ECCO contrata 300, com prioridade para jovens

ECCO Shoes

-

A fábrica que a marca dinamarquesa de calçado ECCO tem em Portugal vai contratar 300 trabalhadores e o diretor-geral dessa unidade, instalada no concelho da Feira, anuncia que será dada prioridade “à geração mais jovem”.

Em declarações à Lusa, Gustavo Kremer afirma que aos atuais 861 colaboradores da fábrica de S. João de Ver se juntarão assim cerca de 300 novos funcionários “maioritariamente operadores, mas também quadros técnicos e de apoio à produção”.

A seleção de candidatos verificar-se-á “sem nunca descurar o recrutamento de pessoas com experiência, que serão sempre uma mais-valia para a empresa”, mas o diretor-geral da fábrica revela que, “tendo em conta a situação atual do país, com uma elevada taxa de desemprego jovem, a ECCO quer dar a oportunidade à geração mais nova”.

gustavo-frederico-kremer / Linkedin

Gustavo Kremer, director geral da ECCO

Gustavo Kremer, director geral da ECCO

Reconhecendo que, em 2009, a fábrica procedeu ao despedimento coletivo de 177 trabalhadores, Gustavo Kremer explica que, neste momento, a empresa está mais concentrada em “recrutar as pessoas certas para os lugares certos”.

O objetivo é dar continuidade a uma série de iniciativas que a unidade “está a levar a cabo por forma a garantir a competitividade dos sapatos produzidos em Portugal”. Sem entrar em detalhes técnicos, o mesmo responsável adianta que “15 milhões de euros é o valor global estimado para o projeto de renovação e ampliação das instalações da fábrica”, que pretende proporcionar melhores condições de trabalho ao pessoal da casa.

“A unidade de Portugal é responsável pela produção de amostras e protótipos de todas as coleções ECCO e pelas Edições Especiais, assim como por produtos de elevado nível de exigência e complexidade”, realça Gustavo Kremer.

“É extremamente importante estar perto dos mercados e a ECCO em Portugal é muito flexível, tem trabalhadores altamente especializados, ancorados com competências na arte do fabrico de sapatos”, acrescenta.

John Phelan / Wikimedia

-

Atualmente, os produtos da marca sueca são comercializados em 87 países, sendo que os seus principais mercados são os Estados Unidos da América, a China e a Rússia.

No ano passado, o volume global de negócios do grupo foi de 1.131 milhões de euros e a estratégia passa agora por dar continuidade a esse crescimento sustentado, com Gustavo Kremer a prever que, em 2014, a faturação e o lucro “sejam superiores aos alcançados em 2013”.

Mais do que crescer em volume, contudo, Gustavo Kremer quer crescer em valor. “A visão do Grupo ECCO é ser a melhor empresa de calçado do mundo e não a maior”, justifica.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

    • Cara MIA,
      Tem toda a razão, obrigado pelo seu reparo. Apesar de a informação que temos da Lusa nos indicar que a empresa é sueca, uma pesquisa rápida confirma que é na realidade dinamarquesa. Corrigido.

Responder a ZAP Cancelar resposta

"Os números falam por si". Fauci critica reação dos Estados Unidos à pandemia e politização das máscaras

O principal epidemiologista norte-americano, Anthony Fauci, criticou a política errática do Governo do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em relação à covid-19, e lamentou o escasso uso de máscaras devido a motivações políticas. Durante uma …

Turistas podem circular entre concelhos apesar das restrições

Apenas os turistas estão autorizados a circular entre concelhos, apesar das restrições que vigoram entre 30 de outubro e 3 de novembro, indicou a AHRESP, citando um esclarecimento do Executivo. Segundo o esclarecimento enviado pelo gabinete …

É preciso esforço grande agora para salvar o Natal, alerta Santos Silva

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse esta quarta-feira ser necessário “um esforço muito grande” para travar a propagação do coronavírus ” para salvar o Natal” das famílias dos cerca de 5 milhões …

"É uma treta". Ronaldo publica (e depois apaga) crítica a teste à covid-19

O futebolista Cristiano Ronaldo, capitão da seleção portuguesa, modificou a publicação efetuada esta quinta-feira no Instagram, tendo retirado a frase “PCR é uma treta”, em referência ao teste de despiste à presença do novo coronavírus. Um …

PSD confiante em geringonça, mas Ventura lembra que não tem "duas caras". Carlos César quer PS no poder

Com a solução governativa dos Açores em aberto, André Ventura já disse que está fora de questão integrar uma geringonça com "partidos do sistema", mas admite viabilizar um Governo do PSD na região com algumas …

Lage rasga elogios a João Félix. "Vai ser uma das referências do futebol europeu e mundial"

O antigo técnico do Benfica Bruno Lage teceu rasgados elogios ao internacional português João Félix, que esta terça-feira somou dois golos e fez uma boa exibição no jogo do Atlético de Madrid frente ao RB …

"Sentimo-nos em Itália". Médicos do Tâmega e Sousa contradizem hospital e reiteram situação de rutura

Médicos do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) ouvidos pelo semanário Expresso reiteram que os hospitais que integram o centro, o de Penafiel e o de Amarante, se encontram perto da rutura, contradizendo a …

Vieira reeleito em votação histórica para o sexto (e último) mandato

O presidente do Benfica esta quarta-feira eleito para um sexto mandato, manifestou "orgulho" por vencer o ato eleitoral mais concorrido da história do clube e apelou a que os benfiquistas "respeitem os resultados" do escrutínio. "Vencer …

Bélgica anuncia confinamento parcial. Ministro visita hospital e mostra-se "chocado" com o que viu

O chefe do governo federal na Bélgica anunciou ontem novas medidas de confinamento que entraram em vigor à meia-noite em todo o território. Em causa está uma crescente preocupação com o aumento de infetados que, …

O caso mais antigo de osteopetrose foi descoberto no esqueleto de um homem da Idade do Ferro

Uma equipa de cientistas alemães descobriu o caso mais antigo conhecido de osteopetrose, ou doença dos "ossos da pedra", nos restos mortais de um homem de 20 anos da Idade do Ferro. A osteopetrose é uma …