Dívidas de hospital de Lisboa travam compra de dois medicamentos para cancro

Mário Cruz / Lusa

Hospital de Santa Maria, Lisboa

As dívidas do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Norte, que inclui os hospitais de Santa Maria e Pulido Valente, levaram o Tribunal de Contas (TdC) a chumbar a compra de dois medicamentos para um cancro na medula óssea.

O Tribunal de Contas chumbou a compra de dois medicamentos para o cancro por causa das dívidas acumuladas do Centro Hospitalar Lisboa Norte, que inclui os hospitais de Santa Maria e Pulido Valente. De acordo com a TSF, os medicamentos, que custariam 2,7 milhões de euros, estão indicados para o tratamento do cancro na medula óssea.

O matutino teve acesso ao acórdão, de dezembro, que avança que o contrato com a única farmacêutica a vender estes medicamentos (Lenalidomida e Talidomida) foi assinado em setembro para vigorar até ao final de 2019.

No entanto, a decisão do TdC só foi fechada em dezembro e acabaria por recusar dar o visto à compra dos fármacos, uma vez que o Centro Hospitalar tem fundos negativos de 54,6 milhões de euros, estando assim impossibilitado de cumprir a Lei dos Compromissos e Pagamentos em Atraso, que impede os serviços públicos de avançarem com contratos se não tiverem verba disponível para os pagar em três meses.

Os juízes do TdC dizem que o Centro Hospitalar Lisboa Norte pediu em julho um aumento temporário dos fundos disponíveis, mas não teve resposta do Ministério da Saúde.

À TSF, fonte oficial adiantou por escrito que “os doentes seguidos têm e sempre tiveram acesso aos fármacos em causa” e, “sem entrar em pormenores processuais, o Centro Hospitalar sublinha que nunca existiu qualquer limitação na disponibilização destes medicamentos, garantindo aos seus utentes toda a segurança e os tratamentos mais adequados”.

Pela mesma razão, também o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro – que reúne os hospitais de Chaves, Lamego, Peso da Régua e Vila Real – teve um contrato recusado. Desta vez, estão em causa dívidas no valor de 49,5 milhões que levaram os juízes a recusar a asinatura de um protocolo de 282 mil euros para recolher e tratar roupa hospitalar.

Além de recusar o visto, o Tribunal de Contas decidiu também avançar com um processo para apurar as responsabilidades financeiras de quem assinou o contrato que tinha efeitos retroativos.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Infelizmente é uma verdade dura. Eu mesma tive de comprar um medicamento para um familiar porque o hospital público não tinha e não podiam pedir.

RESPONDER

Médicos relatam o primeiro caso conhecido de uma pessoa que urina álcool

Uma mulher residente em Pittsburgh, nos Estados Unidos, tornou-se o primeiro caso documentado de uma pessoa que urina álcool - sem sequer o ter consumido. A mulher, de 61 anos, com problemas hepáticos e diabetes, deslocou-se …

PCP quer travar cedência de obras de arte para hotel em Alter do Chão

O PCP anunciou esta quarta-feira que vai entregar na Assembleia da República um projeto de resolução que insta o Governo a reverter a cedência de um conjunto de obras de arte ao hotel Vila Galé …

Flamengo conquista Supertaça sul-americana. É o quinto título de Jesus no Brasil

O Flamengo, do treinador português Jorge Jesus, conquistou na quarta-feira a Supertaça sul-americana de futebol, ao vencer os equatorianos do Independiente Del Valle por 3-0, no Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro. Depois do empate a …

Descoberto primeiro animal que não precisa de oxigénio para viver

Respirar oxigénio é uma característica fundamental dos animais multicelulares, mas os cientistas acabam de descobrir, pelo menos, um que não precisa de o fazer para sobreviver. É muito provável que tenha aprendido que todos os organismos …

"Marte está vivo". Sonda InSight regista mais de 170 eventos sísmicos no Planeta Vermelho

Resultados dos primeiros dez meses de exploração da sonda InSight da NASA revelaram que o Planeta Vermelho é um mundo com atividade sísmica ativa. "Marte está vivo e a cada diz que passa começo a ter …

Um planeta pode ter sido "roubado" do Sistema Solar

Uma nova análise de astrónomos da Universidade Stony Brook, em Nova Iorque, revelou que as estrelas "roubam" planetas umas às outras - e isso também poderá ter acontecido no nosso próprio Sistema Solar. Quase tudo o …

Netflix passa a mostrar "top 10" diário de séries e filmes

A Netflix disponibiliza, desde esta segunda-feira (24), uma nova feature para os utilizadores do serviço de streaming: uma lista com os 10 filmes e as 10 séries mais vistas no país em cada dia. Esta nova …

A Realidade Virtual pode ser a próxima terapia para tratar pânico, fobias e distúrbios

A Oxford VR, empresa britânica de realidade virtual, acaba de acumular mais de 13 milhões de euros para investir na terapia com a tecnologia do futuro. A companhia surgiu a partir do departamento de psiquiatria da …

Apple não deixa que vilões de filmes usem iPhones

A Apple não deixa que os vilões dos filmes de Hollywood usem os telemóveis iPhone no grande ecrã. Esta é apenas uma das empresas que não permite este tipo de coisa. Os filmes podem ter uma …

O coronavírus pode ser a "doença X" temida pelos especialistas

O coronavírus, que já matou 2.700 pessoas e infetou mais de 80 mil desde dezembro, está a tornar-se "rapidamente" no primeiro grande desafio pandémico do mundo, enquadrando-se nos moldes da "doença X" temida por especialistas. O …