Duas sondagens deixam PS (outra vez) perto da maioria absoluta. Reúne mais votos do que PSD, BE e CDU juntos

Mário Cruz / Lusa

Duas novas sondagens publicadas esta sexta-feira colocam – outra vez – o Partido Socialistas perto de uma maioria absoluta (40%), somando agora tantas intenções de votos como PSD, BE e CDU juntos.

De acordo com o barómetro da Intercampus de junho, citado pelo Correio da Manhã, o partido de António Costa, soma 40% das intenções de voto dos portugueses.

Os números do barómetro da Aximage, publicados também esta sexta-feira no Jornal Económico, não variam muito: os socialistas reúnem 39,9% das intenções de voto, menos uma décima do valor apresentado pela Intercampus.

Comparativamente a pesquisas de opinião de meses anteriores, o PS continua a crescer a meio da pandemia de covid-19: entre março e maio, o PS viu as suas intenções de voto aumentarem quase nove pontos, passando de 31,4% para 40,3%, segundo a Intercampus.

A última sondagem da Aximage, realizada em fevereiro, dava ao PS menos 4,8 pontos.

O PSD de Rui Rio é segundo nestas sondagens, somando 25,8% das intenções de voto, segundo os números da Aximage, e 24,1%, da Intercampus.

Uma eventual votação de 40% significaria que o PS conseguiria reunir tantos votos com o PSD, BE e CDU juntos, sublinha o Jornal de Negócios.

Os números do barómetro da Aximage esta sexta-feira publicado mostram ainda que o primeiro-ministro, António Costa, tem já um nível de aprovação muito próximo do do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

O líder do Executivo subiu os seus níveis de aprovação para 15,9 pontos (contra 9,8 pontos em março, antes do início da pandemia), enquanto o Chefe de Estado aumentou a confiança para 17,1 (face aos anteriores 15,6).

CDS derrapa, Livre desaparece

De acordo com os números da Aximage, segue-se depois o BE (8%), com menos 1,8% das intenções de voto registadas há quatro meses. Com 4,9%, Chega (5,3%) é quarto e ultrapassa a CDU (4,9%) – o partido de André Ventura tem quatro vezes mais votos do que os registados nas últimas eleições legislativas, em outubro passado.

O PAN sobe seis décimas, atingindo o mesmo valor da CDU, 4,9%.

O CDS derrapa, passando de 2,1% para 1,2%, muito longe dos 4,2% da antiga líder parlamentar Assunção Cristas. A Iniciativa Liberal recolhe 1,4% dos votos. E o Livre, cuja deputada única deixou de representar o partido, quase desapareceu: 0,2%.

O antigo primeiro-ministro José Sócrates foi o único a conseguir uma maioria absoluta socialista em 46 anos de democracia. Reuniu 45% dos votos em 2005.

Já António Guterres ficou a um deputado da maioria em 1999, com 44% dos votos.

ZAP //

PARTILHAR

24 COMENTÁRIOS

  1. Existe algo de errado xD na forma como jornalistas escrevem então o PS a coisa de 3 ou 4 meses atrás tinha 42 ou 43% das intenções de voto agora só tem 39%??? Opa vão dar banho a minhoca a ver se pesca alguma coisa… O PS caiu na intensão de voto e só não caiu mais porque a realidade seja dita não ah oposição e o BE é o PCP dormem na cama do PS… E o PSD é CDs querem se juntar a cama de casal tbm… Poupem me a ver ignorância

  2. É o que temos! Assondagens deixam sempre o PS à beira de maiorias absolutas até às vésperas das eleições. Nessa altura, desaparecem por milagre as “maiorias absolutas”.

  3. Como é que é possível que 40% da população esteja contente? Será que a maioria está certa, ou está cega? Numa coisa o Costa é bom, sabe encontrar pontos positivos ou dourar muito a pílula mesmo que a coisa seja má e é muito inteligente no debate político; mas temo que iremos pagar caro por isso nos próximos anos – não há um real crescimento económico, são só malabarismos com o PIB e a receita fiscal… Sem o turismo estamos muito mal, visto que não há incentivos à produção nacional para exportação e esta não é competitiva com o mercado internacional. Mas o povo parece que está a gostar, e venha o futebol…

    • Costa tem a mesma escola do Sócrates, são bons a aldrabar e o Zé povinho gosta de ser enganado.
      Esquecem rapidamente quem provoca as crises, é são sempre os mesmos.

