Dois terços dos portugueses consideram que a eutanásia deve ser legalizada

A maioria dos portugueses considera que a morte assistida a pedido do doente deve ser legalizada em Portugal.

O estudo da Eurosondagem feito no início de março para a SIC e para o Expresso mostra que 67,4% da população portuguesa defende a legalização da eutanásia em Portugal, com apenas 22,1% contra o direito de decidir como e quando chega ao fim a sua vida, enquanto 10,5% não sabe ou não responde.

Há dúvidas sobre se deve haver uma consulta ao país sobre a legalização da eutanásia: menos de metade (47,8%) das pessoas que participaram considera o referendo necessário – onde se contam mais homens -, enquanto 31,4% dos inquiridos (com mais mulheres neste grupo) consideram-no desnecessário e 20,8% dizem não saber.

Há oito anos, um estudo da Eurosondagem mostrava que 50,1% dos portugueses aceitavam a prática, contra 39,3% que eram contra. Na sondagem de 2008, 47% dos inquiridos consideravam que o tema deve ser referendado, contra 43,4% que achavam o plebiscito desnecessário.

Num momento em que o tema da eutanásia tem estado no centro das atenções, a possibilidade de os portugueses definirem o futuro da sua saúde poderá fazer com que o Testamento Vital ganhe maior relevância e seja preenchido por um maior número de cidadãos.

Rui Nunes, o “pai” do Testamento Vital em Portugal, deu uma entrevista à Visão onde salienta que os perigos da Eutanásia, “que devem ser apreciados com cuidado, devem-se especialmente à possibilidade de a eutanásia voluntária resvalar para práticas de eutanásia involuntária, nomeadamente de crianças e de pessoas com competência diminuída”, e sublinha que “se Portugal despenalizar a eutanásia, a lei terá de ser suficientemente robusta para impedir este tipo de desvio que, infelizmente, está a ocorrer nos países que já legalizaram a eutanásia”.

O especialista em sociologia e ética médicas, que defende há anos um referendo nacional sobre a morte assistida a pedido do doente, explica que a legalização da prática garante “o princípio da dignidade da pessoa, e do exercício da liberdade de autodeterminação. Ou seja, dar um controlo total à pessoa doente na fase terminal da vida e assim aliviar o sofrimento que na sua perspetiva é totalmente intolerável“, não apenas em doentes terminais mas também, “e entre outros, em pacientes com patologias neurológicas degenerativas de longa duração ou pessoas com paralisia total dos membros”.

ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. No Benelux é autorizada. Estudo revela que nem sempre as decisões são tomadas pelos próprios, razão pela qual se estão asilando na Alemanha onde é proibido. Uma oportuniade para o Turismo Residencial

    • E acha que alguém quer saber da sua opinião?!
      Agora mais a sério: sabe o que é uma sondagem?!
      Como aparentemente tem acesso à Internet, sugiro que se informe antes de comentar…

  2. Pois, isto é fruto da sociedade do descartável. ´_E mais fácil descartar quem dá problemas do que tratar dessas pessoas com dignidade.
    Veja-se o estado dos cuidados paliativos. Uma vergonha.
    A mim tb não me pegruntaram nada. Sou totalmente contra.
    A ignorância do mundo espiritual resulta nestas decisões ocas.

RESPONDER

Buracos negros minúsculos podem estar a "esconder-se" dentro de estrelas (e a devorá-las por dentro)

Uma equipa de investigadores tem um novo palpite sobre onde procurar a misteriosa matéria escura: esta pode estar a assumir a forma de buracos negros endoparasitários. De acordo com o ScienceAlert, buracos negros primordiais minúsculos, quase …

Maionese está a salvar tartarugas após derrame de petróleo em Israel

Membros do Centro Nacional de Resgate de Tartarugas Marinhas de Israel estão a usar maionese para limpar as vias respiratórias de tartarugas que inalaram petróleo em alto-mar. Israel fechou este domingo as praias mediterrânicas dias após …

Itália investiga empresas de entrega de comida. Há estafetas tratados "como escravos"

Itália está a investigar as empresas de entrega de comida online, com um promotor a lamentar que os estafetas que fazem as entregas, muitos deles imigrantes, são praticamente tratados "como escravos". Procuradores de Milão avançaram que …

O IONIQ 5 é o novo carro elétrico da Hyundai (e é enorme entre eixos)

O ano 2021 vai ser promissor na apresentação e lançamento de carros elétricos no mercado mundial. Algumas marcas, como a Hyundai, têm produtos prontos para serem comercializados. Agora, a marca sul-coreana apresenta o IONIQ 5. Com …

Em Moscovo, qualquer um pode ser vacinado contra a covid-19 (e até ganha um gelado)

Em Moscovo, capital da Rússia, a vacina Sputnik V está disponível gratuitamente a qualquer pessoa que queira ser vacinada desde 18 de janeiro. Os interessados não precisam de agendar a toma e até ganham um …

As abelhas convenceram-nos de que sabiam matemática. Mas mentiram-nos

O novo estudo não significa necessariamente que as abelhas não entendam números, mas sugere que os animais usam propriedades não numéricas para resolver problemas matemáticos. Vários estudos convenceram-nos de que as abelhas são pequenos génios matemáticos: …

Liam Thorpe era prioritário na vacinação contra a covid-19 por ter 6,2 cm. Foi um erro

Liam Thorp, um homem de 32 anos sem comorbilidades, foi incorporado na lista de cidadãos prioritários para a vacinação contra a covid-19 no Reino Unido. Tudo por causa de um erro no sistema, que o registou …

Decisão de Lyon de retirar carne das ementas escolares gera protestos em França

A decisão temporária do presidente da Câmara de Lyon, membro do partido Europa Ecologia - Os Verdes, está a ser recebida com protestos em França. De acordo com o jornal The Guardian, Grégory Doucet decidiu retirar …

Roma 3-1 SC Braga | Minhotos despedem-se na Cidade Eterna

Portugal está sem equipas na Liga Europa 2020/21. O Sporting de Braga deslocou-se a Roma e perdeu por 3-1, terminando a eliminatória dos 16 avos-de-final com um agregado de 5-1, após a derrota por 2-0 …

Desenhe o seu próprio icebergue. Um site diz-lhe se flutua ou se vira

Joshua Tauberer criou um simulador de icebergues com o objetivo de demonstrar que a glacióloga Megan Thompson-Munson estava certa. "Um icebergue alongado não flutuaria de cabeça, mas de lado", disse a especialista na semana passada. A …