Disney vai despedir 28 mil trabalhadores nos EUA devido ao “impacto prolongado da covid-19”

A Disney anunciou que vai despedir cerca de 28 mil trabalhadores dos seus parques de diversão, cruzeiros e outros eventos nos Estados Unidos devido à crise financeira causada pela pandemia de covid-19.

A covid-19 chegou e arruinou muitos setores da economia. Agora, também a área do entretenimento vai sofrer com o impacto da pandemia. A Disney – um nome sonante das diversões para crianças e adultos de todo o mundo – decidiu fazer um corte abrupto nos seu quadro de colaboradores.

A decisão deve-se ao “impacto prolongado da covid-19” nos negócios do grupo e à “incerteza sobre a duração da pandemia”, explicou a empresa num comunicado. Em 2020, a Disney perdeu mais de 4,2 mil milhões de dólares (cerca de 3,6 mil milhões de euros) no primeiro semestre, devido ao encerramento dos parques de diversão, por causa da pandemia do novo coronavírus no mundo.

Em declarações à CNN, Josh D’Amaro, presidente da Disney, disse que os cortes de funcionários são necessários devido ao impacto do coronavírus nos negócios. Esta decisão também inclui a “capacidade limitada dos parques devido aos requisitos de distanciamento social”, uma vez que não é possível ter tantos visitantes nos parques, também não é preciso ter tanto pessoal a trabalhar, explicou.

“Por mais difícil que seja tomar esta decisão hoje, acreditamos que os passos que estamos a tomar vão permitir melhorias quando voltarmos à atividade normal“, referiu D’Amaro.

A crise neste segmento de negócio, aberta pela pandemia, não foi compensada pela entrada do conglomerado de diversões no mercado de entretenimento em linha, com a Disney+, informou a empresa em agosto.

No segundo trimestre, as perdas totalizaram 4,7 mil milhões de dólares, depois dos ganhos de 475 milhões no primeiro trimestre do ano, e de 1,4 mil milhões homólogos. As receitas no segundo trimestre caíram 42%, para 11,7 mil milhões de dólares.

O impacto da pandemia é particularmente evidente no segmento dos parques de atrações, cuja faturação inferior a mil milhões de dólares no segundo trimestre deste ano compara com a de 6,6 mil milhões registada no mesmo período do ano passado.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

FBI detém funcionário de Donald Trump pela invasão ao Capitólio

O Departamento Federal de Investigação (FBI) deteve na quinta-feira um funcionário do ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump pela invasão ao Capitólio a 6 de janeiro, noticiaram os media norte-americanos. Trata-se de Federico Klein, um homem …

Bebidas, fatos e centro "fantasma". Presidência portuguesa da UE debaixo de fogo após gastos "incomuns"

A presidência portuguesa do Conselho Europeu está no olho do furacão depois de uma reportagem que evidencia as "despesas incomuns" com bebidas, fatos e um centro de imprensa "fantasma", em contratos que custaram "centenas de …

Padres, provedores e autarcas. MP investiga casos de vacinação indevida

A investigação do Ministério Público (MP) e da Polícia Judiciária (PJ) conta já com 33 casos suspeitos de vacinação indevida, estendendo-se a padres, provedores de misericórdias, administradores hospitalares e autarcas. Desde o início da campanha da …

Atrasos na vacina da Pfizer condicionam vacinação de doentes de risco entre os 65 e os 79

A vacinação de doentes de risco entre 65 e os 79 anos está condicionada pela chegada de mais vacinas da Pfizer. Na união Europeia, Portugal é o quinto país com a percentagem mais elevada de doses …

Há uma geringonça (sem Bloco) a discutir quinzenalmente a execução orçamental

No ano passado, a abstenção do PCP de um empurrão na aprovação do Orçamento do Estado. O partido de Jerónimo de Sousa não desiste de exercer influência e de se consolidar como parceiro do Governo, …

Um jogo tem hora e meia, mas em Portugal só se jogam, em média, 49 minutos

Esta época, em média, o tempo útil de jogo na primeira divisão portuguesa é de apenas 49,26 minutos. Os árbitros são bodes expiatórios deste registo. Dizem as regras do futebol que um jogo tem 90 minutos, …

Governo não tem "qualquer intenção de nacionalizar a Groundforce"

O ministro das Infraestruturas garantiu, esta quinta-feira, que "o Governo não tem qualquer intenção de nacionalizar a Groundforce", dizendo acreditar que "o acionista privado vai compreender" que tem de dar garantias à TAP para receber …

Marcelo cria nova equipa em Belém para controlar "bazuca" europeia

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, criou uma equipa para manter uma vigilância apertada sobre a gestão do dinheiro que chega da "bazuca" europeia. Marcelo Rebelo de Sousa criou uma nova equipa para a …

Jogador mais caro da história do FC Porto vai reforçar o Portimonense

O FC Porto pagou 20 milhões de euros por Giannelli Imbula em 2015. O médio franco-congolês prepara-se agora para assinar pelo Portimonense como jogador livre. Giannelli Imbula está esta sexta-feira em Portimão para assinar contrato com …

Medina, ameaçado pela união das direitas, segura-se ao voto útil para ganhar Lisboa

Fernando Medina tem um duro desafio pela frente, depois de a direita ter dado as mãos em Lisboa, numa megacoligação encabeçada por Carlos Moedas. O socialista Fernando Medina está a ser ameaçado pela união da direita, …