  4. Parece que os (40%) portugueses preferem o Partido que os defende. Que num caso de crise, tomou as medidas necessárias para defender a população, e ao mesmo tempo garantindo que os seus rendimentos seriam minimamente afetados, é normal que grande parte dos portugueses optem por esse Partido.
    Para os mais distraídos, é bom não esquecer que no ano anterior Portugal encerrou as contas com o primeiro saldo positivo desde 1974… talvez seja bom lembrar que os portugueses gostam de agradecer a quem lhes faz bem… e que aqueles que tentam agora penalizar Centeno, terão uma resposta de gratidão nas urnas…

    • Talvez também seja bom lembrar o António Rodrigues da CGD, o lítio e a junta de freguesia do PS, o governo em família, o caso Raríssimas, o NOVO BANCO, os incompetentes amigalhaços responsáveis pelas mortes nos incêndios no interior do país, a nomeação de um artista que procurou branquear o 44 para o atual ministério da justiça, o facto de este governo apenas ter realizado o esforço de 3% de défice para um ligeiro superavit numa conjuntura única internacional (ao contrário do governo anterior em que em conjuntura extremamente negativa recuperou o défice de 11% para 3%), e muito mais.
      E quanto à atual pandemia, se não fosse a sabedoria do povo português e do PR nem tinha havido estado de emergência. O Costa disse publicamente por várias vezes que não achava necessário. Foi o povo que decidiu ficar em casa! E não se esqueça das mil mortes omitidas e descobertas pelo sexta às nove. E quanto ao uso da máscara que a DGS descartava e o povo e o PR, uma vez mais, e sabiamente, utilizavam?! O seu esforço para relembrar-se é curto!

  5. António U…..LOL. Já vais pagar a factura durante anos. Vais ver como os teus netos vão pagar essas regalias todas. E com juros!!!

  6. Eu Tuga, apoiei o Costa em todas as medidas que tomou para minimizar o impacto na economia e fui até dos primeiros a candidatar-me aos apoios anunciados. A minha candidatura foi aceite como aliás outra coisa não seria de esperar uma vez que cumpria todos os critérios!
    Ainda não vi dinheiro nenhum! Bastava até que me devolvessem o que de lei já é meu. O IRS que paguei a mais em 2019. Até agora só vi propaganda e imbecis que sem qualquer conhecimento de causa cantam loas ao Costa acerca do que nada sabem.

    • será que não se apercebem que governos há esquerda são para esbanjar , gastar e não querem saber se penduram o país. fico muito admirado quando o povo prefere apoiar o socialismo mesmo que 45% dos seus rendimentos são impostos. é que neste momento portugal tem uma carga fiscal que atinge os 45% e vai subir.
      então continuem que vão bem

  7. Para além do absurdo de o PS de António Costa, cujo governo se tem pautado de forma medíocre, a raiar o mauzinho, e apenas suportado por uma comunicação social ‘vendida’ por 15 milhões de euros do erário público, o que realmente fica patente nestas sondagens, é o facto de o Chega passar a figurar no pódio como 3.ª força política, acima do Bloco de esquerda.
    É obra!

  8. Ainda há nem 20 dias, a Pitagórica dizia que nas *suas* sondagens, o Chega estava à frente do BE:

    * BE: 6,1%
    * Chega: 6,4%

    Agora vem a Aximage e já diz que de repente:

    *BE: 8%
    * Chega: 5,3%

    Porque é que não noticiam de uma vez, que as sondagens são encomendadas por forças ideológicas que querem desse modo influenciar o eleitorado? Eu por mim, acredito mais na Aximage do que na Pitagórica mas, no fundo é tudo farinha do mesmo saco.

  9. Mas alguém acredita nas vossas sondagens feitas com 1000 pessoas e sempre as mesmas ?? So palhaçada e pelos os jeitos acreditem que os português são todos burros!! No dia de votar, adeus PS et esquerda os mais corruptos até agora. Chega vai ser eleito e acabou as regalias a conta do povo.

