Carros eléctricos têm que fazer barulho a partir de 1 de Julho

Uma das vantagens dos automóveis eléctricos é serem mais silenciosos que os carros com motores a combustão. Mas a partir de 1 de Julho a União Europeia vai exigir que façam algum barulho, para efeitos de segurança — para alertarem peões e ciclistas.

Para desagrado dos fãs do silêncio absoluto, as autoridades rodoviárias europeias consideraram que veículos demasiado silenciosos podem ser um risco de segurança para peões e ciclistas, que podem não se aperceber de ter um automóvel eléctrico a aproximar-se de si.

Por isso, a partir do próximo dia 1 de Julho, todos os novos automóveis eléctricos que circulem a velocidades de até 20 km/h terão que gerar e emitir um ruído artificial que simule o ruído tradicional dos motores de combustão.

Esse barulho terá que ser de pelo menos 56 dB, um valor bastante modesto, considerando que o nível sonoro de uma conversa normal ronda os 60 dB, e muito inferior ao nível de ruído de um automóvel convencional, que costuma andar pelos 75dB – um valor cerca de quatro vezes superior, uma vez que a escala de decibéis é logarítmica, em que a cada 10dB tem o dobro do nível sonoro anterior.

O som emitido pelos veículos electricos tem também que aumentar e reduzir em função da aceleração / desaceleração, e obviamente implica o fim dos botões para silenciar o som, que existem actualmente nalguns modelos equipados com estes sons artificiais.

No entanto, não é de esperar ver mudanças já no próximo mês. A medida só se aplica a novos modelos que sejam colocados no mercado a partir de 1 de Julho, sendo que só a partir de 2021 é que terá que ser cumprida por todos os modelos que estejam a ser vendidos.

PARTILHAR

21 COMENTÁRIOS

  1. Uma observação a este artigo. Onde diz “…em que a cada 10dB tem o dobro do nível sonoro anterior…” deveria dizer “…em que a cada 3dB tem o dobro do nível sonoro anterior…”. Com efeito, se eu tiver por exemplo duas fontes de 50dB, o nível sonoro total será de 53dB. Para obter um nível sonoro global de 60dB com base em fontes com o mesmo nível sonoro de 50dB, necessitaria de 10 fontes.

    • Lamento, mas no que toca a som, os dB não são uma unidade ‘pacífica’.
      “duplicar/dobrar” pode ser +3, +6 ou +10 dB’s, dependendo de a que coisa se referem (pressão acústica, potência, nível do som, ‘loudness’).
      Portanto, a afirmação “a cada 10dB tem o dobro do nível sonoro anterior” pode estar correcta; carece de maior detalhe técnico para poder sabê-lo.

      http://www.sengpielaudio.com/calculator-levelchange.htm

  2. Uma bicicleta não faz ruído, porque raio os carros tem de fazer !!!
    Poderíamos alcançar uma cidade mais silenciosa e obrigamos os carros a fazer barulho, tudo porque o peão não sabe andar na calçada ou olhar para o lado quando atravessa a estrada, algo que eu ensino o meus filhos a fazer a partir do momento em que andam pelo seu pé.

      • Sim, mas os carros circulam na estrada, não no passeio.
        Se um carro se despista e vai ao passeio, o ruído não te vai servir de nada.
        Se um peão vai a passear na estrada, então vai no sitio errado.
        O colocar ruído em vez de ensinar os peões, parece estupidez.
        A menos que eu esteja a perder alguma coisa não vejo motivos que justifiquem o ruído nos carros.

        O único que me ocorre seria para os cegos, mas em conversa com um, a sua resposta foi que eles, dentro do possível, procuram as passadeiras com sinais luminosos, logo essas sim deviam todas ter o ruído de alerta de verde.

        • O ser humano tem 6 sentidos e por alguma razão será. Qualquer um dos 6 tem uma base que serve de referencia, neste caso o ruído generalizado dos motores a combustão é um deles, tirando isso a probabilidade de acidente aumenta.

          • Não me consta que o “sexto sentido” seja reconhecido pela ciência.
            E pelo que tenho lido, eventualmente teremos 7 sentidos: os 5 clássicos mais o vestibular e o equilíbrio.
            Em que ficamos?
            😉

            • O sexto sentido é o da estupidez, que é reconhecido por todos.
              Digo eu,(sem qualquer base cientifica ,claro),!

          • O olfato também é um dos sentidos, deveria a Europa obrigar também aos eléctricos a produzirem odores que simulem o fumo de combustão?

        • Para além do mais, os ciclista circulam pela estrada e os peões atravessam-na.
          A ausência de ruído aumenta – e muito – a probabilidade de acidentes!

  3. Zap: “a escala de decibéis é logarítmica exponencial”

    É só logarítmica, “esponencial” está a mais.
    Por definição, o logaritmo é a operação inversa da exponencial, portanto não pode ser as duas coisas.

