Devolver garrafas de plástico em supermercados vai dar prémio

O Governo vai lançar um programa de incentivo à devolução de garrafas de plástico não reutilizáveis, bem como de garrafas de vidro, metais ferrosos e alumínio. Em troca, há prémio.

De acordo com uma alteração a um decreto-lei publicada em Diário da República esta quarta-feira, os termos e critérios ainda não foram definidos mas já se deixa a indicação de que o consumidor poderá receber um prémio. Não se sabe, contudo, que prémio será.

O prémio atribuído ao consumidor ainda não está definido. Será “determinado mediante despacho do membro do Governo responsável pela área do ambiente”, ou seja, pelo ministro João Matos Fernandes.

A medida irá entrar em vigor a partir desta quinta-feira, com vista a uma implementação até ao dia 31 de dezembro de 2019. O diploma prevê que cada pessoa que devolva uma garrafa de plástico ou outras embalagens não reutilizáveis aos super e hipermercados deverá receber um prémio, ainda por definir pelo Ministério do Ambiente.

As grandes superfícies que adiram a esta medida terão de criar “nas suas instalações uma área devidamente assinalada e exclusivamente dedicada ao comércio de bebidas em embalagens reutilizáveis ou 100% biodegradáveis identificadas nos termos da lei”, estabelece o diploma, citado pelo Observador.

Até ao final do 3º trimestre de 2021 o Governo apresentará à Assembleia da República um relatório de avaliação do impacto da implementação do sistema de incentivos”, estabelece o artigo 23º do decreto-lei Decreto-Lei nº 152-D/2017.

A lei terá que ser regulamentada nos próximos 180 dias e a partir de 1 de janeiro de 2022 este regime será de carácter obrigatório.

A medida surge depois de Bruxelas ter avisado que Portugal é um dos países que corre risco de não cumprir a meta de reciclagem de 50% dos resíduos domésticos em 2020. Em 2025 esta taxa cresce para 55% e em 2030 para 65%. Os dados da Agência Portuguesa do Ambiente, relativos a 2017, apontam para uma taxa de reciclagem de 38% dos resíduos, valores que as organizações ambientalistas dizem estar errados.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. ao fim de tantos anos a batalhar na reciclagem so agora é que o governo abriu os olhos.
    ainda vai lançar um programa de incentivo, rsssss
    nao seria mais facil criar uma lei para que os supermercados tivessem maquinas destas?
    em vez de encherem os bolsos, tinham maquinas de reciclagem e davam taloes de descontos nas compras. aposto que os consumidores iam reciclar mais.
    antigamente era tudo de vidro e pagava-se o chamado vasilhame, assim obrigava os consumidores a entregarem as garrafas para reaverem a taxa do vasilhame.

    ha paises mais pobres do que nos, mas mais avançados pois que ja têm estas maquinas ha muitos anos

    https://www.youtube.com/watch?v=4UQdgu0e_9I

    • Esta deve ter saído do escritório do Paulinho Azevedo SONAE para pôr mais um negóciozito na sua mão. Já não basta a destruição que provocaram na família dos portugueses (trabalhar aos domingos), no negócio das mercearias de bairro (Continente) no negócio imobiliário (Shoppings), no negócio dos Health Clubs(Solinca), no negócio dos electrodomésticos (Worten), no negócio da roupa (Modalfa), no negócio das farmácias e opticas (Well´s), no negócio das lavandarias self-service (próximo) … detêm 34% da distribuição e ainda lhe vão meter mais uns milhões no bolso com esta … E depois ainda lhe dão condecorações….. Cambada de tristes, vejam se “Monhé” diz que o responsável pelo estado demográfico de Portugal é da grande distribuição… Nahhh, não convém…. Porque não vão pagar por isso, mas talvez os vossos filhos não tenham essa “sorte”..

  2. Este tipo de medidas já existe em muitos outros países. Na Alemanha, por exemplo, paga-se o vasilhame em plástico, e recebe-se de volta o valor ao colocar a garrafa ou o recipiente nos contentores de recepção das embalagens. Penso que o valor é de cerca de 25 a 50 centimos por uma garrafa. É uma medida fácil e prática, que desincentiva o uso de embalagens de plástico, e premeia quem recicla. E não custa nada a implementar.

