Dirigente do PS Porto acusado de não pagar rendas e de deixar casa “semi-destruída”

Federação Distrital PS Porto / Facebook

Renato Sampaio, presidente da concelhia do PS no Porto

O presidente da concelhia do PS/Porto não pagou vários meses de renda e deixou o apartamento onde viveu durante 40 anos “semi-destruído”, acusa a ex-senhoria do também deputado socialista na Assembleia da República.

Em causa está um apartamento no Porto que Renato Sampaio tinha arrendado desde 1 de Abril de 1974 e pelo qual pagava, actualmente, uma renda de 180 euros, segundo dados divulgados pela ex-senhoria, Cristina Padrão, ao Jornal Económico.

A dona do imóvel assegura que o presidente da concelhia do PS/Porto não pagou “rendas a fio”, cita o Observador, e diz que depois de deixar a habitação, no seguimento de uma ordem de despejo, deixou a casa “semi-destruída”.

A proprietária fala num estado de degradação e de “sujidade e desleixo” que lhe deverá custar “perto de 20 mil euros” a resolver.

Cristina Padrão denunciou o caso no Facebook, publicando diversas imagens que mostrarão a alegada degradação do imóvel, onde Renato Sampaio viveu durante “mais de 40 anos”.

Renato Sampaio confirma ao jornal online que não pagou atempadamente três meses de renda “por motivos de doença”, mas assegura que já saldou a dívida. Um dado que Cristina Padrão confirma, notando que o deputado e a mulher optaram por abandonar o imóvel “em meados de Abril”, não pagando assim o valor da indemnização previsto.

Sobre o alegado mau estado do apartamento, o também deputado não faz comentários, mas refere que vai avançar com uma “acção em tribunal”.

De acordo com o Público, foi por pouco que a denúncia não coincidiu com a intervenção que o deputado fizera na semana passada no Parlamento, num debate sobre rendas e reabilitação urbana.

A questão levou um dirigente nacional socialista a perguntar: “Qual é a legitimidade de Renato Sampaio para falar em nome do PS sobre habitação, quando é acusado de não pagar uma renda de 180 euros mensais?”

Renato Sampaio acusa a senhoria de não ter feito obras na casa ao longo dos anose alega estar a ser alvo de “perseguição”, revelando que foi apanhado de surpresa com a denúncia do caso no Facebook pela ex-senhoria.

Deputado admite abandonar vida política

De acordo com o Público, a decisão ainda não está tomada mas o deputado socialista Renato Sampaio não afasta a possibilidade de abandonar a vida política definitivamente no final do mandato.

O tema tem sido abordado pelo próprio junto de alguns dos seus correligionários de partido, mas à comunicação social, Renato optou por não revelar se vai mesmo retirar-se, ao fim de 20 anos de vida política.

ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. o que se vê nas fotografias são sinais de falta de obras de manutenção e conservação que cabem ao senhorio fazer. quanto aos meses em atraso o senhorio tem que nos mostrar os recibos dos meses que não foram pagos que com certeza estão em poder dele. tudo o resto são as costumeiras balelas do económico, observador, correio da mãnha e outros para atacar o governo não interessam os meios é preciso é atingir a finalidade.

    • Ó Zacarias!!! Ó Zacarias!!! Ó Zacarias!!! Tu saíste-me cá um palonso! Tens alguma coisa para fazer hoje à tarde? Tenho um terreno com alguma dimensão ao cimo do Marquês de Pombal para vender. No topo tem uma escultura muito célebre. Vendo-lhe barato. Pode construir ali prédios que nunca mais acaba, em zona supercentral de Lisboa. Quer lá ir ver?

  2. Pelo que se vê e lê na noticia, e não sendo simpatizante do PS, parece-se desnecessário publicar o artigo.
    De acordo com esta as mensalidades já foram pagas e pelo que se vê nas imagens apenas se pode constatar uma total falta de manutenção/obras de conservação do proprietário do imóvel.
    Vê-se situações de humidade, moveis degradados mas com 40 anos, paredes escuras que refletem o passar dos anos… Se este tipo de obras fosse da responsabilidade do inclino o aluguer de imóveis era um “negócio da china”. Se as coisas se degradam e envelhecem quem tem que reparar é o senhorio, salvo se, a mesma resultar de mau uso.

