Dezenas de burros estão a ser mortos no deserto de Mojave. E há um prémio para quem souber porquê

Burros selvagens estão a aparecer mortos com ferimentos de bala no deserto de Mojave. Desde maio, os corpos de 42 burros foram descobertos na área de Clark Mountain Herd, perto da fronteira Califórnia-Nevada.

O Escritório de Gestão de Terras dos EUA (BLM) não descobriu quem está a cometer estes crimes nem porque razão, por isso estão a pedir a ajuda do público.

A agência está a oferecer uma recompensa de até 10 dólares (9 euros) por qualquer dica ou informação que levem à detenção e condenação dos responsáveis pelos assassinatos de animais. A American Wild Horse Campaign, Return to Freedom e The Cloud Foundation também ofereceram as suas próprias recompensas monetárias, elevando o total geral para 18.500 dólares (16.700 euros).

“As pessoas que mataram estes inocentes e amados burros merecem ser levadas à justiça”, disse Suzanne Roy, diretora executiva da American Wild Horse Campaign, em comunicado, citado pelo All That’s Interesting. “Esperamos que um aumento na recompensa leve à prisão e condenação por estes atos cruéis.”

Os burros mortos foram encontrados ao longo da Interstate 15 entre a Califórnia e Nevada, em vários estados de decomposição. De acordo com o Los Angeles Times, as autoridades disseram que alguns dos burros foram mortos enquanto bebiam água de nascentes próximas e muitos deles eram jovens.

O BLM está a trabalhar com várias agências locais para que o perpetrador ou perpetradores possam em breve ser levados à justiça. Embora as investigações até agora tenham dado pouca informação, uma coisa é clara: estes assassinatos não são só cruéis, são ilegais.

O Wild Wild-Roaming Horses e o Burros Act protegem os animais como “símbolos vivos do espírito histórico e pioneiro do Ocidente”. Os burros são animais selvagens protegidos e é ilegal matá-los, assediá-los, capturá-los ou marcá-los em qualquer dos dez estados ocidentais controlados pelo Departamento do Interior dos EUA ou pelo Serviço Florestal dos EUA.

O não cumprimento desta lei federal pode significar uma multa de até dois mil dólares (1.800 euros) ou tempo de prisão por menos de um ano – ou ambos.

“Cavalos selvagens e burros são uma parte icónica do oeste americano e parte da nossa herança nacional. Seguiremos todas as pistas até que tenhamos detido e processado os responsáveis por estas mortes cruéis e selvagens e damos as boas vindas à ajuda do público para levar o autor ou agressores à justiça”, declarou o vice-diretor de Políticas e Programas da BLM, William Perry Pendley.

Os burros eram extremamente populares como animais de trabalho durante a corrida do ouro de meados do século XIX. Originalmente da África, foram trazidos para as Américas pelos espanhóis nos anos 1500. É por isso que muitas áreas nos EUA com grandes populações destes animais frequentemente se referem a eles como burros, que é derivado da palavra espanhola borrico, que significa burro.

No auge da indústria de mineração no Ocidente, os burros eram usados ​​para transportar suprimentos pesados ​​e minérios entre as minas e os campos e carregavam outros itens essenciais, como comida e água.

Depois de a corrida do ouro chegar ao fim, muitos dos burros foram soltos, deixados a vagar livremente pelos desertos do oeste. Como têm uma alta propensão para sobreviver em ambientes hostis – uma vez que foram originalmente domesticados nos desertos da África e do Oriente Médio – os burros começaram a reproduzir-se.

No entanto, isso levou a conflitos entre os burros selvagens e os agricultores porque os animais estavam a comer a sua vegetação e plantações. Os agricultores começaram a caçar estas “pragas”, o que causou a queda da sua população. Os esforços de recuperação para proteger os burros levaram à lei de proteção que foi aprovada em 1971.

Atualmente, existem cerca de 44 milhões de burros em todo o mundo, com apenas cerca de 600 ainda habitando em alguns países da África.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Procuradora do caso Alcochete castigada com multa de meio salário

A procuradora encarregada do caso Alcochete, Cândida Vilar, foi condenada a 15 dias de multa, por falta de zelo na acusação do ataque à academia do Sporting. Todos os membros do plenário do Conselho Superior do …

Ateneu de Lisboa perdeu exemplar raro de "Os Lusíadas"

Um exemplar raro da obra "Os Lusíadas", avaliado em 100 mil euros, desapareceu do Ateneu Comercial de Lisboa. Segundo o Observador, que cita o jornal i, desapareceu do Ateneu Comercial de Lisboa um exemplar raro da …

Pais da bebé Matilde ajudaram Tomás a tratar cancro nos ossos

Tomás Leal, de 5 anos, tal como a irmã, Marta, de 9 anos, sofre de cancro nos ossos. Os pais recorreram à Clínica Universidad de Navarra, em Espanha, para uma solução médica que evite …

Já é conhecido o novo Governo. Há mais mulheres e cinco novos ministros

António Costa levou esta tarde os nomes do novo Governo que foram validados pelo Presidente da República. Costa quis deixar o assunto encerrado antes de partir para o Conselho Europeu de quinta e sexta-feira. A …

Relação de Lisboa reconhece insónias como motivo para indemnização

Uma empresa foi obrigada a indemnizar três funcionários que tinham sido despedidos e a reintegrá-los. A Relação de Lisboa considerou que os trabalhadores "passaram a andar deprimidos e ansiosos, dormindo mal" e por esse motivo …

Incêndio no Pinhal de Leiria terá originado de dois reacendimentos

O incêndio na Mata Nacional de Leiria, no dia 15 de outubro de 2017, resultou de dois reacendimentos de um incêndio após uma queimada e outro de um possível fogo posto, refere o despacho de …

Peste suína leva China a proibir carne de Timor-Leste

A China interditou a entrada de carne de porco proveniente de Timor-Leste devido ao surto de peste suína africana detetado no arquipélago. Segundo um edital publicado esta terça-feira pela Administração Geral da Alfândega da China, mas …

Lisboa está entre as cem cidades com os melhores hospitais do mundo

Lisboa figura na lista das cidades com os melhores hospitais do mundo segundo o estudo "Best Hospital Cities Ranking 2019", realizado pela primeira vez pela tecnológica da área da saúde Medbelle, uma startup baseada em …

Gaudêncio demite-se da liderança do PSD/Açores e pede eleições internas antecipadas

O líder do PSD/Açores, Alexandre Gaudêncio, demitiu-se esta terça-feira do cargo e vai pedir eleições internas diretas, não adiantando se se irá recandidatar ao cargo que assumiu há um ano. Alexandre Gaudêncio anunciou esta terça-feira, em …

Mortes causadas por agentes da polícia crescem 4,3% com Bolsonaro no poder

Agentes da polícia no Brasil causaram a morte de pelo menos 2.886 pessoas nos primeiros seis meses deste ano, mais 4,3% que os 2.766 registados no mesmo período do ano passado. Segundo um levantamento divulgado na …