    • Isto é que é ser crente… e “distraído”!…
      Caso não tenhas percebido, o Chega já foi eleito e, com o Ventura no Parlamento, tem feito umas belas cenas, com meias-verdades, mentiras e faltas quase diárias!…
      É com néscios alienados como com tu que ele conta… e por isso que é ganha mais de 10 mil euros por mês!…
      Um verdadeiro artista:
      “André Ventura trabalha para a influente consultora fiscal Finpartner. Ao mesmo tempo é deputado e integra a Comissão de Orçamento e Finanças. Assim, recolhe no Parlamento informação privilegiada sobre questões fiscais, de máximo interesse para os clientes da Finpartner, que presta assessoria em questões… fiscais. Ventura, o mesmo que defendia a exclusividade da função parlamentar (para os outros) é, afinal, o típico deputado português, promíscuo como os dos outros partidos: Ai chega, chega, chega, chega cá o guito!”
      http://www.facebook.com/Paulo-de-Morais-140247486032427

  10. Tudo é mau, desonesto e corrupto à excepção dos comentadores aziados que aqui vomitam o seu veneno. Podemos dizer que os holandeses não estão sós na flagelação do nosso país.

Promulgada lei que prolonga proteção de arrendatários até 31 de dezembro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou esta quinta-feira o diploma do Parlamento que prolonga a proteção de arrendatários até 31 de dezembro, por considerar que neste período "é necessária uma especial proteção …

Nuno Melo lança petição para retirar “o que é político” da disciplina de Cidadania

O eurodeputado centrista Nuno Melo lançou uma petição pública que pede a revisão dos conteúdos da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento ou o seu caráter opcional, numa tentativa de “expurgar” da disciplina “o que é …

Governo "não se pode queixar de falta de empenho da direita"

O presidente do CDS-PP considerou, esta quarta-feira, que o Governo “não se pode queixar de falta de empenho da direita” na construção do Orçamento do Estado, e recusou “especular uma crise artificial” entre os partidos …

Mais seis mortos e 854 casos de covid-19. Lisboa com 49% das novas infeções

Portugal contabiliza esta quinta-feira mais seis mortos relacionados com a covid-19 e 854 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da pandemia, Portugal …

Novo primeiro-ministro belga nomeado após 16 meses de crise política

O atual ministro das Finanças da Bélgica, Alexander de Croo, toma posse esta quinta-feira como primeiro-ministro, depois de ter sido na quarta-feira formalmente nomeado para o cargo, pondo fim a uma longa maratona de 16 …

Cortes de água, luz, gás e telecomunicações regressam esta quinta-feira

A partir desta quinta-feira, regressam os cortes de água, eletricidade, gás natural e telecomunicações para todos os consumidores em situação de desemprego, com uma quebra de rendimentos de, pelo menos, 20% ou que estejam infetados …

Moderna contradiz Trump. Não haverá vacina até às eleições

O diretor-executivo da farmacêutica Moderna Therapeutics, que está a desenvolver uma das mais avançadas vacinas para a covid-19, disse que esta não estará pronta até às eleições presidenciais dos Estados Unidos. Em declarações ao jornal Financial …

Brigadas dos lares arrancam com menos profissionais do que o previsto

As Brigadas de intervenção Rápida para os lares atingidos por surtos de covid-19 arrancam esta quinta-feira - mas há menos enfermeiros e cuidadores do que o previsto. Em declarações à Renascença, o presidente do Instituto da …

PS segue PSD e propõe voto antecipado para eleitores em confinamento

O Partido Socialista (PS) decidiu juntar-se ao Partido Social Democrata (PSD) na ideia de alargar o direito de voto antecipado aos eleitores que estejam em confinamento à data das próximas eleições presidenciais. De acordo com o …

Santos Silva assume "contactos" para reforço dos EUA da base das Lajes (e desdramatiza eventual crise política)

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros, disse, em entrevista ao Público e à Renascença, que há "contactos" com os Estados Unidos para reforço norte-americano da base das Lajes e desdramatizou a aprovação do Orçamento …