“Temos dinheiro”. 83 multimilionários querem pagar mais impostos para ajudar a economia

Um grupo de 83 multimilionários de sete países escreveu uma carta aberta onde instam os seus governos a aumentar os impostos sobre os mais ricos, de forma a que possam ajudar na recuperação da crise provocada pela pandemia.

Na carta aberta, os 83 multimilionários dos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Nova Zelândia, Alemanha, Dinamarca e Holanda, pedem que lhes sejam aplicados impostos mais avultados, considerando ser este o único caminho para apoiar a recuperação da economia mundial depois da crise provocada pela pandemia cujos efeitos poderão prolongar-se durante muitos anos.

“À medida que a covid-19 atinge todo o mundo, milionários e bilionários como nós têm um papel importante a desempenhar no mundo”, lê-se na missiva assinada por nomes como Abigail Disney (produtora de filmes), Jerry Greenfield (um dos fundadores da Ben and Jerry’s) e Mariana Bozesan (investidora em startups e filantropista), de acordo com o jornal britânico The Guardian.

“Mas temos dinheiro, muito. Dinheiro que é extremamente necessário agora e que vai continuar a ser necessário nos próximos anos, à medida que o mundo recupera desta crise. Hoje, nós, milionários que assinamos esta carta, pedimos aos nossos governos que subam os impostos sobre pessoas como nós. Imediatamente. Substancialmente. Permanentemente”, lê-se.

O grupo de milionários acredita que os efeitos da crise vão perdurar durante décadas, deixar milhares de pessoas em situação de pobreza e centenas de milhões vão ficar desempregadas. O grupo recorda ainda as crianças sem acesso aos recursos educativos e a falta de camas nos hospitais, máscaras e ventiladores.

“Os líderes dos Governos têm de assumir a responsabilidade de captar os fundos necessários e gastá-los de uma forma justa. Podemos assegurar que financiamos de forma adequada os nosso sistemas de saúde, educação e de segurança através de um aumento dos impostos permanente sobre as pessoas mais ricas do planeta, pessoas como nós”.

“Ao contrário de dezenas de milhões de pessoas por todo o mundo, não temos de nos preocupar com [a possibilidade] de perdermos o emprego, as nossas casas ou a nossa capacidade de sustentar as nossas famílias.Por isso, por favor. Tributem-nos. Tributem-nos. Tributem-nos. É a escolha certa. É a única escolha. A humanidade é mais importante que o nosso dinheiro”, rematam.

Para o grupo de 83 milionários, “é necessário reequilibrar o mundo antes que seja demasiado tarde”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Ás vezes ainda aparecem algumas coisas que mostram que ainda existe uma réstia de esperança na humanidade, infelizmente são cada vez mais raras mas ainda vão aparecendo!

RESPONDER

Cientistas calculam probabilidade de contágio ao viajar de comboio

Investigadores da Universidade de Southampton, no Reino Unido, calcularam a probabilidade de contrair covid-19 ao viajar numa carruagem de comboio com uma pessoa infetada. Em colaboração com a Academia Chinesa de Ciências, a Academia Chinesa de …

Hong Kong. Magnata da imprensa Jimmy Lai libertado sob caução

O magnata da imprensa e uma das principais figuras do movimento pró-democracia de Hong Kong Jimmy Lai foi esta terça-feira libertado sob caução, constatou a agência France-Presse. Jimmy Lai tinha sido detido na segunda-feira, ao …

Lar de Reguengos de Monsaraz diz ter feito tudo para salvar vidas

A direção do lar de Reguengos de Monsaraz (Évora) onde surgiu o surto de covid-19 que causou 18 mortos garantiu ter feito “tudo” ao seu “alcance” para “salvar vidas”, nesta “crise” com “contornos dramáticos”. A Fundação …

Israel fecha os olhos e deixa palestinianos cruzarem a fronteira para ir a banhos

As autoridades israelitas têm deixado milhares de palestinianos cruzar a barreira de separação entre os dois territórios para poderem ir às praias. Este foi um fim-de-semana muito especial para Siham e os seus cinco filhos. …

Diabéticos e hipertensos voltam a ter faltas justificadas

Os diabéticos e hipertensos sem condições para desempenharem funções em teletrabalho voltam a ter direito a justificar as faltas ao trabalho devido à pandemia de covid-19, segundo um diploma publicado em Diário da República. “Os imunodeprimidos …

Deputada da Coreia do Sul debaixo de fogo. Usou um vestido no Parlamento

Na semana passada, a deputada sul-coreana Ryu Ho-jeong usou um vestido numa assembleia legislativa, sendo bombardeada com críticas que gerou um debate sobre sexismo e a cultura patriacal do país. De acordo com a CNN, na …

SC Braga oficializa "top gun" Gaitán por duas temporadas

O internacional argentino Nicolas Gaitán assinou um contrato com o Sporting de Braga válido por uma época, com outra de opção, informou esta terça-feira o clube minhoto da I Liga de futebol. Formado no Boca Juniors, …

Vacina russa chama-se "Sputnik V" e foi já pedida por 20 países

A vacina russa contra a covid-19, cujo registo foi esta terça-feira anunciado pelo Presidente, Vladimir Putin, chama-se "Sputnik V", vai começar a ser fabricada em setembro e já foi encomendada por 20 países. De acordo com …

Rui Pinto no Twitter: "Travessia do deserto” terminou mas a “luta continua”

Rui Pinto assumiu que a “árdua e longa ‘travessia do deserto’” chegou ao fim, aludindo à sua libertação, mas avisou que “a luta continua”, pois Portugal “continua um paraíso para a grande corrupção” e branqueamento …

PJ deteve suspeita de atear fogo florestal no Parque Nacional da Peneda-Gerês

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve uma mulher de 57 anos suspeita de atear um incêndio florestal registado em 4 de agosto no Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG), no concelho de Terras de Bouro. Em …