Mãos no colo e janela aberta. DGS divulga orientações para os transportes públicos

Manuel de Almeida / Lusa

Desinfeção frequente das superfícies, distanciamento físico e uso de máscara são algumas das orientações divulgadas pela Direção-Geral da Saúde para os transportes públicos.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) publicou esta quarta-feira as orientações de cuidados de saúde pública a manter em transportes públicos como autocarros, comboios, metros e táxis.

As empresas e operadoras de transportes públicos coletivos e individuais devem ter um plano de contingência próprio, ficando encarregues de acompanhar a sua implementação. O plano deverá garantir “aconselhamento técnico aos seus colaboradores, sensibilização para o cumprimento de medidas de proteção contra a covid-19 e materiais de limpeza, máscaras e equipamentos de proteção individual adequados”.

Os trabalhadores devem ser sensibilizados para o cumprimento das regras de etiqueta respiratória, lavagem correta de mãos, distanciamento físico e outras medidas de higienização e controlo ambiental.

“Os trabalhadores que estejam expostos ao público ou que partilhem o mesmo espaço com outras pessoas devem utilizar máscara facial, de preferência cirúrgica”, lê-se ainda no documento citado pelo SAPO24.

Em relação aos passageiros de transportes públicos, a DGS recomenda que sigam as medidas de segurança e de higiene recomendadas, entre as quais a utilização de máscara. Para além do apelo ao distanciamento físico, etiqueta respiratória e lavagem correta de mãos, os passageiros também devem “reduzir ao mínimo o contacto manual com as superfícies”.

Como tal, as empresas e operadoras deverão “disponibilizar, para trabalhadores e utilizadores, uma solução antissética de base alcoólica ou outra solução à base de álcool”.

O pagamento eletrónico deve ser privilegiado, evitando ao máximo o contacto direto com os motoristas e funcionários.

Nos veículos em que tal seja tecnicamente possível, a DGS determina a “abertura automática das portas, efetuando paragem em todas as estações/paragens, no sentido de evitar que os utilizadores tenham de carregar no botão de abertura de portas (botão stop), e privilegiar a entrada e a saída dos utilizadores pela porta traseira do veículo”.

Em táxis e veículos TVDE, os passageiros devem viajar apenas no banco de trás, “mantendo a janela aberta para permitir a circulação do ar”.

“Já os utilizadores deste tipo de transporte devem colocar os pertences próprios na bagageira de forma autónoma e independente, manter as mãos no colo durante a viagem e evitar o manuseamento e toque nas superfícies do interior do veículo e higienizar as mãos antes e após a utilização”, lê-se ainda no documento.

A limpeza e desinfeção das superfícies é também uma das prioridades apontadas pela DGS para todas as empresas e operadoras de transportes públicos.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Portanto que se ponham a pau as empresas privadas sujeitas a fiscalização e multas. As empresas de estado podem voltar ao modo “lata de sardinha”. Tal como na limpeza das matas, o zé povinho paga mas as matas do estado continuam na mesma…

RESPONDER

“Discriminação inaceitável”. Quase 100 mil alunos e docentes do ensino privado excluídos dos testes rápidos

Mais de 84 mil alunos e 11 mil professores do ensino privado não vão ter direito a realizar testes rápidos de antigénio quando forem retomadas as aulas presenciais. O Conselho de Ministros aprovou, este domingo, uma resolução …

Como surgiu a vida na Terra? Cientistas acreditam ter descoberto o "elemento-chave"

Uma equipa de investigadores da Ludwig-Maximilians-Universitaet, na Alemanha, mostrou que pequenas alterações nas moléculas de transferência de ARN (tARNs) permitem que se auto-agrupem numa unidade funcional que consegue replicar informações exponencialmente. Uma equipa de biólogos alemães …

Telescópio FAST detetou três misteriosos sinais rádio do ainda jovem Universo

O gigante telescópio chinês FAST (Five Hundred Metre Aperture Spherical Telescope) detetou três misteriosas rajadas rápidas de rádio (FRB) que ocorreram quando o Universo era ainda jovem. As rajadas rápidas de rádio são um dos …

Áustria reitera rejeição de acordo comercial UE-Mercosul

O Governo austríaco, numa carta enviada ao primeiro-ministro, António Costa, reiterou a sua rejeição do acordo comercial UE-Mercosul e apelou a que Portugal, enquanto presidência da União Europeia (UE), “assegure” que a sua votação seja …

Em Málaga, pode comer-se o pão mais caro do mundo. É feito com ouro e prata

É na padaria espanhola Pan Piña que se confeciona aquele que é, de momento, o pão mais caro de todo o mundo. Este é vendido por uma quantia que pode chegar até aos 3.700 euros …

Novas evidências apontam eventual localização dos destroços do MH370. Jornalista sugere que foi abatido

O chefe da busca fracassada pelo voo MH370 da Malaysia Airlines está a pedir um novo inquérito com base em novas evidências que podem finalmente resolver o mistério do desaparecimento da aeronave há sete anos. De …

Cidade nos EUA testou o rendimento básico universal. "Os números foram incríveis"

Além de a percentagem de pessoas que tinham um emprego a tempo inteiro ter subido, os participantes da iniciativa também relataram sentir-se menos ansiosos. De acordo com o estudo publicado esta quarta-feira, citado pela agência …

Belenenses 0-3 Benfica | Vendaval suíço após o descanso

O Benfica venceu o dérbi com a Belenenses SAD, em jogo a contar para 22ª jornada da Liga NOS, por 3-0. Uma partida que teve uma primeira parte mal jogada e com muitas dificuldades para as …

Investigador apresenta nova geração de drones minúsculos e ágeis. São inspirados em mosquitos

Os mosquitos são insetos incrivelmente acrobáticos e resistentes durante o voo, o que os ajuda a navegar entre rajadas de vento, obstáculos e incertezas. Agora, uma equipa de investigadores construiu um sistema que se aproxima …

OMS considera que a pandemia podia ter sido evitada se alguns países não tivessem sido lentos a reagir

O diretor-geral da OMS afirmou esta segunda-feira que alguns países reagiram lentamente à declaração de emergência sanitária global em janeiro de 2020, desperdiçando-se uma "janela de oportunidade" para evitar a pandemia de covid-19. "A 30 de …