Ministério da Administração Interna encerra discoteca Urban Beach

Autoridades chegaram ao local pelas 4h30 desta madrugada e encerraram o espaço noturno. Três seguranças foram detidos.

Foi pelas 4h30 da madrugada desta sexta-feira que o Ministério da Administração Interna enviou um ofício aos proprietários da discoteca Urban Beach, em Lisboa. No documento, lia-se que o estabelecimento de diversão noturna teria de ser encerrado e as pessoas que se encontravam no seu interior retiradas.

Na quinta-feira, foram divulgadas imagens de segurança daquele estabelecimento a agredir um jovem ao murro e pontapé e terá sido isso que motivou a decisão do ministério de Eduardo Cabrita.

Conforme essas imagens foram tornadas públicas, outras queixas de clientes que já frequentaram o espaço e dizem ter sido agredidas ou insultadas pelos seguranças do estabelecimento vieram a público.

De acordo com o Expresso, um dos seguranças que aparece no vídeo a pontapear um rapaz deitado no chão sem oferecer resistência já terá sido detido pela Polícia de Segurança Pública (PSP), logo às 4h30.

Já de acordo com o Correio da Manhã, outros dois seguranças envolvidos nas agressões foram também detidos ao início da tarde desta sexta-feira.

Paulo Dâmaso, presidente do Conselho de Administração do Urban Beach, que condenou rapidamente a situação, assim que as imagens foram divulgadas e antecipando que tinha já afastado aquela equipa de segurança, veio, já depois do encerramento do estabelecimento, dizer que esse ato não passava de “uma decisão unilateral depois de um julgamento na praça pública“: “Tenho mais de 100 trabalhadores que querem saber se vão receber o ordenado este mês”.

Segundo um comunicado do Ministério da Administração Interna, a decisão de encerrar o local foi tomada após audição de Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa, e “assentou igualmente nas 38 queixas efetuadas à PSP sobre este estabelecimento ao longo do ano de 2017″.

O caso está agora entregue à divisão de investigação criminal da PSP. O Ministério Público já anunciou ter aberto um inquérito ao caso e a Câmara Municipal de Lisboa já pediu uma reunião com a secretária de Estado da Administração Interna, Isabel Onete, para discutir o assunto.

Entretanto, o ministro da Administração Interna determinou à PSP a realização de uma ação de fiscalização da atividade da empresa de segurança privada PSG, informou em comunicado.

A nota enviada à comunicação social adianta que “será também convocado o Conselho de Segurança Privada para análise da situação ocorrida” na discoteca. O Conselho é um órgão de consulta que integra a Inspetora Geral da IGAI, o Comandante Geral da GNR, o Diretor Nacional da PSP, o Diretor Nacional do SEF, o Diretor Nacional da PJ, o Secretário Geral do MAI e representantes de associações de empresas de segurança privada e de associações representativas do pessoal de vigilância, recorda o comunicado.

“Espancaram-me e deram-me uma facada”

O Correio da Manhã falou com os dois jovens que aparecem no vídeo a ser alvo das principais agressões daquela noite. Magnuncio Brandão revelou que “não consegui reagir. Espancaram-me e deram-me uma facada“, acrescentando depois que levou também “um soco na boca” e uma “facada no pé”.

A segunda vítima diz que foi “ajudar o colega que tinha caído” quando também foi espancado. “Começaram logo a agressão. Senti um peso na cabeça e desmaiei”.

ZAP //

PARTILHAR

36 COMENTÁRIOS

  1. Espero que o encerramento não seja de 1 semana mas sim permanente.. já para não falar de abuso sexual nas wc por parte dos mesmos.

    • Não. Era era imediatamente preso, julgado sumariamente e preso por 10 anos ou mais. Estas palhaçadas acontecem em Portugal porque não se faz nada e a justiça não funciona.

