Dois dos três seguranças do Urban ficam em prisão preventiva

Dois dos três seguranças estão indiciados do crime de homicídio na forma tentada e o terceiro segurança, que foi colocado em liberdade, não pode exercer a atividade nem contactar com os restantes arguidos.

Os três seguranças do Urban Beach, suspeitos de terem agredido violentamente três pessoas que se encontravam nas imediações da discoteca na madrugada de quarta-feira, foram ouvidos, este sábado à tarde, pelo juiz do Tribunal de Instrução Criminal, no Campus de Justiça de Lisboa.

Dois dos seguranças foram indiciados pelo crime de homicídio na forma tentada e ficam em prisão preventiva, enquanto que o terceiro foi indiciado por crime de ofensa à integridade física grave, acabando por ficar com termo de identidade e residência.

Além disso, este segurança está ainda proibido de contactar com as vítimas, com os outros dois arguidos e de continuar a exercer a atividade de segurança privada.

De acordo com o Expresso, os advogados dos arguidos defendem que as agressões não são tão graves como aparentam ser no vídeo e que os clientes só atuaram dessa forma porque foram chamados por vendedores das roulotes e porque as autoridades demoraram a chegar ao local.

“O que tinha previsto aconteceu”, afirmou Joaquim Oliveira à saída do tribunal, acrescentando que “as coisas não começaram com aquele vídeo” e que se tratou sim de uma “ação, reação”. “Foi um dia mau (…) mas todos nós temos dias maus“, cita o semanário.

Este sábado, o Ministério da Administração Interna, que convocou uma reunião do Conselho de Segurança Privada, admite que poderá vir a alterar a legislação relativamente ao controlo da segurança privada.

Na madrugada de sexta-feira, o MAI também ordenou o encerramento do espaço, alegando não só o episódio que se vê nas imagens difundidas nas redes sociais, mas também as 38 queixas sobre a discoteca apresentadas à PSP desde o início do ano, por alegadas práticas violentas ou atos de natureza discriminatória ou racista“. A discoteca vai ficar fechada durante seis meses.

  ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ian Brackenbury Channell, o "feiticeiro de Christchurch"

Duas décadas depois, uma cidade neozelandesa decidiu despedir o seu feiticeiro

Vinte e três anos depois, a autarquia de Christchurch, na Nova Zelândia, decidiu despedir Ian Brackenbury Channell, o famoso feiticeiro da cidade. Desde 1998 que Ian Brackenbury Channell era o "feiticeiro de Christchurch", sendo responsável por …

Um dos microscópios de Darwin vai a leilão. Esteve nas mãos da sua família durante quase 200 anos

Um microscópio que Charles Darwin ofereceu ao filho Leonard - e que esteve nas mãos da sua família ao longo de quase 200 anos - vai ser leiloado em dezembro e poderá valer cerca de …

Pedro Sánchez promete abolir a prostituição em Espanha, por considerar que esta "escraviza" as mulheres

Espanha é um dos países europeus com mais trabalhadoras na indústria do sexo, as quais são sobretudo originárias de países da Europa mais pobres, da América Latina e de África. O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez anunciou …

"Um milagre". Dois jovens sobreviveram quase uma semana no deserto australiano

Dois jovens, de 14 e 21 anos, sobreviveram durante quase uma semana no deserto, sem água e sem comida, depois de se terem perdido no Território do Norte, na Austrália. A polícia fala num verdadeiro …

Carlos Moedas

Moedas vai "dar tudo como presidente" e exige que seja respeitada a legitimidade do seu mandato

Carlos Moedas tomou posse, esta segunda-feira, como novo presidente da Câmara de Lisboa, tendo falado dos objetivos para o próximo quadriénio e deixado um elogio ao seu antecessor e alguns avisos à esquerda. Depois dos cumprimentos …

Chanceler austríaco Sebastian Kurz

Sondagens falsas e notícias favoráveis. O lado negro de Sebastian Kurz foi desmascarado

Sebastian Kurz e pessoas que lhe são próximas foram acusados de tentar garantir a sua ascensão à liderança do partido e do país com a ajuda de sondagens manipuladas e notícias favoráveis na imprensa, financiadas …

Tem uma carreira de sonho na Nike, mas cometeu um homicídio há 65 anos

O presidente da Jordan Brand, Larry Miller, revelou que, há 56 anos, matou um adolescente nas ruas de Filadélfia, nos Estados Unidos. O presidente da Jordan Brand — marca do ex-jogador de basquetebol Michael Jordan — …

Rio diz que decisão sobre eventual recandidatura está "quase tomada"

O presidente do PSD afirmou, esta segunda-feira, que a decisão sobre a sua eventual recandidatura está "quase tomada" e será anunciada em breve. Em declarações aos jornalistas à chegada à tomada de posse do novo presidente …

Mihajlovic: "Vou tentar manter a calma, mas é difícil"

Treinador do Bolonha furioso com os cartões amarelos mostrados para "compensar" uma expulsão. Beto voltou a marcar. Udinese e Bolonha entraram em campo neste domingo como protagonistas de um dos jogos menos mediáticos da oitava jornada …

Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo avisa que não pode haver "casos de mau uso e de fraude" com os fundos europeus

O Presidente da República avisou, esta segunda-feira, que a "última coisa" que pode acontecer com os fundos europeus são "casos de maus uso e de fraude", garantindo que os portugueses "não perdoariam" que isso acontecesse. Questionado …