos, foi vendida em leilão, este domingo, por 480.200 euros. A obra é da autoria do artista francês Invader. A obra de arte, que se …

Cientistas utilizam IA para criar antibiótico que mata até as bactérias mais resistentes

Investigadores norte-americanos utilizaram mecanismos de inteligência artificial para criar um poderoso, capaz de matar algumas das bactérias resistentes mais perigosas do mundo. Segundo informou o Guardian, este fármaco atua de maneira diferente dos antibacterianos existentes, tendo …

Mulheres que assinaram acordos de sigilo vão poder falar sobre comportamento de Bloomberg, garantiu o empresário

Após uma extensa repercussão sobre os acordos de confidencialidade da sua empresa, que impedem as funcionárias de falar sobre as alegações de assédio no local de trabalho, Michael Bloomberg tentou inverter o curso da polémica. "A …

Nome de Vitalino Canas para o Tribunal Constitucional não deverá ser aprovado

O nome de Vitalino Canas para o Tribunal Constitucional não deverá ser aprovado na próxima sexta-feira. PSD e BE mostram-se contra a sua nomeação. Os deputados do PSD “não estão confortáveis” com a proposta do PS …

Amazon está a remover produtos que promovem a cura contra o coronavírus

A Amazon está a retirar os produtos que alegam "matar" o coronavírus e a avisar os utilizadores da desinformação em torno deste tema. Há empresas e vendedores a aproveitarem-se do mediatismo do coronavírus e a promover …

Autoridades revelam que atropelamento em desfile de Carnaval foi intencional

O atropelamento de pelo menos 15 pessoas num desfile de carnaval hoje em Volkmarsen, no centro da Alemanha, foi intencional, segundo a polícia, que não confirmou a hipótese de atentado. Henning Hinn, da diretoria de polícia …