  4. Tem que obrigar então os peões a deixarem de usar telemóveis, música nos fones de ouvidos. Eu a sonhar com camiões silenciosos elétricos no futuro, agora vão forçar os silenciosos a serem ruidosos. Que tal forçar os fabricantes de cigarrilhas electrónicas a produzirem odor de tabaco para que os que não fumem saibam que há fumantes por perto??? Santa paciência…

    • “Tem que obrigar então os peões a deixarem de usar telemóveis, música nos fones de ouvidos”

      Nem mais. De resto, está previsto no código, só que ninguém salbe (ou sequer liga para isso).

      Tal como a prioridade dos peões: só a têm quando JÁ ESTÃO na passadeira. Quando vão atravessar, o código obriga a que “tomem as devidas precauções”. O que vemos todos os dias? Os peões que se ‘atiram’ para a passadeira, sem olhar, com fones, telemóvel e o que mais houver.
      E são os mesmos que, 5 minutos mais tarde, quando se sentarem ao volante, vão insultar em voz alta os peões que lhes fazem o mesmo.

      É “só” um problema de educação e civismo. Todos têm direistos; esquecemo-nos sistematicamente que para termo direitos, primeiro temos que ter – respeitar – deveres!
      Digam o que disserem, falta a matéria “educação cívica” nas escolas. Infelizmente não nasce connosco, não se aprende automaticamente nem sozinhos e muito menos pelo exemplo, dado que de exemplos, já “de cima” só vêm maus.

  5. Também terão de emitir gases poluentes com cheiro intenso para ajudar as pessoas a detectar pelo olfacto a presença dos carros, e para não sentirem o ar puro atingir os pulmões com tanta agressividade 😀

RESPONDER

Astrónomos captam pela primeira vez uma lua a formar-se em redor de um exoplaneta bebé

Recorrendo ao ALMA, os astrónomos fizeram as primeiras observações de um disco circumplanetário, a cintura planetária de poeira e gás que os astrónomos fortemente teorizam controlar a formação de planetas e que dá origem a …

Afinal, a descoberta de galáxias sem matéria escura não terá passado de um erro humano

O mistério aumentou no início do ano com a descoberta do que parecia provar a existência de galáxias antigas "impossíveis", uma vez que, aparentemente, não tinham nenhuma matéria escura. No modelo atual da formação de galáxias, …

DiCaprio explica como reverter a crise climática

Ice on Fire é um documentário HBO produzido e narrado pelo ator norte-americano Leonardo DiCaprio que retrata a atual crise climática. A grande produção foi discutida esta segunda-feira em Lisboa, onde se falou do contexto …

Descoberto fóssil de macaco que viveu há 4,2 milhões de anos no Quénia

Uma equipa internacional de investigadores descobriu restos fósseis de um pequeno macaco que viveu no Quénia há 4,2 milhões de anos. Os responsáveis pela investigação, que será publicada na revista Journal of Human Evolution, são cientistas …

Air France acusada de negligência no desastre do voo Rio de Janeiro-Paris

A justiça francesa acusou a Air France de negligência, na sequência da investigação ao acidente aéreo do voo Rio de Janeiro-Paris, que causou 228 mortos em 2009, confirmou esta quarta-feira a AFP. O Ministério Público considerou …

Governo "está preparado” para eventual greve dos camionistas

O ministro do Trabalho, Vieira da Silva, disse esta quarta-feira que “não perdeu as esperanças no esforço de conversação” com os representantes dos camionistas, mas garantiu que “o Governo está preparado para o que vier …

Carga misteriosa e contradições nos passageiros. Revelados novos dados sobre o MH370

A França é o único país que continua a investigar o desaparecimento do voo MH370 da Malaysia Airlines em Março de 2014. E emergem novos dados sobre o que apuraram os magistrados envolvidos no caso, …

Foi avistada uma alforreca gigante no Reino Unido

A alforreca gigante, a maior alguma vez encontrada em águas britânicas, foi avistada na Cornualha, no Reino Unido, no sábado, por uma bióloga e repórter da BBC. Segundo o Washington Post, a criatura foi avistada, no …

Montepio condenado a ressarcir cliente que culpou de ataque informático

O Tribunal da Relação de Guimarães condenou o banco Montepio a pagar a uma cliente de Barcelos os 28.596 euros que em quatro dias foram retirados da sua conta, na sequência de ataque informático. Por acórdão …

Crew Dragon. Já se sabe o que causou a misteriosa explosão da nave da SpaceX

A NASA e a SpaceX explicaram, finalmente, o motivo da explosão da nave espacial Crew Dragon. Apesar de terem sido divulgadas imagens da explosão, nenhuma das agências explicou as razões do desastre. As imagens da nave …