      • Ou não lhe acontecia absolutamente nada!!
        Como até o mais comum!…
        Nem os policias que matam inocentes desarmados, vão sequer a tribunal, quanto mais!…
        Dar, como exemplo de justiça, os EUA, ou é ignorância, ou é piada!…

        • Ignorante é claramente você. O sistema de Justiça dos EUA obviamente não é perfeito (nenhum é), mas funciona muitíssimo melhor que o de Portugal, e achar o contrário ou é ignorância ou estupidez. Em geral, é rápido, as coisas funcionam depressa, não se anda anos a fio à espera de um julgamento até que tudo prescreve. E já agora há vários casos de polícias condenados à prisão. Em caso da mais pequena dúvida tendem a decidir a favor do polícia, é certo, mas isso é assim em todo o lado. Pode às vezes pecar pelo excesso, com condenações exageradas, por exemplo em casos de posse de droga, isso concordo. Processar empresas, hospitais, até o Estado, é relativamente fácil, e em caso de culpa as indemnizações como se sabe são gigantescas. Experimenta processar um hospital em Portugal por negligência médica e vais ver como é. Experimenta processar o Estado por teres estado preso injustamente vários anos e vais ver como é.

          • “mas funciona muitíssimo melhor que o de Portugal”…
            Hahahaaaa…
            Então vai para lá e quando fores condenado à pena de morte/perpetua, sendo completamente inocente (como acontece amiúde!), anda cá dizer isso!!
            Quantos casos conheces “por dentro” na justiça portuguesa?
            E na dos EUA?
            Eu desconfio que sei a resposta!…
            Quando à rapidez (para 20 anos depois se chegar à conclusão que um (muitos!) condenados à morte, (etc) eram completamente inocentes e não havia a mínima prova contra eles!), “circo”/julgamentos tipo realty shows nas televisões e penas/indemnizações gigantescas for sinónimo de melhor justiça, ai sim, os EUA serão um exemplo!!!
            Felizmente na Europa, a noção de justiça é ligeiramente diferente desse circo mediático (para o bem e para o mal)!!
            Estupidez e ignorância é basear-se em filmes/series para se concluir seja o que fôr!…
            Sim, processar um hospital em Portugal é complicado, mas felizmente os erros hospitalares em Portugal são bem menores do que nos EUA – que é dos países civilizados com maior números de casos de erros médicos!!
            Processar o Estado por estar preso inocentemente em Portugal também é complicado, mas quanto casos há desses em Portugal? E nos EUA?
            Tal como no numero de erros hospitalares, acho que todos sabemos qual é, de todos os países minimamente democráticos, o que tem maior números de inocentes condenados!!
            Não é?
            Pois…
            Nada de estranhar, num país que tem prisões privadas (e já se sabe a quem isso interessa!), que tem o maior numero de presos do mundo e o maior numero de reincidentes!
            E, de 100 inocentes condenados à morte /prisão perpetua, um (1) ser inocentado e receber uma indemnizações milionária (com sorte e o patrocínio das inúmeras associações que apoiam juridicamente inocentes condenados), é o exemplo perfeito do que a justiça não deve ser!
            .
            Mas, vai para lá e tenta processar uma grande empresa americana, com um lobby forte no governo ou o próprio governo (mesmo com provas irrefutáveis) e depois anda cá contar como correu!…
            Se tiveres recursos ilimitados, e conseguires colocar a opinião publica a teu favor, pode ser que tenhas sorte; senão…
            E se fores preto num estado mais manhoso tipo Oregon, Louisiana, etc; boa sorte!…
            .
            O caso de Harvey Weinstein é mais uma amostra dessa justiça americana de alta “qualidade”.
            Abusos com mais de 30 anos e ninguém teve coragem para o enfrentar – acho que isso diz muito sobre a justiça americana!
            Se fosse assim tão boa, as vitimas certamente que não se teriam remetido ao silencio durante todo este tempo…
            Mesmo depois de algumas acusações, nem sequer foi a tribunal, pois bastou pagar e ficou tudo “resolvido”!…
            Chamar justiça ao facto de alguém conseguir pagar para que os acusadores desistam das queixas, é tipicamente americano!…
            Claro que, para quem não tem dinheiro, o desfecho costuma ser bem diferente!…
            E não estamos a falar de vitimas pobres/sem recursos, pois algumas são actrizes mundialmente conhecidas, portanto…
            Agora que o caso passou para as luzes da ribalta, ele está bem lixado, mas o sistema americano é mesmo assim: controverso e radical!!
            .
            Do que conheço dos dois sistemas (com as suas vantagens e falhas), prefiro o português (que claramente precisa de se modernizar/adaptar mais rapidamente)!!

