Dinheiro por lixo: aldeia da Indonésia troca cultivo por reciclagem de resíduos

Sobrecarregada por um aumento nas importações de resíduos depois de a China ter fechado as suas portas ao lixo estrangeiro, a Indonésia endureceu as regras de importação e as inspeções aduaneiras, enviando centenas de toneladas de resíduos estrangeiros de volta aos seus países de origem.

Grupos ambientalistas elogiaram a ação repressiva, mas os moradores de Bangun, uma ilha de Java, na Indonésia, dizem que restringir o lixo de países como Estados Unidos (EUA), Canadá e Austrália vai acabar com uma fonte de receita vital, noticiou no domingo o Diário de Notícias.

“Se eles vão proibir-nos de o fazer, tem de haver uma solução. O governo não nos proporcionou empregos”, disse Heri Masud ao fazer uma pausa na triagem de lixo empilhado ao redor da aldeia de 3.600 pessoas.

As frentes e os quintais das casas em Bangun transbordam com lixo em terras que já foram usadas para cultivar arroz. Os habitantes procuram plástico e alumínio para vender a empresas de reciclagem. Os fabricantes de tofu também compram resíduos para queimar como combustível ao fazer os alimentos à base de soja.

Heri Masud disse que o dinheiro da separação do lixo é usado para financiar atividades como o envio de aldeões na peregrinação de Haj aos locais mais sagrados do islão na Arábia Saudita. “Todos os anos, 17-20 pessoas desta aldeia vão numa Haj. Isso é financiado a partir desses resíduos”, disse.

Salam, de 54 anos, disse que o lixo reciclado pagou os estudos dos seus filhos, e também comprou uma casa para a sua família e gado. “Tenho nove cabras agora”, indicou o homem, que trabalha como intermediário de resíduos entre os camponeses e uma fábrica de papel próxima e diz que o seu trabalho é mais fácil do que a agricultura.

ABr

Embora possa ser mais lucrativo, as pilhas de lixo são uma ameaça à saúde dos moradores, dizem ambientalistas. Uma investigação do grupo ambientalista ECOTON descobriu que os microplásticos haviam poluído a água subterrânea em Bangun e no vizinho rio Brantas, usado para beber água por cinco milhões de pessoas na região.

A Indonésia importou 283 mil toneladas de resíduos plásticos no ano passado, um aumento de 141% em relação ao ano anterior. O país é o segundo maior contribuinte de poluentes plásticos nos oceanos do mundo, de acordo com um estudo realizado em 2015.

Os resíduos domésticos também são um problema. A Indonésia gera 105 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos todos os dias nas áreas urbanas, sendo que apenas 15% são reciclados, informou um relatório do Banco Mundial datado de junho. Muitos aterros sanitários urbanos estão perto da capacidade total e as praias de todo o arquipélago estão muitas vezes cheias de lixo.

“Já sabemos que a Indonésia está poluída, e agora a América está a acrescentar o seu lixo”, declarou Prigi Arisandi, diretor executivo da ECOTON, num recente protesto diante do consulado geral dos EUA em Surabaya, no leste de Java.

A Indonésia lançou um plano para reduzir em 70% o lixo plástico nos mares até 2025, comprometendo-se a gastar mil milhões de dólares, mas não é claro o progresso realizado até agora. O governo está atrasado na implantação de estações de co-geração de energia, enquanto um plano para impor um imposto sobre os sacos de plástico enfrenta forte oposição da indústria do plástico.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …

Covid-19. México investiga mercado negro de atestados de óbito falsos

As autoridades da Cidade do México anunciaram que estão a investigar um suposto mercado negro de atestados de óbito relacionado com a covid-19, no dia em que o país registou 625 mortes nas últimas 24 …

Astrónomos descobrem "réplica" do Sol e da Terra a três mil anos-luz

O que diferencia esta descoberta de outros exoplanetas parecidos com a Terra é que a sua estrela tem uma semelhança impressionante com o nosso Sol. Entre os dados da missão Kepler, uma equipa de investigadores identificou …

Sem romarias e festas, milhares de famílias estão a entrar em falência

Milhares de famílias cujo rendimento depende das romarias e festas populares estão a atravessar sérias dificuldades económicas. Os prejuízos ultrapassam os 50 milhões de euros. A suspensão das festas populares e romarias religiosas em todo o …

Corpo de Maria Velho da Costa ficou 11 dias na morgue. Filho critica MP e fala em "massacre psicológico"

Os restos mortais da escritora Maria Velho da Costa, que faleceu a 23 de Maio, ficaram no Instituto de Medicina Legal, em Lisboa, durante 11 dias, sem que a família tivesse conhecimento de que já …

"Vocês são uns ingratos". Vieira arrasa equipa após empate com o Tondela

Luís Filipe Vieira foi ao balneário falar com os jogadores após o empate com o Tondela. O presidente benfiquista mostrou-se irritado e acusou os futebolistas de ingratidão. Depois do empate do SL Benfica com o CD …

Costa tirou o tapete ao seu "super-ministro" (que é cada vez mais candidato a líder do PS)

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, já foi um peso-pesado do Governo de António Costa, mas o primeiro-ministro desautorizou-o na discussão sobre o futuro da TAP, num claro sinal de que a "lua-de-mel" entre os …

Há dois candidatos na calha para suceder a Centeno. Siza Vieira fora da corrida

Pedro Siza Vieira era apontado como o favorito a suceder a Mário Centeno na pasta das Finanças, mas recusou essa possibilidade. Nelson de Souza e João Leão são agora os dois principais candidatos. Com a saída …