Eleito o destino turístico mais barato para 2019 (e Portugal fica à espreita)

(CC0/PD) nextvoyage / Pixabay

Sunny Beach é um conhecido complexo balnear na costa do Mar Negro da Bulgária

O complexo Sunny Beach, na Bulgária, foi eleito o destino mais barato para turistas em 2019, de acordo com um estudo levado a cabo pela British Post Office, que analisou preços dos 42 pontos turísticos mais populares em todo o mundo.

Para eleger o destino turístico mais em conta, a empresa britânica desenvolveu o ranking com base no preço de oito bens e serviços, que incluem jantar para duas pessoas com vinho, uma variedade de bebidas – água, refrigerantes, café, cerveja -, protetor solar e repelente para insetos. Os preços foram disponibilizados por habitantes locais e turistas.

De acordo com os resultados da análise, o preço médio destes produtos em Sunny Beach é de 37,92 libras, cerca de 42,64 euros.

Entre os doze destinos mais em conta está também Portugal (3.ª posição), representado pelo Algarve, onde, segundo este estudo, o preço médio dos produtos acima apresentados ronda os 44,25 libras, cerca de 49 euros. Espanha, representado pela região Costa del Sol surge na sexta posição, com um preço médio de 62 euros.

A lista final com os doze destinos mais baratos está disponível no site da empresa, onde é também possível ver os destinos mais baratos agrupados de acordo com as regiões do mundo. Entre os destinos mais baratos de todo mundo afiguram-se os seguintes locais, apresentados por ordem ascendente e já convertidos de libra para euro.

  1. Sunny Beach, na Bulgária (42,64 euros)
  2. A cidade de Tóquio, no Japão (48,51 euros)
  3. Algarve, Portugal (49,76 euros)
  4. Praga, capital da República Checa (60,05 euros)
  5. A Cidade do Cabo, na África do Sul (61,79 euros)
  6. Zona espanhola da Costa del Sol (62,07 euros)
  7. Região turca de Marmaris (62,58 euros)
  8. A cidade turística de Pafos, no Chipre (64,90 euros)
  9. A cidade de Porec, na Croácia (69,20 euros)
  10. Budapeste, capital da Hungria (73,53 euros)
  11. Hoi An, no Vietname (74,04 euros)
  12. Bali, Indonésia (74,90 euros).

Na região das Américas e das Caraíbas, destaca-se Punta Cana (75,86 euros), na República Dominicana, Orlando (80,76 euros), nos Estados Unidos e Cancun (90,74 euros), no México, registando todos estes destinos valores acima dos doze locais mais baratos.

SA, ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Tokyo o segundo mais barato, ainda mais que o Algarve?
    Hoi An mais caro que o Algarve?

    Já não vou ao Algarve há algum tempo, mas visitei Tokyo e Hoi An nos ultimos meses, e dizer que é mais barato que o Algarve é ridículo. A não ser que estejam a compara um capsule hotel em Tokyo com um resort de 5 estrelas no Vietnam.

Liderança do Montepio pode voltar a mudar

Uma nova reviravolta na administração do Banco Montepio pode estar prestes a acontecer. Carlos Tavares, atual presidente da administração com poderes não executivos, pode voltar a ser presidente executivo deste banco. Se isso acontecer, Dulce Mota …

Berardo era peça na "estratégia" de Sócrates para dominar a banca

Em entrevista ao Jornal Económico, o empresário Patrick Monteiro de Barros defende que Joe Berardo foi uma das pessoas de quem José Sócrates se serviu para dominar a banca. Patrick Monteiro de Barros disse, em entrevista …

BCE arrasa propostas de Centeno. Reforma coloca em risco independência do BdP

O Banco Central Europeu teceu duras criticas às propostas de Centeno para a reforma da supervisão financeira em Portugal. O BCE admite que a independência do Banco de Portugal poderia ficar em risco. Depois da Comissão …

#MeToo. Acordo de 40 milhões para evitar processo contra Harvey Weinstein

O antigo produtor de Hollywood Harvey Weinstein terá chegado a um acordo no valor de 44 milhões de dólares (cerca de 40 millhões de euros) em indemnização com dezenas das suas vítimas, de forma a …

Paulo Sande, cabeça de lista do Aliança, recebeu salário de Belém. Mas vai devolver

O cabeça de lista do Aliança decidiu devolver o vencimento que lhe foi pago este mês pela Presidência da República enquanto assessor político de Marcelo Rebelo de Sousa. Paulo Sande começou por gozar uma licença sem …

Trump quer vender armas à Arábia Saudita sem aprovação do Congresso

Uma grande venda de bombas à Arábia Saudita pode estar na mira da Administração Trump. O Presidente dos Estados Unidos quer fintar o Congresso norte-americano e desbloquear 6,3 mil milhões de euros em vendas.  O jornal …

Europeias: Com o PS a "malhar" no Bloco, Rangel fala em encenação eleitoral

Na véspera do último dia de campanha para as eleições europeias, António Costa e Augusto Santos Silva deram um empurrão ao candidato do PS com discursos apontados aos parceiros de esquerda. Enquanto isso Paulo Rangel …

ADSE: Hospitais privados faturaram 21 milhões a mais em 2017 e 2018

A ADSE fechou o ano passado com mais dinheiro em caixa do que no ano anterior, contrariando a tendência de queda registada nos últimos três anos, revela o Relatório de Atividades do instituto que gere …

Pré-reforma travada por serviços do Estado

Os serviços do Estado já receberam milhares de pedidos de pré-reforma, mas ainda não foi autorizado qualquer processo. Milhares de trabalhadores já pediram a pré-reforma, mas os serviços do Estado ainda não deram seguimento a qualquer …

Acordo com SIRESP estava por horas. Já passaram quase 2 semanas

Há duas semanas, António Costa disse que o acordo com o SIRESP estava por horas. A proposta de pré-acordo que chegou há mais de uma semana ao Ministério das Finanças ainda não obteve resposta por …