            • Tanto disparate num só post meu Deus, tanta ignorância… Vamos por partes…

              Vivo nos EUA há vários anos, depois de quase 40 a viver em Portugal. Conheço relativamente bem a realidade dos 2 países. O que é que você conhece dos EUA, já agora? Para além dos filmes e do que passa nas notícias? Já cá esteve? Mais dos que uns dias em Nova Iorque? Quantas vezes?

              Fala do caso do Harvey Weinstein. Certo, porque não há casos semelhantes em outros países. Nunca ouviu falar do escândalo da Casa Pia, presumo. Quantos anos de prisão levaram as várias figuras públicas envolvidas? 7 anos no máximo? O caso do Weinstein ainda não acabou. A Justiça Americana está neste momento a tentar juntar provas suficientes. Se for formalmente acusado e condenado, vai levar bem mais que 7 anos, pode ter a certeza.

              Sabia que nos EUA os crimes de homicídio não prescrevem? Nem que seja 40 anos depois, se for apanhado é julgado e condenado. E em muitos Estados há vários outros crimes que não prescrevem, nomeadamente crimes sexuais e outros. Em Portugal não é assim, todos os crimes prescrevem (excepto alguns casos muitos particulares, como crimes de genocídio).

              Fala de pessoas inocentes que são condenadas. Isso acontece em todo o lado, incluindo em Portugal. Ainda há pouco tempo se falou de casos desses em Portugal. E tenho a certeza que há muitos mais casos em Portugal e noutros países mas nunca se chega a saber. Nos EUA, não é invulgar re-abrir casos e repetir o julgamento quando surgem novas provas, nomeadamente provas de ADN, mesmo que seja 20 ou 30 anos depois. Quando é que isto se faz em Portugal? A Justiça Portuguesa é tão lenta que nem dá vazão aos casos do presente, quanto mais ir vasculhar o passado! E já agora, quando nos EUA um inocente é libertado depois de estar preso vários anos, normalmente é indemnizado com uns bons milhões. E não é preciso ter milhões para pagar a um advogado para consegui isto.

              Tem piada falar de erros da polícia na mesma semana em que isto aconteceu: http://nypost.com/2017/10/31/nurse-forcibly-arrested-for-doing-her-job-gets-500k-settlement/

              Um polícia no Utah prendeu ilegalmente uma enfermeira, com alguma violência física. Isto passou-se no final de Julho deste ano. Em apenas 3 meses, o polícia foi despedido e a enfermeira foi indemnizada em $500k. Queria ver isto em Portugal.

              Já agora, sabia que há nos EUA dezenas de executivos bancários presos por crimes financeiros? Até CEOs de grandes bancos condenados a mais de 20 anos de prisão por crimes financeiros! Tal como em Portugal, não é?

              E esteja calado no que diz respeito à Saúde. Em Portugal, quando há negligência médica é tudo abafado e não se consegue provar nada, e nunca ninguém é culpado de nada. É fácil apresentar estatísticas boas quando é tudo abafado!

              Sim, há muitos problemas nos EUA, problemas difíceis de resolver. Mas não é por acaso que continua a ser o país que de longe recebe mais imigração, e não apenas imigração pouco qualificada. Ainda hoje, há muitíssimo mais imigrantes Europeus e até do Canadá a viver nos EUA que o contrário.

