Diretor do Centro Nacional de Cibersegurança demite-se

icannphotos / Wikimedia

O ex-administrador da extinta FCCN, Pedro Veiga

Pedro Veiga demitiu-se do cargo de coordenador do Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS). Motivo “não está relacionado” com Exercício Nacional de Segurança.

O coordenador do Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS), Pedro Veiga, demitiu-se do cargo, confirmou esta quarta-feira à Lusa o gabinete da ministra da Presidência e da Modernização Administrativa.

Ao Observador, o gabinete da ministra da Presidência e da Modernização Administrativa afirmou que a demissão de Pedro Veiga “não está relacionada” com o Exercício Nacional de Cibersegurança, que se realiza até quinta-feira. De acordo com o gabinete, o antigo coordenador terá apresentado a demissão “por outros motivos”.

No entanto, o Diário de Notícias adiantou outros motivos, nomeadamente ligados à falta de investimento. De acordo com fontes que têm acompanhado a atividade do CNCS, Pedro Veiga tinha manifestado, em privado, frustração por não conseguir capacitar o centro ao nível que entendia ser adequado.

“Os valores permitidos para a contratação de técnicos ficavam muito abaixo daquilo que podem e recebem no setor privado”, adiantou uma dessas fontes. Além disso, acrescenta que, desde que tomou posse, Pedro Veiga viu fugir vários quadros altamente qualificados.

O pedido de demissão foi anunciado em pleno simulacro de um ciberataque, o primeiro exercício que procura testar o grau de preparação de várias entidades públicas e privadas a um ciberataque.

Pedro Veiga foi pioneiro da Internet em Portugal, professor no Departamento de Informática da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, e ex-líder da extinta Fundação para a Computação Científica Nacional – FCCN, responsável pela gestão do domínio de topo “.pt”.

Foi nomeado em 2016 por Maria Manuel Leitão Marques como coordenador do Centro Nacional de Cibersegurança. O responsável do CNCS deveria ficar no cargo até 2019, mas, ainda assim, a ministra agradeceu “o contributo inestimável de Pedro Veiga para o trabalho nesta área, ao longo destes dois anos”.

A nomeação do substituto será anunciada brevemente, de acordo com uma informação do gabinete de Maria Manuel Leitão Marques.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Deputado Lobo d'Ávila abre portas ao futuro no CDS. "Não digo não" ao partido

O ex-deputado Filipe Lobo d'Ávila afirmou que não afasta a possibilidade de se candidatar à liderança do CDS. O potencial candidato à sucessão de Assunção Cristas indicou que a estratégia do partido, nos últimos anos, …

Só o Governo prevê uma aceleração em 2020. OCDE também está pouco otimista (e deixa um conselho a Centeno)

A economia portuguesa vai abrandar nos próximos anos, segundo antecipa a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE). No Economic Outlook publicado esta quinta-feira, as previsões para a economia nacional aponta para um crescimento …

Trump exige que se pare "a caça às bruxas" em reação a testemunho de embaixador

"Esta caça às bruxas deve parar agora. Tão prejudicial para o nosso país!", escreveu Donald Trump no Twitter, em reação ao testemunho do seu embaixador da União Europeia. O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, manifestou …

Seis embaixadores portugueses mudam de países

Há seis embaixadores portugueses que vão mudar de cidade. O Presidente da República já assinou o decreto que rege a nomeação de novas chefias para tutelar as embaixadas de Portugal em Berlim, Madrid, Praga e …

Rúben Dias pede dois milhões por ano. Vieira não está disposto a pagar tanto

A negociação de contrato entre Rúben Dias e o SL Benfica atingiu um impasse. O jogador não se contenta com um salário inferior a dois milhões de euros líquidos por ano, mas Vieira não está …

Secretarias de Estado instaladas em "casa" dos governantes

As três secretarias de Estado que ficarão fora de Lisboa serão instaladas nas terras natal dos seus respetivos governantes. Esta medida do Governo faz parte de um esforço de descentralização. O Governo decidiu avançar nesta legislatura …

Governo quer bolsas do Ensino Superior automáticas para alunos de ação social escolar

O Governo quer que os alunos do secundário com direito à ação social escolar tenham direito, de forma automática, a bolsas do ensino superior, algo que pode acontecer já no próximo ano letivo. Segundo noticiou o …

Modelo económico do Google e Facebook "ameaça" direitos humanos, diz Amnistia Internacional

A Amnistia Internacional criticou esta quinta-feira o modelo económico "baseado na vigilância" dos gigantes da internet Google e Facebook, considerando que é uma "ameaça sistémica aos direitos humanos". Num relatório, a organização não-governamental argumentou que, ao …

Da Amora a Lima. Jorge Jesus "está a dois passos de alcançar a eternidade"

A cumprir a 31.ª época da sua carreira de técnico, iniciada há 30 anos, na temporada 1989/90, ao serviço do Amora, Jesus precisa de bater os argentinos do River Plate, os detentores do título, para …

Revolucionários colombianos estão a recrutar crianças venezuelanas para guerrilha

A Federação de Associações de Professores Universitários da Venezuela (FAPUV) denunciou na quarta-feira que grupos e subversivos da vizinha Colômbia estão a recrutar crianças em idade escolar para a guerrilha. "Temos jovens e crianças, especialmente nas …