Autónomos da Mercedes vão salvar os condutores (e sacrificar os peões)

As tecnologias de condução autónoma – aquelas que dispensam condutor – ainda levantam muitas dúvidas. Um dos principais pontos debatidos é o dilema moral e ético em que numa situação de previsão de acidente onde é possível salvar o condutor e atropelar pedestres, ou vice-versa, o automóvel tem que tomar uma decisão. Qual é a decisão correta?

O dilema moral de ter que decidir quem matar (ou deixar morrer) em caso de acidente é uma questão que tem vindo a ser abordada relativamente aos automóveis autónomos. Um estudo recente do MIT mostra que nem sequer as pessoas conseguem responder.

Enquanto muitas empresas e profissionais tentam chegar a um consenso sobre qual deve ser o padrão adoptado pela indústria, a Mercedez-Bens já tomou o partido de um dos lados: o do condutor.

A construtora diz que os seus automóveis serão programados para salvar o condutor e os ocupantes da viatura, mesmo que isso signifique sacrificar quem está do lado de fora.

Essa escolha é feita na altura de programar os algoritmos do automóvel sem condutor e, apesar de parecer algo insensível, mostra-nos que a forma como os automóveis e, por extensão, seus engenheiros pensam é diferente do que a maioria das pessoas imagina.

“Se você pode salvar ao menos uma pessoa, salve-a. Salve a que está no automóvel“, simplificou Christoph von Hugo, director de segurança dos automóveis autónomos da Mercedes.

“Se a nossa única certeza é que uma morte pode ser evitada, então essa é a sua prioridade”, diz von Hugo.

O debate é todo ele bastante confuso – e o dilema moral aprofunda-se ainda mais quando consideramos que os automóveis autónomos podem salvar milhões de vidas, que teriam sido tiradas por condutores humanos descuidados (e/ou bêbados).

Para o executivo alemão, este é apenas mais um ponto a favor da decisão, uma vez que os problemas éticos podem ser largamente compensados pelo facto de que os automóveis são melhores condutores do que a maioria da população comum.

Von Hugo diz ainda que, mesmo que o automóvel opttasse por sacrificar os seus ocupantes, isso não garantiria que as pessoas do lado de fora do automóvel fossem afetadas.

“Essa questão moral sobre quem salvar: 99% do nosso trabalho de engenharia é evitar que situações como essa aconteçam”, completou Hugo.

De qualquer forma, quando no futuro vir um automóvel autónomo da Mercedes a aproximar-se de si, a melhor decisão é mesmo sair da frente.

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Ainda falta muito mas mesmo muito para ver estas tecnologias nas ruas. Além de ser completamente inseguro, vai pôr muita gente em perigo e depois também temos os hackers que podem adulterar o software do carro para fazer algum tipo de maldade. A meu ver se uma estrada estivesse inundada, um carro desses ia por água dentro, a não ser que se transforme num submarino do portas. lol

  2. Tomaram essa decisão porque se fosse para matar os ocupantes do veiculo, niguem iria comprar um…qual era a logica de comprar um carro que supostamente em caso de acidente grave poderia matar o dono do automovel e os ocupantes??

    – a Mercedes é tudo menos estupida, estupidos sao aqueles que compram Mercedes.

  3. Mais estupido é alguém acreditar que os carros vão matar pessoas. Vai levar anos e inumeros testes por parte das entidades oficiais para aprovar a condução autonóma, como podem acreditar que a Mercedes já decidiu isto assim. É ridiculo.

  4. mesmo assim deve ser mais seguros que condutores bêbados ou distraídos com telemóveis ou com excesso de horas a conduzir e falta de sono etc
    essa questão apenas se vai colocar em situações extremas e quando todos os carros forem autónomos a segurança vai aumentar
    o problema vai ser conciliar na mesma estrada carros autónomos e condutores normais

RESPONDER

Forças armadas alemãs ponderaram recrutar estrangeiros (mas ninguém se quis juntar)

As forças armadas da Alemanha estão a lutar para atrair recrutas muito necessárias, com o número de novos soldados no Bundeswehr a cair para um recorde no ano passado. A escassez é um desafio urgente para …

FC Porto vs Vitória Setúbal | Superioridade total do dragão

O FC Porto não vacilou e regressou às vitórias na Liga NOS. Na recepção ao Vitória de Setúbal, os “dragões” venceram por 2-0, num jogo que esteve longe de ser espectacular e que valeu pela …

Os portugueses dormem pouco e mal

Os portugueses estão a descansar poucas horas, dormindo em média menos de seis horas diárias, com reflexos negativos na vida ativa e social, disse esta sexta-feira o presidente da Associação Portuguesa do Sono (APS), Joaquim …

Vaticano destitui ex-cardeal dos Estados Unidos por acusações de abusos sexuais

A Congregação para a Doutrina da Fé expulsou do sacerdócio o ex-cardeal e arcebispo emérito de Washington Theodore McCarrick depois de este ser acusado de abusos sexuais de menores e seminaristas, anunciou o Vaticano. Num comunicado, …

Maré de água suja atingiu a já debilitada Grande Barreira de Coral

Um enorme manto de água poluída oriunda das recentes inundações que se registaram no nordeste da Austrália penetrou em partes da já debilitada Grande Barreira de Coral, o maior recife de coral do mundo. Estas camadas …

É oficial: Pedro Marques é o cabeça-de-lista socialista às europeias

O atual ministro do Planeamento e das Infra-estruturas, Pedro Marques, é o cabeça de lista dos socialistas às eleições europeias. Era uma notícia já avançada por vários órgãos de comunicação social e hoje António Costa confirmou-a. …

Governo espanhol aprova ordem de exumação de Franco

O Governo espanhol aprovou a ordem para exumar o ditador Francisco Franco do seu atual lugar de enterro, o monumento do Vale dos Caídos, medida à qual a família ainda se opõe. Os familiares de Franco …

Sonda da NASA aperta órbita em preparação para a missão Marte 2020

A missão MAVEN (Mars Atmosphere and Volatile Evolution) da agência espacial norte-americana, já com 4 anos, está a embarcar numa nova campanha para apertar a sua órbita em torno de Marte. A operação vai reduzir …

Trump precisa de oito milhões de dólares para o muro e a Casa Branca explica onde os vai buscar

A Casa Branca identificou esta sexta-feira os fundos federais que serão utilizados pela administração de Donald Trump para conseguir financiar a construção do muro na fronteira com o México. O Presidente norte-americano declarou esta sexta-feira estado …

Desativação de bomba da II Guerra Mundial paralisa e evacua Paris

Mais de mil moradores e trabalhadores evacuados, comboios urbanos, nacionais e internacionais cancelados, estradas fechadas, rotas de autocarro desviadas e pelo menos uma estação de metro encerrada em Paris. Também o bairro de porte de La …