Autárquicas podem custar 21 milhões a mais aos cofres públicos

Mário Cruz / Lusa

O secretário-geral do PS, António Costa, acompanhado por Capoulas Santos, participa num comício em Évora, no âmbito da pré-campanha eleitoral

O Orçamento do Estado para 2017 prevê uma despesa global de 153,1 milhões de euros com os apoios públicos aos partidos. Desse montante, 60 milhões vão pagar a campanha das eleições autárquicas, o que representa um aumento de 54% face ao anterior acto eleitoral.

A secretaria-geral da Assembleia da República, que é responsável pelo pagamento das chamadas subvenções aos partidos, assume o aumento num esclarecimento enviado à TSF.

A estação nota que o Orçamento de Estado para 2017 (OE 2017) prevê que o Parlamento gaste, no total, 153,1 milhões de euros em subvenções aos partidos. Em 2016, esse valor ficou-se pelos 90,6 milhões.

Este aumento justifica-se com o fim dos cortes ao financiamento dos partidos e das campanhas eleitorais que está previsto no OE 2017, apresentado pelo governo do PS no Parlamento, e pelo “acréscimo de 60 milhões de euros” que são destinados especificamente à campanha para as eleições autárquicas.

Trata-se de um aumento de 21 milhões de euros, ou seja 54%, face ao último ano em que houve eleições autárquicas, em 2013, conforme nota a TSF.

Nesse ano, o Estado gastou 38,8 milhões de euros, conforme nota enviada pelo gabinete do secretário-geral da Assembleia da República à rádio.

Este aumento nos valores pode contudo, ainda ser travado se os projectos de lei que PSD e Bloco de Esquerda vão levar a votação no Parlamento, no próximo dia 27 de Outubro, forem aprovados.

O PSD recuou e depois de ter defendido o fim da austeridade também para os partidos, vai apresentar uma proposta com vista a tornar os cortes de 20% nas subvenções públicas definitivos.

A proposta do BE aumenta o valor da redução para os 25%.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Para estes há sempre dinheiro para gastar. O NOSSO DINHEIRO.
    Dinheiro de quem trabalhou, descontou uma vida e não tem nada.
    Gente que trabalhou, descontou, ficou desempregada e NUNCA recebeu um tostao do estado, nem subsidio de desemprego. Gente que tem de viver com os pais porque não tem apoio do estado. gente que não consegue trabalho porque é “velho”.
    Onde anda o nosso dinheiro. Aquele que fomos obrigados a dar aos cofres de alguns e que não há para quem precisa e tem de viver com o apoio de quem tem reformas miseráveis. É UMA VERGONHA.

    • Tenha paciência.
      Irrita-me sempre ver pessoas desbobinarem mentiras. Seja verdadeira!
      Trabalhou, descontou e não teve direito a sub. Desemprego? Não brinque comigo, pois algo se passou. Ou descontou menos tempo do que o minimo para ter acesso ao sub. Desemprego, ou foi despedida ( o subsidio é atribuido a desempregados involuntários, não sei se sabe o que quer dizer “involuntário” ). É mentira, e afirmo com todas as letras MENTIRA, que não tenha tido direito ao subsidio, se cumpriu os requisitos legais exigidos, entre eles, e são os principais, os basicos, os que mencionei antes.
      O minimo são 180 dias de descontos nos ultimos 2 anos, agora, se só descontou durante 180 dias ( 6 meses) em 3 anos, quer o quê? Ou se, em 2 anos, lhe aparecem descontos relativos a 3/4/5 meses quer o quê? Ou se foi despedida por justa causa, quer o quê? Ou se lhe fizeram um contrato de 3 meses e depois a despediram ( nao tendo registo de mais descontos anteriores num espaço de 2anos) queria o quê?
      Haja paciência.

  2. É mais do mesmo.
    Não tem vergonha, já que a consideração pelo cidadão nunca foi assumida de forma concreta, ou seja livre de interesses pontuais.
    Para os partidos e para os políticos, as crises passam ao lado.
    O ZÉ paga, mais uma taxa, mais um imposto, mais um corte nos serviços que deviam estar AO SERVIÇO DO POVO como determina a Constituição.
    É curioso que os políticos e o tribunal constitucional “órgão”que devia ser fiscalizador no cumprimento da dita Constituição,mantém-se em silêncio.
    “saúde, educação, habitação, etc” silêncio que o fado é outro.
    Pessoalmente, já não sei nem entendo nada.

RESPONDER

EUA. Mulher é detida após tentar construir uma bomba numa loja da Walmart

Uma norte-americana foi detida numa loja da Walmart, na Florida, Estados Unidos (EUA), após tentar construir uma bomba dentro do estabelecimento comercial. A mulher, que tinha uma criança consigo, foi identificada pelo segurança quando andava sem …

Simeone reitera confiança em João Félix. "Acreditamos totalmente nele"

O técnico do Atlético de Madrid, Diego Simeone, voltou a falar de João Félix esta sexta-feira, reiterando toda a confiança no avançado de 20 anos. "A Supertaça foi mais um passo de experiência para um rapaz …

Ensino Superior com mais concursos para professores em 2019

As instituições de Ensino Superior abriram, em 2019, mais 948 concursos para a carreira docente do que em 2018, anunciou, esta quinta-feira, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. De acordo com uma nota do …

Paulo Gonçalves. Seguradoras atrasam autópsia e trasladação do corpo para Portugal

Paulo Gonçalves faleceu no domingo, aos 40 anos, na sequência de uma queda sofrida ao quilómetro 273 da sétima de 12 etapas do Rali Dakar. Exigências das seguradoras quanto a despistes toxicológicos ao corpo de Paulo …

Estivadores vão fazer greve em Setúbal e ameaçam fazer o mesmo em Lisboa

O Sindicato dos Estivadores e Atividade Logística (SEAL) revelou esta sexta-feira que vai entregar já na segunda-feira um pré-aviso de greve no Porto de Setúbal e ameaça fazer o mesmo no Porto de Lisboa. “Os trabalhadores …

Segundo maior diamante transforma-se em joias Louis Vuitton

Depois de cortado e polido, o segundo maior diamante da história será transformado numa coleção de joias da Louis Vuitton. A Lucara Diamond encontrou o diamante Sewelo, de 1.758 quilates, na sua mina do Botswana, no …

Filho do presidente da Câmara de Pedrógão Grande "sem memória" no caso da reconstrução de casas

O adjunto do presidente da Câmara de Pedrógão Grande, Telmo Alves, que também é filho do autarca, disse em Tribunal que desconhece o processo de reconstrução das casas ardidas no incêndio no concelho, em 2017, …

Joacine não está inscrita no congresso do Livre

De acordo com o semanário Expresso, a deputada única do Livre não se inscreveu na reunião magna do partido, que se realiza este fim de semana, em Lisboa. A deputada do Livre, Joacine Katar Moreira, e …

"Há condições para avançar" com o alargamento da ADSE

"Há condições para avançar" com o alargamento da ADSE aos contratos individuais do Estado e aos precários regularizados no PREVPAP, disse Alexandra Leitão, esta sexta-feira, no Parlamento. A ministra da Modernização do Estado e da Administração …

Países "lutam" por fundos europeus para neutralizar emissões de carbono

Um novo fundo de 100 mil milhões destinado a neutralizar as emissões de dióxido de carbono na Europa até 2050 está em disputa por vários países. A Comissão Europeia quer implementar um fundo de 100 mil …