Carlos do Carmo “renovou o fado”. Governo decreta um dia de luto nacional

Pedro Nunes / Lusa

O Governo decretou um dia de luto nacional para segunda-feira pela morte do fadista Carlos do Carmo, esta sexta-feira, aos 81 anos.

“É com extrema consternação e profundo pesar que o Governo tomou conhecimento do falecimento de Carlos do Carmo e decidiu decretar um Dia de Luto Nacional a concretizar-se na próxima segunda-feira, 4 de janeiro de 2021″, refere uma nota do gabinete do primeiro-ministro.

O Governo propôs ainda ao Presidente da República a atribuição da Ordem da Liberdade, a título póstumo, “pelo determinante papel que Carlos do Carmo teve na renovação do fado, atribuição que, de resto, já estava prevista”.

“Fazendo eco das palavras que cantou no ‘Fado da Saudade’: ‘Mas com um nó de saudade, na garganta/ Escuto um fado que se entoa, à despedida’ de um grande amigo”, escreveu o primeiro-ministro, António Costa, no Twitter.

O chefe do Executivo sublinhou que Carlos do Carmo “não era só um notável fadista, que o público, a crítica e um Grammy consagraram. Um dos seus maiores contributos para a cultura portuguesa foi a forma como militantemente renovou o fado e o preparou para o futuro”, evocou.

Em declarações à RTP, o Presidente da República disse ter recebido esta notícia com uma reação idêntica “à de todos os portugueses”, “uma reação de perda”.

“Perda por aquilo que Carlos do Carmo fez pela consagração do fado como património imaterial da Humanidade, mas também pelo que deu como voz de Portugal cá dentro e lá fora junto das comunidades portuguesas, prestigiando não apenas o fado, mas a nossa cultura”, destacou Marcelo Rebelo de Sousa.

“Por detrás de uma grande figura da cultura estava um grande homem, com uma grande riqueza pessoal, uma sensibilidade e uma intuição e identificação com o povo português que o povo português não esquece”, acrescentou.

As cerimónias fúnebres do fadista realizam-se no mesmo dia, na Basílica da Estrela, em Lisboa, disse à agência Lusa um dos seus filhos.

O velório tem início às 09h00 de segunda-feira, na Basílica, sendo rezada missa de corpo presente pelas 14h00. Segue-se o funeral para um cemitério da capital ainda a designar, segundo a família do cantor.

Reações à morte do fadista

A cantora Simone de Oliveira realçou a carreira internacional do fadista, e a dimensão que atingiu, da qual “os portugueses não têm noção”, como afirmou à agência Lusa.

“Do Carlos fica a sua maneira de interpretar, a voz única, os poetas que trouxe, e era um homem um bocado libertário”, afirmou, referindo-se ainda ao fadista e amigo, como “um homem interessante e inteligente” e “absolutamente um homem do espetáculo, do showbiz“.

A também fadista Mariza recordou Carlos do Carmo como “um bom amigo, homem generoso, inteligente, observador, muito curioso, e que gostava de partilhar”.

A fadista recordou o apoio à sua carreira, afirmando que tinha sido seu “mestre sem o saber”, logo no início do seu percurso. “Ele chamava-me para junto do seu abraço.”

Em declarações à RTP, o músico Camané diz que “foi um choque muito grande”. “Conheço o Carlos do Carmo desde sempre, somos muito amigos. É difícil de lidar, é uma grande referência do fado e continua a ser. Vai ser sempre uma das pessoas mais importantes do fado. Foi uma pessoa que acreditou em mim”, afirmou.

“Sempre achei que, ao mesmo tempo que é ‘fadista de gema’, ele é mais do que isso, é um cantor. Não é um fadista característico, como o [Alfredo] Marceneiro, é alguém com outro tipo de formação e que renovou dentro do fado e tem um papel absolutamente fulcral”, afirmou, por sua vez, o músico Sérgio Godinho.

O cantor e compositor Fernando Tordo também lamentou a morte de Carlos do Carmo, considerando que desapareceu “o mais jovem de todos os fadistas”, com quem manteve 50 anos de amizade.

“Com este infeliz acontecimento desaparece o grande responsável pela transformação, pela modificação da autoria e da composição para fado”, disse Fernando Tordo.

Rui Vieira Nery, autor de “Para uma História do Fado”, afirmou que “quase todos os momentos de renovação do fado, nos últimos 50 anos, tiveram alguma ligação com Carlos do Carmo”.

Vieira Nery referiu “os grandes poetas e compositores de outras áreas que Carlos do Carmo trouxe para o fado” e “as pontes que estabeleceu entre o fado e outros géneros musicais”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Novo método permite eliminar a bioincrustação marinha eficazmente

Um projeto inovador demonstrou como os revestimentos de superfície eletricamente carregados podem eliminar a bioincrustação marinha ou o crescimento de organismos marinhos, melhorando a operação e manutenção de embarcações navais. A bioincrustação marinha é um fenómeno …

Aglomerado de safiras estrela encontrado no Sri Lanka pode ser o maior do mundo

Um aglomerado de safiras estrela do mundo foi encontrado num quintal no Sri Lanka. A pedra é azul, pesa 510 quilos e estima-se que valha cerca de 84 milhões de euros. A pedra foi encontrada …

Médico sírio acusado na Alemanha de crimes contra a humanidade

Um médico sírio foi acusado na Alemanha de crimes contra a humanidade por supostamente torturar e matar pessoas em hospitais militares no seu país de origem, informaram os promotores na quarta-feira. O Ministério Público Federal de …

Justiça climática. Vamos todos sofrer com as alterações climáticas, mas não de forma igual

A recente onda de calor na América do Norte é mais um exemplo de que apesar de ser um problema global, as alterações climáticas não vão afectar todos igualmente e podem exacerbar injustiças sociais e …

Os exemplos que Portugal deve seguir (e evitar) nas últimas etapas da pandemia

No plano apresentado pela equipa de Raquel Duarte comparam-se as estratégias opostas adotadas por Israel e Reino Unido, com a segunda a merecer nota negativa por parte dos investigadores. Os dados foram lançados na reunião que …

Jogos da Taça da Liga de sábado adiados para domingo para poderem ter público

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) anunciou, esta quinta-feira, que os jogos da Taça da Liga agendados para sábado vão ser adiados para domingo, para que possam ter público nas bancadas. "A Liga, …

Dinamarca enfrenta acção legal por querer repatriar refugiados sírios

O governo dinamarquês quer repatriar sírios naturais de Damasco depois de um relatório mostrar que há zonas da Síria onde a segurança melhorou. A decisão está a ser criticada por activistas e o caso pode …

Pela primeira vez, foi observada luz por detrás de um buraco negro

Um estudo divulgado esta quarta-feira revelou a primeira observação direta da luz por detrás de um buraco negro, através da deteção de pequenos sinais luminosos de raios-X, confirmando a Teoria da Relatividade Geral, de Einstein. Segundo …

Cheias atingem campos no Bangladesh. Pelo menos seis refugiados Rohingya mortos

Pelo menos seis refugiados Rohingya morreram após as cheias inundarem os campos de refugiados em Bangladesh nos últimos dias, destruindo os abrigos de bambu e plástico e deixando pelo menos 5.000 desabrigados, informou o Alto-comissariado …

Defesa de Salgado alega diagnóstico preliminar de Alzheimer do ex-banqueiro

A defesa do antigo presidente do BES, que está a ser julgado por três crimes de abuso de confiança no âmbito da Operação Marquês, pediu ao tribunal uma perícia médica devido ao seu diagnóstico preliminar …