    • Isso mesmo, usei isso em Amesterdan, tudo que utilizamos na semana de garrafa pet e latinhas devolvemos numa máquina e recebemos um cupom em Euros, para gastar no mercado, onde devolvemos. Devolvem o que pagamos de imposto pelo vasilhame. Deu janta para cinco.kkk

  3. O prémio deve ser igual àquele que as burras ganham em Maio e as gatas em Janeiro. Ainda me lembro muito bem quando se devolvia o vasilhame e se recebia o dinheiro. Houve tempo que quase nem havia taras perdidas e os produtos com essas taras (perdidas) eram sempre mais caros. Esse serviço de troca de vasilhame deveria dar muito trabalho aos supermercados e com o tempo passou tudo a tara perdida. Claro que essa tara é paga pelo consumidor. Os desgovernos que temos tido tudo têm permitido aos poderosos. Agora é que se lembraram desta. Claro que o prémio deve ser à costa ou à Centeno. Nem deve dar para as solas dos sapatos. Quadrilhas do Diabo!!

  4. Na Finlândia há 20 anos atrás já ia devolver as garrafas de plástico às máquinas de vasilhame no supermercado para depois descontar o dinheiro recebido nas compras que fazia a seguir. Se isto chegar a Portugal agora deve estar na média do atraso deste país…

RESPONDER

Cientistas obrigados rebatizar dezenas de genes humanos por causa do Excel

Só no ano passado, os cientistas viram-se obrigados a mudar os nomes de 27 genes humanos por causa de um erro de leitura do Microsoft Excel. Tal como explica o portal The Verge, que avança …

"Vai continuar a queimar". Covid-19 é parecida com fogo florestal, não com ondas e picos

Com o surgimento do novo coronavírus no mundo, vários especialistas previam que este iria surgir em ondas e picos. Agora a visão de futuro é outra e os especialistas dizem que a pandemia se compara …

Mudanças climáticas podem vir a causar mais mortes do que a covid-19, alerta Bill Gates

  As mudanças climáticas podem custar muito mais vidas nas próximas décadas do que a pandemia do novo coronavírus (covid-19). O alerta é do co-fundador da Microsoft, Bill Gates, que, através de uma reflexão no seu …

Descoberta a primeira disrupção gigante nas nuvens de Vénus

Uma equipa internacional de cientistas, que incluiu um investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), descobriu a "primeira disrupção gigante" nas nuvens de Vénus que tem fustigado as zonas profundas da atmosfera …

TVI aposta em estúdio a Norte. Nuno Santos quer Informação mais ao estilo da SIC Notícias do que da CMTV

O diretor-geral da TVI, Nuno Santos, afirmou, em entrevista ao jornal Público, que a estação de Queluz de Baixo vai apostar num estúdio no Norte, revelando ainda que pretende mudar a Informação do canal mais …

Fair-play financeiro. UEFA mantém restrições ao FC Porto

A UEFA informou, esta sexta-feira, que o FC Porto "cumpriu parcialmente as metas estabelecidas para a época 2019/20" a nível do fair-play financeiro e que vai manter as restrições impostas ao clube azul e branco. "O …

Procuradora-geral de Nova Iorque quer dissolver NRA após investigação de fraude

A procuradora-geral de Nova Iorque anunciou, esta quinta-feira, ter movido um processo judicial contra a National Rifle Association (NRA), depois de uma investigação que mostra que os seus dirigentes desviaram milhões de dólares para benefício …

MP abre inquérito sobre surto em lar de Reguengos de Monsaraz

O Ministério Público (MP) instaurou um inquérito sobre o surto de covid-19 num lar em Reguengos de Monsaraz, no distrito de Évora, que já provocou 18 mortos. Questionada pela agência Lusa, a Procuradoria-Geral da República (PGR) …

Ciclista Fabio Jakobsen já saiu do coma induzido

O ciclista holandês saiu do coma induzido, dois dias depois de uma violenta queda na primeira etapa do Tour da Polónia, que o deixou em estado grave e obrigou a uma cirurgia de cinco horas. "Temos …

Explosão em Beirute equivalente a várias centenas de toneladas de TNT, dizem especialistas

A explosão no porto de Beirute, que na terça-feira matou mais de cem pessoas e deixou milhares de outras feridas, terá sido desencadeada por 2.750 toneladas de nitrato de amónio. Segundo especialistas, foi o equivalente …