Diretor da FCSH adiou conferência para resgatar liberdade de expressão de “envolvência de perigo”

O diretor da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) de Lisboa disse esta segunda-feira que a instituição assegurou a liberdade de expressão, “resgatando-a de uma envolvência de perigo”, ao adiar uma conferência do politólogo Jaime Nogueira Pinto.

Numa mensagem eletrónica dirigida aos alunos, professores, investigadores e pessoal não docente, Francisco Caramelo refere que “a decisão de adiar a conferência foi um ato pensado e debatido coletivamente com a direção da faculdade”.

Garantimos a liberdade de expressão, resgatando-a de uma envolvência de perigo e da probabilidade de violência”, sustentou.

A conferência com o politólogo Jaime Nogueira Pinto, “Populismo ou democracia? O Brexit, Trump e Le Pen em debate”, que esteve prevista para terça-feira passada, não se realizou por decisão da direção da faculdade, que invocou “ausência das indispensáveis condições de normalidade”.

Na mensagem, o diretor da FCSH sublinha que “nunca se tratou de uma anulação definitiva da conferência”, mas “de adiar para uma data próxima em que a mesma pudesse ter lugar em ambiente sereno”.

O diretor da universidade adiantou que se reuniu, na sexta-feira, com Jaime Nogueira Pinto e que o convidou para proferir uma conferência na faculdade. O convite foi aceite e a palestra “será marcada em função das disponibilidades do conferencista”.

Francisco Caramelo relatou que o movimento Nova Portugalidade, que promovia a conferência de terça-feira passada, exigiu na véspera do evento, em contactos telefónicos com a faculdade, a presença da polícia antes e durante a palestra.

Face à recusa da FCSH, o movimento indicou que levaria dez homens, “que estariam na sala durante a conferência e que garantiriam a segurança do evento”. A direção da faculdade, esclarece Francisco Caramelo, “não poderia pactuar com essas exigências”, uma vez que “a probabilidade de violência era muito elevada e o perigo considerável”.

Segundo o diretor da FCSH, a direção da faculdade “começou a receber sucessivas informações e indicações relativas a possíveis confrontos e insegurança à volta da conferência”, depois de ter recusado cancelar o evento, na sequência de uma moção aprovada em Reunião-Geral de Alunos.

A moção exigia o cancelamento da conferência, com a alegação de que o evento estava “associado a argumentos colonialistas, racistas, xenófobos”.

Francisco Caramelo garante que hoje tomaria, “em consciência”, a mesma decisão, mas “ainda com mais convicção“, devido “à entrada de dezenas de pessoas, identificadas como pertencentes à extrema-direita, com atitudes intimidatórias sobre os nossos alunos, e a concentração promovida pelo PNR”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Incêndios na Austrália permitiram descobrir canal mais antigo do que as Pirâmides do Egipto

Depois de a vegetação ter sido devastada pelos incêndios em Victoria, na Austrália, investigadores descobriram que este sistema de canais é significativamente maior do que se pensava. Desde setembro do ano passado que a Austrália enfrenta uma …

Sírios estão a vender os seus bens pessoais para que os filhos possam comer

O coordenador do projeto Médicos Sem Fronteiras na Síria diz que muitas famílias estão a ser forçadas a vender os seus bens pessoais para que os filhos possam comer. Bombardeamentos aéreos na Síria são uma constante. …

Casa Branca prepara medidas para travar "turismo de parto"

A Casa Branca prepara-se para endurecer as medidas que permitem a emissão de vistos para mulheres estrangeiras que vão aos Estados Unidos dar à luz para que os seus filhos recebem automaticamente cidadania norte-americana. A …

Eletrões e quarks podem experimentar consciência, defende professor

O filósofo Philip Goff defende, num livro que publicou recentemente, uma teoria milenar que sustenta que todas as formas de matéria - incluindo os eletrões e até os quarks - podem experimentar consciência. Tal como observa …

Lego lança réplica da Estação Espacial Internacional

A Lego anunciou um novo conjunto para todos os entusiastas de exploração espacial. A Estação Espacial Internacional está a muitos quilómetros de distância da Terra mas, agora, quem quiser pode ter uma reprodução nas sua …

HBO anuncia sátira de animação sobre família real britânica

A plataforma de streaming HBO encomendou uma série de comédia do género de "Family Guy" em versão realeza, inspirada nos membros mais famosos da família real britânica.  De acordo com a AFP, a série vai chamar-se …

Salário mínimo sobe para 950 euros em Espanha

O Governo de Espanha anunciou, esta quarta-feira, um aumento do salário mínimo nacional para 950 euros. A ministra do Trabalho e da Economia Social, Yolanda Díaz, anunciou, esta quarta-feira, a subida do salário mínimo para os …

O Relógio do Juízo Final avança 20 segundos. Faltam 100 para o Apocalipse

O Boletim de Cientistas Atómicos anunciou, esta quinta-feira, que o Relógio do Julízo Final está mais próximo do apocalipse. Especialistas avançaram o relógio 20 segundos para alertar líderes e cidadãos de todo o mundo que …

Juiz que pediu escusa por ser benfiquista continua com o caso dos emails

O presidente do Tribunal da Relação do Porto decidiu julgar improcedente o pedido de escusa do juiz. Em causa estava o facto de ser adepto do Benfica. Segundo o jornal Público, o juiz desembargador Eduardo Pires, …

Portugal piorou no Índice de Perceção de Corrupção

Mais de dois terços dos países, juntamente com muitas das economias mais avançadas do mundo, estão estagnados ou mostram sinais de retrocesso nos seus esforços de combate à corrupção. Segundo o Índice de Perceção de Corrupção …