Autárquicas podem custar 21 milhões a mais aos cofres públicos

Mário Cruz / Lusa

O secretário-geral do PS, António Costa, acompanhado por Capoulas Santos, participa num comício em Évora, no âmbito da pré-campanha eleitoral

O Orçamento do Estado para 2017 prevê uma despesa global de 153,1 milhões de euros com os apoios públicos aos partidos. Desse montante, 60 milhões vão pagar a campanha das eleições autárquicas, o que representa um aumento de 54% face ao anterior acto eleitoral.

A secretaria-geral da Assembleia da República, que é responsável pelo pagamento das chamadas subvenções aos partidos, assume o aumento num esclarecimento enviado à TSF.

A estação nota que o Orçamento de Estado para 2017 (OE 2017) prevê que o Parlamento gaste, no total, 153,1 milhões de euros em subvenções aos partidos. Em 2016, esse valor ficou-se pelos 90,6 milhões.

Este aumento justifica-se com o fim dos cortes ao financiamento dos partidos e das campanhas eleitorais que está previsto no OE 2017, apresentado pelo governo do PS no Parlamento, e pelo “acréscimo de 60 milhões de euros” que são destinados especificamente à campanha para as eleições autárquicas.

Trata-se de um aumento de 21 milhões de euros, ou seja 54%, face ao último ano em que houve eleições autárquicas, em 2013, conforme nota a TSF.

Nesse ano, o Estado gastou 38,8 milhões de euros, conforme nota enviada pelo gabinete do secretário-geral da Assembleia da República à rádio.

Este aumento nos valores pode contudo, ainda ser travado se os projectos de lei que PSD e Bloco de Esquerda vão levar a votação no Parlamento, no próximo dia 27 de Outubro, forem aprovados.

O PSD recuou e depois de ter defendido o fim da austeridade também para os partidos, vai apresentar uma proposta com vista a tornar os cortes de 20% nas subvenções públicas definitivos.

A proposta do BE aumenta o valor da redução para os 25%.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Para estes há sempre dinheiro para gastar. O NOSSO DINHEIRO.
    Dinheiro de quem trabalhou, descontou uma vida e não tem nada.
    Gente que trabalhou, descontou, ficou desempregada e NUNCA recebeu um tostao do estado, nem subsidio de desemprego. Gente que tem de viver com os pais porque não tem apoio do estado. gente que não consegue trabalho porque é “velho”.
    Onde anda o nosso dinheiro. Aquele que fomos obrigados a dar aos cofres de alguns e que não há para quem precisa e tem de viver com o apoio de quem tem reformas miseráveis. É UMA VERGONHA.

    • Tenha paciência.
      Irrita-me sempre ver pessoas desbobinarem mentiras. Seja verdadeira!
      Trabalhou, descontou e não teve direito a sub. Desemprego? Não brinque comigo, pois algo se passou. Ou descontou menos tempo do que o minimo para ter acesso ao sub. Desemprego, ou foi despedida ( o subsidio é atribuido a desempregados involuntários, não sei se sabe o que quer dizer “involuntário” ). É mentira, e afirmo com todas as letras MENTIRA, que não tenha tido direito ao subsidio, se cumpriu os requisitos legais exigidos, entre eles, e são os principais, os basicos, os que mencionei antes.
      O minimo são 180 dias de descontos nos ultimos 2 anos, agora, se só descontou durante 180 dias ( 6 meses) em 3 anos, quer o quê? Ou se, em 2 anos, lhe aparecem descontos relativos a 3/4/5 meses quer o quê? Ou se foi despedida por justa causa, quer o quê? Ou se lhe fizeram um contrato de 3 meses e depois a despediram ( nao tendo registo de mais descontos anteriores num espaço de 2anos) queria o quê?
      Haja paciência.

  2. É mais do mesmo.
    Não tem vergonha, já que a consideração pelo cidadão nunca foi assumida de forma concreta, ou seja livre de interesses pontuais.
    Para os partidos e para os políticos, as crises passam ao lado.
    O ZÉ paga, mais uma taxa, mais um imposto, mais um corte nos serviços que deviam estar AO SERVIÇO DO POVO como determina a Constituição.
    É curioso que os políticos e o tribunal constitucional “órgão”que devia ser fiscalizador no cumprimento da dita Constituição,mantém-se em silêncio.
    “saúde, educação, habitação, etc” silêncio que o fado é outro.
    Pessoalmente, já não sei nem entendo nada.

RESPONDER

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …

Covid-19. México investiga mercado negro de atestados de óbito falsos

As autoridades da Cidade do México anunciaram que estão a investigar um suposto mercado negro de atestados de óbito relacionado com a covid-19, no dia em que o país registou 625 mortes nas últimas 24 …

Astrónomos descobrem "réplica" do Sol e da Terra a três mil anos-luz

O que diferencia esta descoberta de outros exoplanetas parecidos com a Terra é que a sua estrela tem uma semelhança impressionante com o nosso Sol. Entre os dados da missão Kepler, uma equipa de investigadores identificou …

Sem romarias e festas, milhares de famílias estão a entrar em falência

Milhares de famílias cujo rendimento depende das romarias e festas populares estão a atravessar sérias dificuldades económicas. Os prejuízos ultrapassam os 50 milhões de euros. A suspensão das festas populares e romarias religiosas em todo o …

Corpo de Maria Velho da Costa ficou 11 dias na morgue. Filho critica MP e fala em "massacre psicológico"

Os restos mortais da escritora Maria Velho da Costa, que faleceu a 23 de Maio, ficaram no Instituto de Medicina Legal, em Lisboa, durante 11 dias, sem que a família tivesse conhecimento de que já …

"Vocês são uns ingratos". Vieira arrasa equipa após empate com o Tondela

Luís Filipe Vieira foi ao balneário falar com os jogadores após o empate com o Tondela. O presidente benfiquista mostrou-se irritado e acusou os futebolistas de ingratidão. Depois do empate do SL Benfica com o CD …

Costa tirou o tapete ao seu "super-ministro" (que é cada vez mais candidato a líder do PS)

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, já foi um peso-pesado do Governo de António Costa, mas o primeiro-ministro desautorizou-o na discussão sobre o futuro da TAP, num claro sinal de que a "lua-de-mel" entre os …

Há dois candidatos na calha para suceder a Centeno. Siza Vieira fora da corrida

Pedro Siza Vieira era apontado como o favorito a suceder a Mário Centeno na pasta das Finanças, mas recusou essa possibilidade. Nelson de Souza e João Leão são agora os dois principais candidatos. Com a saída …