ECCO contrata 300, com prioridade para jovens

ECCO Shoes

-

A fábrica que a marca dinamarquesa de calçado ECCO tem em Portugal vai contratar 300 trabalhadores e o diretor-geral dessa unidade, instalada no concelho da Feira, anuncia que será dada prioridade “à geração mais jovem”.

Em declarações à Lusa, Gustavo Kremer afirma que aos atuais 861 colaboradores da fábrica de S. João de Ver se juntarão assim cerca de 300 novos funcionários “maioritariamente operadores, mas também quadros técnicos e de apoio à produção”.

A seleção de candidatos verificar-se-á “sem nunca descurar o recrutamento de pessoas com experiência, que serão sempre uma mais-valia para a empresa”, mas o diretor-geral da fábrica revela que, “tendo em conta a situação atual do país, com uma elevada taxa de desemprego jovem, a ECCO quer dar a oportunidade à geração mais nova”.

gustavo-frederico-kremer / Linkedin

Gustavo Kremer, director geral da ECCO

Gustavo Kremer, director geral da ECCO

Reconhecendo que, em 2009, a fábrica procedeu ao despedimento coletivo de 177 trabalhadores, Gustavo Kremer explica que, neste momento, a empresa está mais concentrada em “recrutar as pessoas certas para os lugares certos”.

O objetivo é dar continuidade a uma série de iniciativas que a unidade “está a levar a cabo por forma a garantir a competitividade dos sapatos produzidos em Portugal”. Sem entrar em detalhes técnicos, o mesmo responsável adianta que “15 milhões de euros é o valor global estimado para o projeto de renovação e ampliação das instalações da fábrica”, que pretende proporcionar melhores condições de trabalho ao pessoal da casa.

“A unidade de Portugal é responsável pela produção de amostras e protótipos de todas as coleções ECCO e pelas Edições Especiais, assim como por produtos de elevado nível de exigência e complexidade”, realça Gustavo Kremer.

“É extremamente importante estar perto dos mercados e a ECCO em Portugal é muito flexível, tem trabalhadores altamente especializados, ancorados com competências na arte do fabrico de sapatos”, acrescenta.

John Phelan / Wikimedia

-

Atualmente, os produtos da marca sueca são comercializados em 87 países, sendo que os seus principais mercados são os Estados Unidos da América, a China e a Rússia.

No ano passado, o volume global de negócios do grupo foi de 1.131 milhões de euros e a estratégia passa agora por dar continuidade a esse crescimento sustentado, com Gustavo Kremer a prever que, em 2014, a faturação e o lucro “sejam superiores aos alcançados em 2013”.

Mais do que crescer em volume, contudo, Gustavo Kremer quer crescer em valor. “A visão do Grupo ECCO é ser a melhor empresa de calçado do mundo e não a maior”, justifica.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

    • Cara MIA,
      Tem toda a razão, obrigado pelo seu reparo. Apesar de a informação que temos da Lusa nos indicar que a empresa é sueca, uma pesquisa rápida confirma que é na realidade dinamarquesa. Corrigido.

RESPONDER

Governo tinha 90 milhões para apoiar criação de emprego (mas pedidos superaram os 487 milhões)

O programa do Governo para apoiar a criação de emprego, lançado em julho, tinha uma verba de 90 milhões de euros. Dois meses depois, a procura excedeu os 487,5 milhões. O jornal Público adiantou esta quinta-feira …

Metade dos portugueses acredita que Portugal está preparado para inverno (mas defende novo confinamento)

Uma sondagem da Aximage para o Jornal de Notícias e TSF revela que 47% dos portugueses defendem um novo confinamento, apesar de 50% acreditar que o país está melhor preparado para o inverno. De acordo …

Corona o melhor, Pizzi a perder bolas: as curiosidades da Liga

A I Liga 2020/2021 começa nesta sexta-feira, ainda com muitas incertezas. Entretanto, voltámos a espreitar o relatório 'Futebol em números', publicado no final de agosto pela própria Liga Portugal. Desta vez deixámos aqui algumas curiosidades …

Investigadores escrevem carta na Science para pressionar o Governo a desistir do aeroporto do Montijo

Investigadores portugueses acusam o governo português de ir contra os objetivos do Pacto Ecológico Europeu ao persistir na construção do aeroporto no Montijo, apontando sobretudo o efeito destrutivo em centenas de milhares de aves no …

Aos 20 anos, Duplantis bate mítico recorde do mundo de salto com vara

O saltador com vara sueco Armand Duplantis continua a fazer história e esta quinta-feira, no decorrer do 'meeting' de Roma, da Liga Diamante, conseguiu o melhor salto de sempre ao ar livre, com 6,15 metros. O …

PSD vai votar contra propostas para legalizar o lobbying

O PSD vai votar contra a legalização do lobbying. Os sociais-democratas defendem que as regras criam um maior afastamento entre cidadãos e entidades públicas e políticas. CDS, PAN e PS querem discutir propostas para legalizar o …

Feitiço vira-se contra o feiticeiro. Flamengo é humilhado na Libertadores

O Flamengo sofreu a mais pesada derrota do clube na Taça Libertadores, após ter sido goleado por 5-0 pelos equatorianos do Independiente del Valle. Depois da eliminação do SL Benfica da Liga dos Campeões, às mãos …

Governo sabia do amianto em carruagens compradas à Renfe. É de fácil remoção, diz ministro

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, disse esta quinta-feira que o Governo sabia que carruagens compradas à espanhola Renfe contêm amianto, mas que é de fácil remoção e voltou a considerar …

PJ pediu ajuda à Doyen para identificar Rui Pinto. Aníbal Pinto diz-se "chocado"

Em mais uma sessão do julgamento de Rui Pinto, esta quinta-feira, o investigador da Polícia Judiciária (PJ) José Amador admitiu ter contactado um advogado da Doyen para que o fundo de investimento acelerasse uma investigação …

Gareth Bale está de regresso ao Tottenham

O extremo galês Gareth Bale regressa ao Tottenham num empréstimo válido por uma temporada. Os Spurs também compraram Sergio Reguillon ao Real Madrid. Gareth Bale despediu-se na quinta-feira dos companheiros do Real Madrid, avança a imprensa …