Dos 1637 pedidos, só 4 pessoas viram reconhecida a sua nacionalidade

Manuel de Almeida / Lusa

A ministra da Justiça, Francisca Van Dunem

Em Portugal, 1637 pediram nacionalidade, mas apenas quatro pessoas a viram reconhecida. Dessas quatro, três são brasileira, incluindo o arguido do caso Lava-Jato, Raul Schmidt.

De acordo com o Instituto de Registos e Notariado (IRN), foram recebidos 1637 pedidos de reconhecimento de cidadania portuguesa originária nos últimos seis meses, sendo a maioria deles de estrangeiros netos de cidadãos nacionais.

No entanto, de entre os 248 processos já analisados, foram até agora deferidos apenas quatro casos, segundo fonte oficial do Ministério da Justiça, três dos quais brasileiros.

O Diário de Notícias avança que 25% – cerca de 400 – dos requerimentos são de pessoas que já têm nacionalidade portuguesa, por naturalização. Há 1237 que são estrangeiros, sendo a maioria dos pedidos de pessoas dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP).

Conforme avança o DN, um dos casos já deferidos é o de Raul Schmidt, perseguido pelas autoridades brasileiras da operação Lava-Jato, que pediram a Portugal a sua extradição. A cidadania originária de Schmidt, neto de portugueses, que obteve a cidadania “derivada” (por naturalização) foi reconhecida pelo IRN , tendo causado muita polémica.

Raul Schmidt tem um processo de extradição pendente, por crimes de corrupção e branqueamento de capitais e organização criminosa no Brasil. A sua defesa recorreu e pediu urgência na concessão da cidadania originária, com o intuito de impedir que fosse deportado e julgado em Portugal.

As denúncias de favorecimento a Raul Schmidt são inúmeras. De acordo com o DN, com este reconhecimento, a ministra da Justiça está a reavaliar o processo.

Segundo a legislação em vigor, a nacionalidade portuguesa originária pode ser atribuída a netos de portugueses nascidos no estrangeiro que tenham “laços de efetiva ligação à comunidade nacional”.

Além disso, há outras condições como declararem que querem ser portugueses; não terem sido condenados pela prática de crime punível com pena de prisão de máximo igual ou superior a três anos e têm ainda de inscrever o seu nascimento no registo civil português.

Para que a ligação à comunidade nacional seja provada, têm de demonstrar que residem em território português, que se deslocam ao país regularmente ou que estão ligados à cultura portuguesa, mesmo vivendo no estrangeiro.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. o nosso lindo País…. com dois pesos e duas medidas, por vezes pessoas decentes procurando melhores condições de vida (quem não o faz para si e os seus?), no entanto esses gatunos é que ficam por cá…. faz juz ao País de merda com lideres de merda que temos!!!!

"DeepNude". Inteligência Artificial "tirou a roupa" a mulheres nas redes sociais

A empresa de informação Sensity alertou que mais de 100 mil imagens foram carregadas para um canal de Telegram onde um bot "tirou a roupa" de mulheres. A empresa de segurança Sensity revelou recentemente que existe …

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …

Milo, o "comunicador de ação" que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, …