ECCO contrata 300, com prioridade para jovens

ECCO Shoes

-

A fábrica que a marca dinamarquesa de calçado ECCO tem em Portugal vai contratar 300 trabalhadores e o diretor-geral dessa unidade, instalada no concelho da Feira, anuncia que será dada prioridade “à geração mais jovem”.

Em declarações à Lusa, Gustavo Kremer afirma que aos atuais 861 colaboradores da fábrica de S. João de Ver se juntarão assim cerca de 300 novos funcionários “maioritariamente operadores, mas também quadros técnicos e de apoio à produção”.

A seleção de candidatos verificar-se-á “sem nunca descurar o recrutamento de pessoas com experiência, que serão sempre uma mais-valia para a empresa”, mas o diretor-geral da fábrica revela que, “tendo em conta a situação atual do país, com uma elevada taxa de desemprego jovem, a ECCO quer dar a oportunidade à geração mais nova”.

gustavo-frederico-kremer / Linkedin

Gustavo Kremer, director geral da ECCO

Gustavo Kremer, director geral da ECCO

Reconhecendo que, em 2009, a fábrica procedeu ao despedimento coletivo de 177 trabalhadores, Gustavo Kremer explica que, neste momento, a empresa está mais concentrada em “recrutar as pessoas certas para os lugares certos”.

O objetivo é dar continuidade a uma série de iniciativas que a unidade “está a levar a cabo por forma a garantir a competitividade dos sapatos produzidos em Portugal”. Sem entrar em detalhes técnicos, o mesmo responsável adianta que “15 milhões de euros é o valor global estimado para o projeto de renovação e ampliação das instalações da fábrica”, que pretende proporcionar melhores condições de trabalho ao pessoal da casa.

“A unidade de Portugal é responsável pela produção de amostras e protótipos de todas as coleções ECCO e pelas Edições Especiais, assim como por produtos de elevado nível de exigência e complexidade”, realça Gustavo Kremer.

“É extremamente importante estar perto dos mercados e a ECCO em Portugal é muito flexível, tem trabalhadores altamente especializados, ancorados com competências na arte do fabrico de sapatos”, acrescenta.

John Phelan / Wikimedia

-

Atualmente, os produtos da marca sueca são comercializados em 87 países, sendo que os seus principais mercados são os Estados Unidos da América, a China e a Rússia.

No ano passado, o volume global de negócios do grupo foi de 1.131 milhões de euros e a estratégia passa agora por dar continuidade a esse crescimento sustentado, com Gustavo Kremer a prever que, em 2014, a faturação e o lucro “sejam superiores aos alcançados em 2013”.

Mais do que crescer em volume, contudo, Gustavo Kremer quer crescer em valor. “A visão do Grupo ECCO é ser a melhor empresa de calçado do mundo e não a maior”, justifica.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

    • Cara MIA,
      Tem toda a razão, obrigado pelo seu reparo. Apesar de a informação que temos da Lusa nos indicar que a empresa é sueca, uma pesquisa rápida confirma que é na realidade dinamarquesa. Corrigido.

RESPONDER

O maior avião do mundo vai ser uma plataforma de lançamento para veículos hipersónicos

A empresa que criou o maior avião do mundo, que apenas voou uma vez, encontrou uma nova funcionalidade para a aeronave: será usado como plataforma de lançamento para veículos hipersónicos, o que poderá revolucionar a …

Sondas da missão a Mercúrio vão passar pela Terra (e vão ser visíveis a olho nu)

A missão conjunta europeia e japonesa BepiColombo está a caminho de Mercúrio. Porém, para chegar lá, terá de passar novamente pela Terra. Este evento acontecerá em 10 de abril e as pessoas nas latitudes do sul …

Xiaomi lança máscara elétrica que carrega via USB

A pandemia de Covid-19 tem impulsionado o surgimento de alguns recursos melhorados para fazer face ao combate do novo coronavírus. É o caso da nova máscara de esterilização elétrica da Xiaomi, que carrega via USB. A …

Em paradeiro incerto, ministra da Guiné-Bissau diz correr perigo de vida

Ruth Monteiro, ministra da Justiça e dos Negócios Estrangeiros no Governo da Guiné-Bissau deposto no golpe do dia 27 de fevereiro, está em parte incerta e diz correr perigo de vida. De acordo com o semanário …

Ovelhas e bactérias estão a ajudar a combater o coronavírus

Anticorpos que podem ajudar a combater o SARS-CoV-2, o vírus que causa a covid-19, estão a ser testados em ovelhas. Estes podem ser usados para desenvolver testes de diagnóstico. O SARS-CoV-2, o vírus que causa a …

Marcelo sai uma vez por semana, usa máscara e luvas nas compras (e passa a Páscoa em Belém)

O Presidente da República afirmou este sábado que, para se proteger do surto de covid-19, só sai em trabalho uma vez semana, usa máscara nas compras e vai passar a Páscoa confinado no Palácio de …

A procura por sumo de laranja está a disparar (e a culpa é do coronavírus)

A procura por sumo de laranja tem disparado nos últimos tempos, muito devido à pandemia de covid-19. As pessoas querem reforçar o seu sistema imunitário. Já quase ninguém está indiferente à ameaça da pandemia de covid-19, …

Nove pessoas com covid-19 curadas após receberem plasma de doentes recuperados

Pelo menos nove pessoas internadas nos cuidados intensivos em Itália com covid-19 já foram curadas, depois de receberem plasma de pacientes recuperados. De acordo com o jornal italiano Corriere della Sera, os doentes receberam o plasma …

Grace tem seis anos e pode ser a autora mais nova de sempre de um artigo científico

Uma menina de seis anos, que vive na Austrália, pode ser a autora mais nova de sempre a ter um artigo científico publicado numa revista da especialidade. Grace Fulton tem uma enorme paixão por animais e, …

Geco encheu Lisboa com autocolantes (e a polícia de Roma está a pedir ajuda para o encontrar)

A polícia de Roma está a pedir ajuda à Associação Vizinhos de Lisboa para encontrar o graffiter Geco, cujas pinturas e autocolantes se podem ver por toda a capital portuguesa, e que está em investigação …