/

Novas “caixas” transformam eletricidade e areia em painéis solares

A Terrabox é uma espécie de “fábrica de células solares” que só necessita de areia e eletricidade. Se for um sucesso, a tecnologia vai à Lua e a Marte.

A Maana Electric, uma empresa sediada no Luxemburgo, quer colocar nos desertos da Terra pequenas “caixas” em forma de contentor, capazes de construir painéis solares utilizando apenas eletricidade e areia. O objetivo é ajudar a combater as alterações climáticas.

Se a experiência correr como planeado, a ambição passa por levar estas “caixas” para dois destinos muitos especiais: Lua e Marte. Segundo o Interesting Engineering, o propósito seria ajudar as futuras colónias espaciais com as suas necessidades energéticas.

O processo por trás da Terrabox é demasiado simples para ser verdade: esta “caixa” é uma “fábrica totalmente automatizada, capaz de produzir painéis solares utilizando apenas areia e eletricidade como entradas”, lê-se no site da Maana Electric.

As mini-fábricas cabem dentro de contentores, o que significa que podem ser transportadas para locais remotos no deserto. Lá, conseguirão produzir os painéis solares necessários para a colheita de energia solar limpa.

Além de figurarem uma potente ajuda no combate às alterações climáticas, esta inovação poderia também ajudar a reduzir a dependência dos operadores de energias renováveis da China, que fabrica a maioria dos painéis solares fotovoltaicos do mundo.

A versão lunar da Terrabox foi concebida para converter regolito em silício de alta pureza. Em teoria, isto deverá permitir produzir anualmente um megawatt de painéis solares.

O processo de construção também liberta oxigénio como subproduto, que poderia ser utilizado pelos astronautas para criar ambientes respiráveis no Espaço.

Joost van Oorschot, CEO da empresa luxemburguesa, disse à Inverse que as Terraboxes terrestres e espaciais partilham, aproximadamente, 60% da mesma tecnologia.

Segundo a empresa solar alemã Desertec, cobrir apenas uma pequena percentagem do deserto do Sahara com painéis solares poderia fornecer energia suficiente para todo o planeta. Imaginar o potencial destas “quintas solares” na Lua é quase impossível.

  Liliana Malainho, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE