Drones só vão poder voar até 120 metros e longe dos aeroportos

As novas regras da ANAC sobre a utilização de drones foram esta quarta-feira publicadas em Diário da República e podem levar a multas que vão dos 250 aos 2.500 euros.

As novas regras da Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) sobre a utilização de drones foram esta quarta-feira publicadas em Diário da República.

O regulamento, que estabelece as “condições de operação aplicáveis à utilização do espaço aéreo pelos sistemas de aeronaves pilotadas remotamente”, como cita o Expresso, entra em vigor em janeiro do próximo ano.

Assim, a partir de dia 13, os drones vão poder fazer voos diurnos, à linha de vista do piloto, até a uma altura de 120 metros.

No entanto, esta regra não se aplica a “áreas sujeitas a restrições ou na proximidade de infraestruturas aeroportuárias”. Ou seja, estes aparelhos devem ficar longe de aeroportos como, por exemplo, o Humberto Delgado, em Lisboa, ou o Francisco Sá Carneiro, no Porto.

Além disso, o regulamento proíbe ainda os voos “sobre concentrações de pessoas ao ar livre, entendendo-se como tal mais do que 12 pessoas”, “zonas de sinistro onde se encontrem a decorrer operações de proteção e socorro” e “sobre instalações onde se encontrem sediados órgãos de soberania, embaixadas e representações consulares, instalações militares, instalações das forças e serviços de segurança, locais onde decorram missões policiais, estabelecimentos prisionais e centros educativos da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais”, cita o semanário.

Caso um utilizador pretenda voar depois do pôr-do-sol ou acima da superfície estabelecida, deverá ter uma “autorização expressa da ANAC” e o pedido tem de ser feito com uma “antecedência mínima de 12 dias úteis”.

Os drones têm de voar sempre com as luzes de identificação ligadas e os pilotos não podem exercer funções quando se encontrem em qualquer situação de incapacidade da sua aptidão física ou mental, acrescenta ainda o regulamento.

A violação destas regras pode levar a contraordenações aeronáuticas civis consideradas graves ou muito graves, que se traduzem em multas que vão dos 250 aos 2.500 euros.

Os mapas com as zonas interditas e permitidas estão publicadas no site www.voanaboa.pt

Segundo a ANAC, só este ano já foram registadas 14 ocorrências com drones.

O caso mais recente aconteceu precisamente esta semana, com um destes aparelhos a provocar uma “situação perigosíssima” no aeroporto de Lisboa, ao colocar em risco a aterragem e decolagem de aviões.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Músicos estrangeiros precisarão de visto e de poupanças para tocar no Reino Unido

A partir de 2021, os músicos estrangeiros que pretendam atuar no Reino Unido precisarão de visto. Três meses antes de submeterem o pedido, terão também de provar que têm 1000 libras (1180 euros) em poupanças, …

Tribunal Supremo Eleitoral recusa candidatura de Evo Morales ao Senado

O ex-Presidente da Bolívia considerou "um golpe contra a democracia" a decisão do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) de recusar a sua candidatura a senador nas eleições de maio. "A decisão do Tribunal Supremo Eleitoral é um …

Juízes exigem sindicância urgente ao sorteio na Relação de Lisboa

A Associação Sindical dos Juízes (ASJP) exigiu, esta sexta-feira, ao Conselho Superior da Magistratura (CSM) uma "sindicância urgente" aos procedimentos de distribuição de processos no Tribunal da Relação de Lisboa. A posição da Associação Sindical dos Juízes …

Deputado do PSD que avançou com proposta de referendo à eutanásia acabou a assumir alcoolismo

Pedro Rodrigues, deputado social-democrata e antigo líder da JSD, assumiu publicamente, através do Facebook, ter um problema de alcoolismo. Num texto publicado no Facebook, o social-democrata explica que faz esta revelação por estar a ser vítima …

Morreu doente que parou o Parlamento para pedir tratamento para a hepatite C

José Carlos Saldanha ficou conhecido, há cinco anos, por interromper o ministro da Saúde numa sessão do Parlamento para pedir tratamento para a hepatite C. A informação foi confirmada à agência Lusa por fonte oficial do …

Com dívidas ao Fisco, cavaleiro João Moura "sem dinheiro" para alimentar cães. Arrisca 2 anos de prisão

O cavaleiro João Moura está acusado do crime de maus-tratos e abandono de animais depois de lhe terem sido retirados 18 cães galgos, em aparente estado de subnutrição. Um dos animais acabou por morrer, pelo …

Desmantelada fábrica ilegal de tabaco. Funcionava num bunker

Uma operação levada a cabo pela Guardia Civil esta terça-feira desmantelou uma fábrica ilegal de tabaco, em Espanha, e deteve a organização clandestina que a geria: vinte pessoas foram detidas, de nacionalidades britânica, lituana e …

China diz que surto está "sob controlo" após 14 províncias não reportarem novos casos

O surto do coronavírus Covid-19 está "sob controlo", depois de a atualização diária mostrar que 14 das 34 províncias e regiões autónomas do país não detetaram novos casos, anunciaram esta sexta-feira as autoridades chinesas. O vice-diretor …

Após 2 anos preso, Pedro Dias assume três homicídios e diz-se arrependido

Pedro Dias, conhecido pelos homicídios de Aguiar da Beira, manifesta-se arrependido pelos crimes por que foi condenado a 25 anos de prisão, após cumprir dois anos da pena. Um arrependimento que é também um assumir …

Orçamento da UE. Proposta agrava corte de Portugal na coesão em 2 mil milhões

A proposta do presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, prevê um corte de 2 mil milhões de euros no envelope da coesão para Portugal. Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia iniciaram esta …