Documentário revela detalhes do acidente nuclear que podia ter arrasado o Arkansas

Um novo documentário divulgado nos EUA revela detalhes assustadores sobre o acidente com um míssil nuclear que ocorreu em 1980 e que poderia ter varrido do mapa o Estado do Arkansas – provocando a morte, entre muitos outros, ao antigo presidente norte-americano Bill Clinton.

O acidente com o míssil balístico intercontinental Titan II, em 1980, é relatado minuto a minuto no documentário “Command and Control“, que foi transmitido pelo canal norte-americano PBS.

Realizado por Robert Kenner, o documentário é baseado no livro do consagrado jornalista de investigação Eric Schlosser, que aborda na obra os segredos e problemas da gestão do arsenal nuclear dos EUA.

O filme mostra como na ocasião se evitou por pouco uma explosão nuclear, que teria sido “600 vezes mais poderosa do que Hiroshima”, explica o site do documentário.

O acidente da noite de 18 de Setembro de 1980, que ocorreu no complexo de Damascus, no Estado do Arkansas, onde se guardava ininterruptamente o Titan II, deveu-se à simples queda acidental de uma ferramenta.

Um dos homens que tratava da manutenção do míssil deixou cair um objecto de cerca de 3 quilos. A ferramenta atingiu a parte baixa do projéctil e abriu um buraco no casco, provocando uma fuga de combustível.

O documentário relata as “nove horas de terror” que se seguiram, “colocando uma câmara onde não havia nenhuma naquela noite”, conforme se destaca no site do filme.

Kenner conta a história como um thriller, divulgando relatos de testemunhas do acidente, incluindo do homem que deixou cair a ferramenta e do Secretário de Estado da Defesa da altura.

O realizador teve também por base documentos desclassificados recentemente pelas autoridades norte-americanas, que revelam que durante várias horas o combustível esteve a jorrar sem que nada fosse feito, porque não havia um protocolo de emergência para situações semelhantes.

Na sequência do acidente ocorreu mesmo uma explosão, que não foi nuclear, mas que provocou a morte a uma pessoa e ferimentos em várias outras, entre os militares que entraram no silo para tentar evitar a tragédia.

Na altura, decorria a Convenção Democrática no Arkansas, com a participação daquele que viria a ser um dos futuros presidentes dos EUA, Bill Clinton, que era então governador do Estado.

No filme fica patente a “ilusão de segurança” do arsenal nuclear norte-americano da altura, em plena Guerra Fria, mencionando que vários incidentes semelhantes ocorreram no mesmo complexo e noutros locais, todos mantidos em segredo pelo Pentágono.

SV, ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Lá se ia o Bill e a esposa. Poderia ter sido positivo e tínhamos tido um outro candidato democrata capaz de vencer o Trump. Desse modo só se perdia o Arkansas. Assim vai o mundo todo desta para melhor.

  2. Eu também espero que não mas, como repetidas vezes aqui o disse, tenho a convicção que Trump vai estar na origem dum conflito global.

  3. Quero ver este documentário. Mas parece-me sensacionalismo jornalístico. Para haver uma explosão nuclear é preciso reunir varias condições dentro da bomba. De longe não chega incendiar toneladas de combustível para dar inicio à reação nuclear.

RESPONDER

Trabalhadores acusam TAP de pagar abaixo do salário mínimo a tripulantes em lay-off

O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) acusou hoje a TAP de não estar a pagar o previsto na lei do ‘lay-off’, indicando vários casos em que a remuneração é inferior …

Tesla baixa preço de quase todos os modelos nos Estados Unidos

A empresa de carros elétricos Tesla baixou o preço dos Modelos 3, S e X no mercado norte-americano, visando estimular as vendas que estão em declínio durante a pandemia, avança a agência Reuters. O semanário …

Assessor de Boris cometeu infração ao confinamento, conclui polícia

A polícia britânica concluiu que Dominic Cummings, assessor do primeiro-ministro, Boris Johnson, cometeu uma violação "menor" das regras de confinamento introduzidas para combater o novo coronavírus, mas não pretende abrir um processo. Cummings admitiu ter conduzido …

Infarmed suspende hidroxicloroquina no tratamento de pacientes com covid-19

O Infarmed suspendeu o uso de hidroxicloroquina no tratamento de pacientes com covid-19. Para além da OMS, outros países já tomaram a mesma decisão que Portugal. A decisão vem no mesmo sentido da Organização Mundial de …

PCP mantém festa do Avante! e pede calma às "almas mais inquietas"

O secretário-geral do PCP admitiu hoje que “não seria um drama”, devido à pandemia de covid-19, cancelar a festa do Avante, e garantiu que não é por dinheiro que os comunistas estão empenhados em realizá-la …

Futebol inglês aponta regresso para dia 17 de junho

A Liga inglesa de futebol, suspensa desde 13 de março devido à pandemia da covid-19, vai regressar em 17 de junho, com a realização de dois encontros em atraso, de acordo com BBC e Sky …

Estado investe 2.000 milhões na ferrovia, mas comboios vão circular à mesma velocidade

O investimento da Infraestruturas de Portugal deverá rondar os 2.000 milhões de euros, mas este montante servirá quase exclusivamente para eletrificação de linhas e substituição de sinalização. De acordo com a edição desta quinta-feira do jornal …

SBSR confirma Foals, Local Natives e Boy Pablo para a edição de 2021

Os Foals, os Local Natives e o músico Boy Pablo são os primeiros nomes reagendados para a 26.ª edição do Festival Super Bock Super Rock, remarcada para julho de 2021, foi hoje anunciado. O SBSR deveria …

Artistas com espetáculos cancelados recebem pelo menos 50%

O primeiro-ministro referendou, esta quarta-feira, a lei que regula a possibilidade de festivais e espetáculos no verão e que assegura apoio financeiro a artistas alvo de cancelamento ou reagendamento dos espetáculos por causa da pandemia. Este …

EUA anunciam fim da isenção de sanções no programa nuclear civil iraniano

Os Estados Unidos (EUA) anunciaram na quarta-feira o fim das derrogações que autorizaram até agora projetos relacionados com o programa nuclear civil iraniano, acordo internacional de 2015 do qual Washington se retirou. "Hoje, anuncio o fim …