          • Bem… já vi que temos sabichão!…
            Sim, já estive nos EUA, mas o que não falta nos EUA (e noutros países!) é gente que nasceu aí e viveu aí toda a vida de não conhece quase nada!…
            .
            Então o caso do Harvey Weinstein é comparável com o da Caso Pia?!
            Realmente, as vitimas do Weinstein também eram órfãos desfavorecidos que estavam sozinhos no mundo e viviam numa instituição…
            .
            Nos EUA há bancários presos por crimes financeiros?!
            Dezenas?
            Quantos?
            Para quem “criou” uma crise mundial, prender o Madoff e pouco mais, quando outros igualmente responsáveis ainda foram “premiados” com indemnizações milionárias, já diz muito sobre o assunto!…
            E o Lehman Brothers com triple A atribuído pelas excelentes agências de rating americanas, e que depois teve que ser salvo pelas autoridades americanas?
            Aí até sobrou dinheiro para dar bónus aos excelentes gestores!…
            .
            Ah, então é fácil mostrar estatísticas boas, porque é tudo abafado!…
            Hahaaaa…
            Nos EUA nada é abafado, principalmente nos hospitais privados onde de vez em quando lá se tem pagar uma indemnização milionária, para que os muitos casos de erros médicos não venham a publico…
            .
            Sim os EUA tem muita imigração; e?
            Relativamente à população nativa, o Canada, a Austrália, a Alemanha, etc, tem mais imigrantes dos que os EUA!!
            Por exemplo, o Reino Unido, França e Espanha tem números de imigrantes parecidos com os EUA!…
            Mas, também há milhões de emigrantes dos EUA pelo mundo fora!…
            Grande parte deles no México e no Canada.
            E deve haver tantos americanos no Canada, com canadianos nos EUA!..
            .
            .
            “Está mas é calado”
            “Esteja caldado”
            Como?!
            Não sei para quem pensa que está a falar, mas deve estar enganado na porta!..
            Lá por viver nos EUA, já pensa que é mais do que os outros?!
            Esta conversa fica por aqui, pois eu não tenho vontade, tempo nem paciência para sabichões arrogantes que se acham superiores e que tem a mania que sabem tudo!!

            • Bom, finalmente tive paciência para vir responder a isto…

              Só me apetece dizer uma coisa: AHAHAHAHAH

              Você realmente não sabe nada do que fala…

              Analisar números de imigração por comparação à população nativa no país de destino, não faz qualquer sentido! Vivem nos EUA 320 milhões de pessoas, é óbvio que a percentagem de imigrantes face à população nativa não pode ser tão alta!

              Mas já agora, não vamos esquecer uma coisa. Uma fatia muito significativa da imigração nos países europeus é proveniente de outros países europeus, o que é altamente facilitado devido à livre circulação de pessoas, moeda única e proximidade geográfica. Se retirar esses números da equação, então não tem mesmo qualquer comparação com o nível de imigração que existe nos EUA, o qual, convém lembrar, só tem fronteira terrestre com 2 países!

              Já agora, recomendo a consulta deste link: https://www.migrationpolicy.org/programs/data-hub/charts/immigrant-and-emigrant-populations-country-origin-and-destination

              Deixo alguns números só por piada.

              Número de Americanos a viver no México: 877 mil
              Número de Mexicanos a viver nos EUA: 12 milhões
              Número de Americanos a viver na China: 27 mil
              Número de Chineses a viver nos EUA: 2 milhões
              Número de Americanos a viver na Índia: 3 mil
              Número de Indianos a viver nos EUA: 2 milhões
              Número de Americanos a viver no Canadá: 343 mil
              Número de Canadianos a viver nos EUA: 842 mil
              Número de Americanos a viver na Alemanha: 138 mil
              Número de Alemães a viver nos EUA: 627 mil
              Número de Americanos a viver no Reino Unido: 212 mil
              Número de Britânicos a viver nos EUA: 715 mil

              Dá para ter uma ideia? O número de pessoas por esse mundo fora a querer ir para os EUA, é muito mais alto que para qualquer outro país, e muitíssimo mais alto que o número de Americanos a querer sair. Os exemplos acima mostram que, tanto em países com mais população que os EUA, como em países com menos população, a emigração para os EUA é muito superior que o inverso.

  2. O MAI funciona sempre assim. Com INCOMPETÊNCIA !
    Não é preventivo nem eficaz. Funciona ao retardador e por pressão da opinião pública.
    Foram precisas 38 (!!!!) queixas na polícia, e um enorme brado nas redes sociais e Tripadvisor (lido pelos estrangeiros) para o MAI abrir o olho.
    Foi preciso um assalto a Tancos, para o MAI tomar providências.
    Foi preciso morrerem mais de 100 pessoas para o MAI resolver alargar o período Charlie e colocar de prevenção tantos bombeiros, militares e meios, que mesmo com tempo quente, deixou de haver incêndios.
    O MAI era da Ministra demitida e esta nomeação (um erro de casting) responsabilidade de António Costa.
    Tudo vai dar a Costa. Portugal tem vivido um clima de insegurança como não se via há alguns anos.

    • Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá,Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá… viva o PSD…Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá,Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá… Pra mim a política é como o futebol… Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá,Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá… Não sei dizer mais nada senão comentários de direita ressabiada…Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá,Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá.

