DGS lança manual para enfrentar a covid-19 em casa e na rua

A Direção-Geral da Saúde (DGS) lançou, esta quinta-feira, um manual com medidas gerais de prevenção e controlo da covid-19.

Neste manual, a DGS diz que a lixívia ser diluída em água fria, uma vez que a água quente lhe retira eficácia e facilita que passe da sua forma líquida a gasosa, promovendo a libertação de gases tóxicos.

A DGS diz que as superfícies devem ser lavadas primeiro com detergentes domésticos e só depois deve ser aplicada lixívia, deixando atuar 10 minutos, e que o uso de lixívia não é estritamente necessário se não houver pessoas infetadas na habitação.

Se houver pessoas infetadas em casa, a lixívia deve ser diluída na proporção de quatro colheres de sopa par cada litro de água.

A autoridade nacional de saúde aconselha também a limpar e descontaminar as zonas de contacto frequente em casa como, por exemplo, maçanetas das portas, corrimões, interruptores de luz, comandos ou teclados e recorda que a limpeza deve ser feita sempre no sentido de cima para baixo e das áreas mais limpas para as mais sujas.

As áreas de confeção de alimentos e instalações sanitárias também devem ser desinfetadas com maior regularidade.

Sobre os acessórios de uso pessoal, como anéis, pulseiras, relógios e outros objetos, diz que devem ser removidos antes da lavagem das mãos e que deverão também ser higienizados após a sua utilização.

Para a roupa, a DGS recorda que só é estritamente necessário descontaminar (através da temperatura ou do uso de lixívia) nos casos de doentes com covid-19, cuidadores de doentes, profissionais de saúde ou pessoas que tenham estado em contacto com superfícies contaminadas.

Nestes casos, deve-se evitar sacudir a roupa, lavar preferencialmente na máquina, com a maior temperatura possível, pelo menos a 60ºC durante 30 minutos ou entre 80ºC e 90ºC durante 10 minutos, para descontaminar através da temperatura.

Se a pessoa usar lavandarias públicas deve organizar as roupas antes de ir à loja de forma a só precisar de colocar as peças de roupa na máquina quando estiver no local e dobrar as roupas limpas em casa para reduzir o tempo de permanência e as superfícies em que toca.

Quanto aos espaços fechados, a DGS diz que se deve sempre abrir portas ou janelas para manter o ambiente limpo, seco e bem ventilado e, se for necessário usar um sistema de ventilação de ar forçado, usar sempre na função de renovação com ar exterior, evitando a recirculação do ar.

“É recomendado que desligue a função de desumidificação, do sistema de ventilação e ar condicionado”, diz ainda a DGS, que aconselha a reforçar a desinfeção do reservatório de água condensada e da água de arrefecimento das turbinas do ventilador.

Quanto aos resíduos, em caso de pessoa suspeita ou infetada com covid-19, deve ser usado sempre um caixote do lixo com tampa, de preferência com pedal, ter um saco sempre no caixote e nunca o encher acima dos dois terços da capacidade. Os resíduos nunca devem ser calcados para sair o ar.

A DGS aconselha ainda a fechar bem o saco de plástico com dois nós bem apertados e, preferencialmente, com um atilho ou adesivo, colocando o primeiro saco dentro de um outro, igualmente bem fechado. Estes resíduos nunca devem ser colocados no Ecoponto.

Sobre a utilização de máscaras, agora obrigatória em transportes públicos e espaços públicos fechados como supermercados, a DGS insiste que a máscara permite que o utilizador proteja as pessoas que o rodeiam e o ambiente, mas a sua utilização “só é efetiva se for combinada com outras medidas de prevenção, como a lavagem de mãos, a etiqueta respiratória e o distanciamento físico”.

“Por si só, a máscara não garante proteção, podendo fazer esquecer as outras medidas de prevenção. Por exemplo, se a máscara não estiver bem colocada, pode ter a tendência para tocar mais vezes na cara“, lembra.

A DGS diz também que quem usa máscara deve prendê-la à cabeça sem cruzar os elásticos e não a deve retirar para falar, tossir ou espirrar, usando-a, no máximo, por quatro horas.

Neste manual, a autoridade de saúde lembra que o levantamento das restrições de circulação das pessoas aumenta ainda mais a responsabilidade individual e coletiva.

Recorda que o vírus que provoca a covid-19 (SARS CoV 2) circula na comunidade e que “esta nova fase exige de cada cidadão um rigor acrescido no cumprimento das medidas preventivas e de Saúde Pública”.

Este documento pretende apresentar as medidas gerais a adotar por todos e é completado por vários volumes com medidas específicas a adotar em diferentes contextos, “com base nos princípios de evidência e conhecimento científico”, acrescenta.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Acho que este Vírus mexeu com o cérebro de muita gente.Uma coisa é certa,nunca houve tanta limpeza cá no sítio.

Suárez aborda eventual saída de Messi. "Saberá do que precisa"

O futebolista Luis Suárez comentou a possível saída do seu companheiro de equipa Lionel Messi do Barcelona. "Saberá do que precisa", disse o internacional uruguaio, frisando que não consegue ver o astro argentino noutra equipa. …

Mário Centeno nomeado governador do Banco de Portugal

O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o nome do ex-ministro das Finanças para o cargo de governador do Banco de Portugal (BdP). A decisão foi revelada, esta quinta-feira, depois do Conselho de Ministros, pela ministra …

Finanças admitem queda de 9% no PIB. Governo prepara-se para rever projeção inicial de 6,9%

O Ministério das Finanças admite a possibilidade de que a queda do PIB se aproxime dos 9%, revelou esta quinta-feira o Jornal de Negócios, adiantando que o Governo se prepara para rever a projeção inicial …

Vacina de Oxford testada em humanos com "resultados promissores"

Os testes clínicos em humanos da potencial vacina contra a covid-19 que a Universidade de Oxford criou tiveram "resultados prometedores" e desencadearam a resposta imunitária que se pretendia. Os testes em humanos, que desde abril envolveram …

Goa decreta novo confinamento, com Índia a rondar um milhão de casos

Depois de ter aberto portas ao turismo, Goa decreta um novo confinamento de três dias. Registaram-se 198 novos casos nas últimas 24 horas, o número mais alto desde o início da pandemia. O estado de Goa, …

Tribunal da Concorrência confirma coima de 75 mil euros a Ricardo Salgado

O Tribunal da Concorrência confirmou, esta quinta-feira, a coima de 75 mil euros aplicada pelo Banco de Portugal a Ricardo Salgado, no caso do financiamento do Grupo Alves Ribeiro (GAR) para compra de ações da …

Mais três mortes e 339 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 339 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da DGS. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos …

Crise entrou em nova fase mas mundo "não está fora de perigo", diz FMI

A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, disse esta quinta-feira que a crise provocada pela pandemia entrou numa nova fase, que exige flexibilidade para assegurar "uma recuperação sustentável e equitativa", alertando que o mundo …

China bane importação de ovelhas portuguesas

As alfândegas chinesas baniram as importações de ovelhas e produtos relacionados de Portugal, alegando um aviso da Organização Mundial de Saúde Animal sobre um surto de paraplexia enzoótica dos ovinos na Guarda. A notícia foi avançada …

Tânia já pode abraçar os filhos. Livrou-se do coronavírus ao 16º teste após 4 meses isolada

A algarvia Tânia Poço foi, finalmente, dada como "curada" de covid-19 após quatro meses de confinamento. Aquele que terá sido o caso mais prolongado da infecção em Portugal, chegou ao fim com o 16º teste …