    Já imaginaram aluguer um carro numa empresa de aluguer/renting e depois termos que entregar o carro como se de novo se trata-se… pneus novos ainda com as marcas de fábrica, estofos impecáveis, etc…

    Assim sendo se alguém deve reclamar é o arrendatário não o senhorio… mas são politiquices logo vale tudo

    • certamente que o senhorio com a “elevada” renda de 180 euros não iria implantar uma cozinha de 7 mil euros, mais renovação de ligação de aguas e eletricidade. com 40 anos de uso estava muito degrada.

  3. COMO É POSSÍVEL O/A JORNALISTA NÃO SABER QUE O TEMPO DO VERBO NÃO É FUTURO . AS IMAGENS MOSTRARAM , ENTENDEU ??????? SE CALHAR ERA MELHOR VOLTAR AO ENSINO BÁSICO …

    • Cara Manuela,
      agradecemos o seu comentário. No entanto, vamos manter o tempo do verbo no futuro, uma vez que assim o podemos fazer para formular uma suposição.

  4. 180 € por mês durante 40 anos. Agora pega no que poupou e arranja um apartamento em Paris junto do amigalhaço dos bons amigos.

RESPONDER

Polícias de elite da PSP convocados para trabalhar nas obras

Operacionais da Unidade Especial de Polícia (UEP) da PSP estão a ser chamados para colaborarem como voluntários nas obras de remodelação da messe localizada na Quinta das Águas Livres, em Belas, Sintra. Segundo o Correio da …

Portugueses são dos que menos gastam em viagens turísticas

Os portugueses são dos cidadãos europeus que menos gastam em deslocações de turismo, ao desembolsar em média 136 euros por viagem turística, menos de metade da média da União Europeia, de 336 euros, revelam dados …

Ex-diretor da CIA admite recorrer à Justiça contra Donald Trump

O ex-diretor da CIA John Brennan admitiu neste domingo recorrer à Justiça, depois de o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lhe ter cancelado o acesso a informação confidencial e à Casa Branca. “Se esse é …

Trabalhadores da CGD em greve contra a perda de privilégios

O novo Acordo de Empresa que a Administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD) pretende implementar está a gerar revolta entre os trabalhadores e já levou à convocação de uma greve para sexta-feira, 24 de …

Asia Argento terá pago a jovem ator que a acusou de assédio sexual

A atriz e realizadora italiana terá pago 380 mil dólares para silenciar um jovem ator e músico que a acusa de assédio sexual quando tinha apenas 17 anos. Asia Argento foi uma das primeiras mulheres da …

Governo está a preparar descida dos impostos e aumento das pensões

São cinco as prioridades do Governo para o próximo Orçamento do Estado, segundo revela Marques Mendes no seu habitual espaço de comentário na SIC, nomeando o aumento das pensões, o alívio no IRS, a descida …

Bomba que matou 40 crianças no Iémen foi vendida pelos EUA em 2015

A bomba que matou de 40 crianças num autocarro escolar no Iémen, a 9 de agosto, foi fabricada pelos Estados Unidos e vendida à Arábia Saudita em 2015. De acordo com a CNN, que avança …

GNR "desfalcada" devido à transferência de mil militares para os incêndios

Nos últimos meses, mais de mil militares da GNR foram "reconvertidos" em bombeiros especialistas, membros do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), que atuam no combate a incêndios. Com esta alocação, a situação …

Em 17 anos, o número de inspetores na educação caiu 41%

Entre 2001 e 2017, o número de inspetores a Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC) passou de 304 funcionários a exercer essas funções para 179, registando assim uma queda de 41%. O Sindicato dos Inspetores da …

Mais de 400 mortos nas inundações em Kerala, no sul da Índia

Mais de 400 pessoas morreram na sequência das inundações que atingiram Kerala, na Índia, as mais graves em 100 anos naquele estado do sul do país, de acordo com um balanço feito nesta segunda-feira pelas …