    • Mais um comentário “incompetente”!…
      Que providências tomou o MAI relativamente a Tancos?!
      É que o caso de Tancos NADA tem a ver com o MAI, mas sim o Ministério da Defesa!
      Pois…

  3. Caro presidente do Conselho de Administração,
    É pra fechar e o Senhor devia ir preso por ter contratado os bandidos.
    Chega de impunidade.
    Um grande bem haja

  4. Discordo totalmente. Então o MAI agora substitui-se aos tribunais e encerra uma unidade de diversão?! Se fosse o proprietário punha o MAI em tribunal e pedia uma indemnização. Até porque se o Urban suspendeu de imediato os funcionários em causa não há à partida perigo de voltar a acontecer.

    • Vossa senhoria deve ser é amigo pessoal do presidente do conselho de administração do Urban Beach. Suspendeu os seguranças, já não volta a acontecer?… Não me faça rir… Esta malta vai buscar só cadastrados para seguranças. Eu sei bem porque treino com malta que trabalha para a LexSegur do “Bebé” e além disso conheci máfia da noite que faziam segurança de muito “bataclam” por essa Lisboa fora. A maioria dos quais já foram engavetados como malta do “aperta o papo” etc… Enfim, se sabe do que falo ainda bem, senão é melhor nem saber.

      “Suspender” do serviço uns seguranças vale ZERO. O problema é o crime organizado por detrás dos circuitos que fornecem estes serviços de segurança (salvo raríssimas excepções). A fonte donde eles brotam é que tem de ser seca… Não é enxugar uns salpicos com um trapo, e deixar a fonte a jorrar cá pra fora na mesma. Fechar estes establecimentos, ao menos desencoraja a malta a alimentar estes circuitos. Você se gosta de sair à noite, tem muito por onde escolher.

        • Já lá deviam estar… A começar por certos dirigentes futebolistas. Dois deles sei que recebiam serviços de segurança pessoal dessa malta. Já se sabe… Começando a desenrolar o novelo, meu Deus.

          Eu até tenho é pena de alguns empresários da noite que no meio disto tudo têm pouca margem de manobra. Ou alinham, ou lhes acontece como o dono do “Avião” que morreu com uma bomba no cú.

    • Deveriam era os gestores também estarem presos mas andam aí e foram eles que lhes deram instruções. Nunca viram um armário ser inteligente? (possivelmente 1%) só funcionam por impulsos(€) e com tacos de basebol soqueiras feitas em em fibra.
      SIM OS GESTORES DO URBAN E RESPONSÁVEIS PELA EMPRESA DE SEGURANÇA.- 38 queixas e não fizeram nada?
      Só agora é que se queixam pois a galinha vai deixar de por ovos de ouro?

  5. É impensável nos tempos que correm com os casos de terrorismo que os nossos vizinhos europeus têm sofrido não haver policiamento junto dessas discotecas essa seria logo a primeira medida a tomar, depois segundo afirmações esses indivíduos entram para lá armados sobretudo de armas brancas no bolso onde cada um deveria ser inspeccionado à entrada coisa que pelos vistos não acontece e logo que ocorresse um pequeno distúrbio dentro da discoteca a polícia seria chamada ao seu interior algemava os desordeiros e encaminhava-os para o calha-bouço até ao outro dia serem apresentados a tribunal, como nada disto se passa as discotecas servem-se de seguranças que não estão preparados para o fim em vista, em todo o caso todo este abandono e bandalheira a que o governo sujeita o país só vai dar mau resultado em tudo e logo a começar por afugentar o turismo do país que daqui a pouco começará a ser visto como um país terceiro mundista sem lei e sem ordem.

  6. Pelas noticias que correm essa PSG tem mais artistas que gostam de aterrorizar as pessoas.
    Estão á espera de quê para fechar esse PSG também e investigarem os artistas que por lá “trabalham”?
    Antigamente discotecas fechavam pelas 2, 3 da manhã agora abrem quase por essas horas e fecham já de dia
    Ponham esses gajos “cheios de força” a limpar mato nas florestas.

    • Os que de lá saem, já de dia, metem-se nos transportes públicos sem pagar. Já me aconteceu ir no autocarro para Santa Apolónia a essa hora e entrar gente dessa e nem sequer “picam” os bilhetes. O país está de rastos com todas as liberdades que deram a toda a escumalha!!

