“Devo olhar para a minha finitude”. Eanes ainda não aceitou o convite para os 50 anos do 25 de Abril

Tiago Petinga / Lusa

O antigo presidente da República, António Ramalho Eanes

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, convidou Ramalho Eanes para presidir as comemorações dos 50 anos do 25 de Abril. Porém, o ex-presidente da República ainda não decidiu.

Em declarações ao semanário Expresso, Ramalho Eanes falou dos seus 86 anos, disse que se sente “muito honrado” com o convite de Marcelo e que se fosse mais novo talvez dissesse que sim, mas que precisa de “refletir e de falar com o Presidente da República”.

“Ainda não decidi. Admito não ter tempo”, continuou Eanes.

À TSF, a idade também foi mencionada. “Não porque não me seduza o convite, mas porque tenho 86 anos. Na altura da comemoração terei, se cá estiver, 88. Não era prudente nem realista, devo olhar para a minha finitude, admitir e sentir que está próxima”, explicou.

Eanes imagina-se a celebrar meio século de Abril junto das gerações mais jovens.

“Desejo que os 50 anos do 25 de Abril sejam um momento de encontro da nossa comunidade”, explica o general, acrescentando que gostaria que a data fosse uma oportunidade “para refletirmos o que fizemos bem e o que fizemos mal e para garantir que os nossos filhos queiram ficar num país onde sintam que os seus filhos podem ter um futuro”.

O ex-presidente considerou ainda que a escolha do nome de Pedro Adão e Silva para a comissão organizadora é uma boa notícia e seria uma parceria desafiante.

“É uma parceria provocante porque vivi toda esta situação e, portanto, tenho uma certa dificuldade em afastar-me dela o suficiente. O Adão e Silva é um indivíduo que prezo de uma maneira muito especial porque é um homem que tem formação, competência, tem facilidade de expressão e é, sobretudo, um homem que diz as coisas tal como as pensa. Não está com subterfúgios“, disse.

A ideia de antecipar as comemorações de 2024 para 2022 foi articulada entre Marcelo e António Costa, com o argumento de ser já no próximo ano – a 24 de março – que se somam mais dias de democracia do que os que houve de ditadura.

A ditadura durou precisamente 47 anos, dez meses e 28 dias, num total de 17.499 dias. No dia 24 de março de 2022, a democracia terá já 17.500 dias, ultrapassando por um dia o tempo que durou a ditadura e sendo, por isso, o dia escolhido para dar início às comemorações dos 50 anos do 25 de Abril.

Maria Campos, ZAP //

 

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. … é uma pena já não se fazerem destes.
    O Marcelo trouxe alguma esperança mas é outro campeonato.
    Que tenha uma vida longa e com saúde General Ramalho Eanes.

  2. O General Ramalho Eanes tem mais sabedoria que os outros todos juntos…
    Muito se fala dos capitães de abril… Mas se não fosse este homem, estaríamos hoje a viver o mesmo que se vive no Myanmar!! Se existe alguma democracia hoje, isso deve-se ao General Ramalho Eanes. Portugal ainda não lhe fez a devida homenagem. E é uma pena ver que caminhamos para um novo PREC… E quem vai tomar conta disto??

RESPONDER

Câmaras de videovigilância nas ruas portuguesas disparam em oito anos

Desde que foram autorizadas pela primeira vez em território nacional, os sistemas de videovigilância com recurso a câmaras nos espaços públicos tem sido cada vez mais requisitado pelas forças de segurança. Em 2009 foi autorizada pelo …

João Félix: o "louco" e o "calvário"

Avançado do Atlético de Madrid só esteve em campo durante 18 minutos, contra o Atlético Bilbau. Simeone defendeu o português. João Félix foi o nome mais comentado após o empate entre Atlético de Madrid e Atlético …

PCP quer limite de quatro dias por semana em teletrabalho

O projeto do PCP propõe limitar o teletrabalho a quatro dias por semana e que as empresas paguem o acréscimo das contas da luz, água, internet e telefone. O PCP quer limitar o regime de teletrabalho …

"The Crown" domina Emmys e "The Handmaid's Tale" é a derrotada da noite

A série da Netflix “The Crown” foi a grande vencedora da 73.ª edição dos Prémios Emmy, levando pela primeira vez a estatueta de Melhor Série Dramática e dominando por completo a categoria na maior noite …

Vacina contra a covid-19 em spray nasal tem vários benefícios - e pode estar para breve

Atualmente, receber uma vacina contra a contra a covid-19 é sinónimo de levar uma injeção no braço. Contudo, esta realidade pode mudar, já que um novo estudo garante a eficácia de vacinas administradas de forma …

Messi substituído e surpreendido

Jogo contra o Lyon não estava a correr bem para o PSG e o treinador Mauricio Pochettino decidiu colocar Lionel Messi no banco de suplentes. O Paris Saint-Germain "sobreviveu" neste domingo - mas já sem Lionel …

“Este senhor é primeiro-ministro? Não, mas vai ser“. Em tempo de autárquicas, Pedro Nuno faz campanha dupla

Pedro Nuno Santos tem aproveitado a campanha autárquica para prosseguir a sua campanha interna. Um dia será sucessor de António Costa e a ocasião é perfeita para ganhar simpatizantes dentro do próprio partido. Entre sexta e …

Pelo menos oito mortos e seis feridos num tiroteio em universidade na Rússia

Pelo menos oito pessoas morreram e seis outras ficaram feridas após um atirador abrir fogo hoje numa universidade na cidade russa de Perm, segundo o Comité de Investigação da Rússia citado pela agência de notícias …

Vulcão nas Canárias em erupção e destrói casas. Cinzas podem chegar à Madeira

O vulcão Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma, entrou este domingo em erupção na zona de Las Manchas, depois de mais de uma semana em que foram registados milhares de sismos na região. A …

Cientistas queriam estudar a propagação das borboletas, mas criaram uma matriosca de parasitas

Objetivo dos cientistas era perceber, através da introdução da espécie de borboletas Glanville fritillary qual o seu poder de dispersão numa ilha finlandesa. No entanto, acabaram com um retrato alarmante para todos os investigadores que …