Diretor nacional da Easyjet diz que empresa não deve operar até final de maio

O diretor da Easyjet em Portugal, José Lopes, disse na segunda-feira que a companhia aérea ‘lowcost’ não deverá operar “até ao final do mês de maio”.

“Ainda não temos data [para voltar a operar]. Sinceramente, não espero que até ao final do mês de maio existam condições para podermos voltar a operar (…). Poucos são os hotéis que vão abrir em maio, a grande maioria abre em junho. Até final de junho espera-se que 75% da oferta hoteleira já estará aberta”, avançou o responsável, em entrevista à RTP3, citada pelo Observador.

José Lopes indicou que a data de retoma da atividade vai depender de diversos fatores, para “organizar o sistema” de forma a adequar a oferta ao que for decidido a nível de saúde pública. A Easyjet aguarda também orientações da Agência Europeia de Segurança sobre as regras de saúde a bordo.

Segundo o diretor, é “quase impossível operar de forma eficiente economicamente uma aeronave com limitação de capacidade, seja ela qual for”. Os inquéritos, continuou, têm mostrado que “existe pouca disponibilidade de as pessoas gastarem dinheiro no turismo neste momento”, pelo que é preciso “estimular” a procura. “Numa fase inicial, dificilmente os aviões se encherão”.

Em Portugal, a empresa tem 340 trabalhadores em layoff (14 mil na Europa – o equivalente a 95% da força de trabalho). Em termos de frota global, tem 350 aviões em terra.

O responsável adiantou que a Easyjet já identificou os “tipos de tráfego que, primordialmente, nos parecem mais resilientes” e que vão permitir “fazer voos de teste”. No caso português, a rota Lisboa-Funchal “é a rota doméstica mais forte a nível aeronáutico” e deverá ser a que vai arrancar “numa primeira fase”.

Sobre se a empresa vai pedir mais ajudas ao Estado além do ‘layoff’, referiu que a indústria “foi afetada de forma muito forte e aquilo que nos espera é um largo período de incerteza”. “Esta retoma não vai ser à semelhança de crises anteriores, do 0 para 100 automaticamente. Vai ser longa e penosa” e “não esperamos que até ao inverno se consiga uma retoma a 100%”, apontou ainda.

A Easyjet teve acesso a um empréstimo do Banco de Inglaterra no início da crise. “Temos garantias que podemos estar, no máximo, 9 meses parados, no pior cenário possível”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

“Uma desgraça completa”. Ex-ministro do PSD arrasa atuação do Ministério da Saúde no combate à pandemia

O antigo governante do PSD Fernando Leal da Costa acusou esta quarta-feira o Ministério da Saúde de “falta de liderança” na gestão da pandemia de covid-19, e falou até de “uma desgraça completa” do ponto …

Ministro defende que investimento nas Forças Armadas “é tão relevante” como na saúde

O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, destacou o papel das Forças Armadas no combate à pandemia de covid-19 e defendeu que o investimento público nesta área “é tão relevante” quanto na saúde ou …

Giro. João "Rosa" Almeida segura liderança da geral

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) manteve esta quarta-feira a liderança da Volta a Itália em bicicleta, numa 17.ª etapa ganha pelo australiano Ben O'Connor (NTT). O'Connor, de 24 anos, cumpriu os 203 quilómetros entre Bassano del …

Investimento público atinge máximo de uma década em 2021

Dados do relatório do Orçamento do Estado mostram que o Governo conta terminar 2020 com um investimento público de 4.884 milhões de euros (75 milhões de euros a menos do que a previsão do Orçamento …

Audições urgentes pedidas pelo PS sobre StayAway Covid são por escrito ou em dezembro

O Parlamento aprovou, esta terça-feira, a audição de entidades e personalidades sobre a obrigatoriedade da aplicação Stayaway Covid, proposta pelo PS, "com caráter de urgência", por escrito ou em dezembro, após o debate do Orçamento …

Taxa de nascimentos de linces no Vale do Guadiana é a mais alta da Península Ibérica

A taxa de nascimentos na população de linces ibéricos no Vale do Guadiana é a mais elevada da Península Ibérica, segundo os resultados dos censos 2019 divulgados hoje pelo Instituto da Conservação da Natureza e …

Pai de aluna teria ligações ao assassino do professor decapitado em França

Os investigadores encontraram uma possível ligação entre o assassino do professor francês Samuel Paty, decapitado em Paris, e o pai de uma aluna. Em declarações à AFP, citadas pelo Diário de Notícias, uma fonte próxima do …

Nove anos de prisão efetiva para a mãe que abandonou bebé no contentor do lixo

A mulher que abandonou o filho recém-nascido num caixote do lixo na zona de Santa Apolónia, em Lisboa, em novembro de 2019, foi esta quarta-feira condenada a nove anos de prisão efetiva, por tentativa de …

Mais 16 mortes e 2.535 novos casos. País vive "momento grande preocupação"

Portugal contabiliza esta quarta-feira mais 16 mortos relacionados com a covid-19 e 2.535 casos confirmados de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o boletim hoje …

"Falso histórico". Depois do Ambiente, Cultura chumba palácio de Berardo na Arrábida

Depois do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), a Direção Geral do Património Cultural (DGPC) chumbou as obras ilegais levadas a cabo pela Bacalhôa Vinhos de Portugal, empresa de Joe Berardo. Há cerca …