  7. Nunca entrei nessa casa nem entro. Os seguranças são o que se sabe, mas quem lá vai também deve deixar muito a desejar. Claro que só uma minoria, porque ainda há muita boa gente. Mas naqueles sítios juntam-se “grupos de jovens” (é assim que chamam agora à escumalha da sociedade. São grupos de jovens) e depois tem de haver faíscas. Se eles trabalhassem de dia no duro, não tinha vontade de passar as noites nesses meios. Mas muitos vivem do RSI (dos meus impostos) e depois de lá saírem vão dormir. É este o país que temos desde há mais de 40 anos!! É esta a “liberdade” que a corja de políticos estão sempre a defender. Claro que eles também têm muita liberdade para fazerem fortunas da noite para o dia sem ninguém lhe ir à mão!

    • Não é nada disso. Desculpe que lhe diga do alto dos meus 40 e tal anos, mas você tem uma mentalidade retrógrada e por estar desactualizado vê fantasmas onde eles não existem. As discotecas são locais de divertimento como outros quaisquer. Dança-se, ouve-se música, bebem-se uns copos e conhecem-se umas pessoas (ou não). Já existiam na sua juventude, a não ser que você tenha 80 anos.. Basta que você tenha 65 ou 70 anos, que já existiam discotecas quando você tinha 25. Você tem é discurso de fóssil e a sua velhice deve ser de espírito. Fala como o Diácino Remédios… Só falta ter sotaque beirão e fazer z-z-z.. No final das frases.

      O problema são as máfias que estão por trás destas empresas de segurança, que metem facínoras da pior espécie a fazer este tipo de trabalho. Devia ser obrigatório cadastro limpo, escolaridade obrigatória e testes psicotécnicos. 90% chumbavam logo.

      Veja lá que um dos fundadores do Grupo que detêm o Urban Beach até fez a escolaridade toda num Colégio de Jesuitas. Um dos melhores colégios privados do país. Actualmente é um mero accionista minoritário e de certeza que repudia o estado de coisas a que se chegou com as empresas de segurança.

      • Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá,Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá… viva o PSD…Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá,Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá… Pra mim a política é como o futebol… Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá,Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá… Não sei dizer mais nada senão comentários de direita ressabiada…Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá, blá, Blá, blá, blá,

  8. Deviam investigar se ainda perdura a segurança de discotecas feita por elementos do regimento de Comandos à uns anos eles eram os responsáveis pela segurança das mesmas na maior parte do país.

RESPONDER

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …

Irão corta acesso à Internet após protestos contra a subida do preço da gasolina

O Irão cortou o acesso à internet no sábado, após os protestos contra o aumento do preço da gasolina, que provocaram fortes confrontos entre manifestantes e forças de segurança. O Irão cortou o acesso à internet …

A maior parte das Testemunhas de Jeová não apresenta queixa em caso de abuso sexual. Mas uma nova lei pode alterar essa realidade

Em casos de abuso sexual dentro organização religiosa Testemunhas de Jeová, a maior parte das vítimas não acusa os agressores por receio de serem excluídas, revelou um artigo da Vice. Agora, uma nova lei norte-americana, …

Hong Kong. Agente atingido por flecha e operação policial reforçada com canhão de água

Um polícia foi atingido numa perna por uma flecha lançada por manifestantes antigovernamentais e pró-democracia, informaram as forças de segurança, que reforçaram a operação no local com um canhão de água. Um polícia foi atingido …

Príncipe André nega ter abusado sexualmente de jovem de 17 anos

O príncipe André, filho de Isabel I, é acusado de ter abusado sexualmente de Virginia Giuffre, uma jovem que na altura tinha 17 anos. O caso remonta ao dia 10 de março de 2001 e, este …

FC Porto tira pão da boca ao Sporting ao desviar central brasileiro

Os 'dragões' podem estar perto de chegar a acordo para a transferência de Gustavo Henrique. O central do Santos estava em negociações com o Sporting, mas uma forte investida do FC Porto, pode ter mudado …

Será que os cães conseguem farejar uma gravidez?

Já ouvimos falar de cães a farejar bombas e de cães a farejar cancro. E quanto à gravidez, o que poderá o nariz de um cão dizer? Há várias mulheres grávidas a relatar que o cão …