“Acto terrorista”. Dois adolescentes detidos pela morte da jornalista Lyra McKee

(h) Jess Lowe / EPA

A jornalista Lyra McKee

A polícia irlandesa anunciou este sábado a detenção de dois homens, com 18 e 19 anos, no âmbito da investigação à morte da jornalista baleada na noite de quinta na sequência de confrontos em Londonderry.

Os dois jovens foram detidos ao abrigo da legislação antiterrorista e foram conduzidos a um posto de polícia, em Belfast, para serem interrogados pela morte da jornalista britânica Lyra Mckee, precisou a Polícia da Irlanda do Norte, PSNI.

A jornalista Lyra Mckee foi baleada esta sexta-feira, na sequência de um motim no bairro de Creggan, em Londonderry, a segunda maior cidade da Irlanda do Norte, no que a polícia irlandesa considerou um “incidente terrorista“.

Natural de Belfast, a jovem repórter foi atingida na cabeça por um homem com uma máscara que disparava contra a polícia. Segundo as autoridades locais, a jornalista foi transportada com vida para o hospital, onde acabou por morrer, pelas 23:00 horas.

Lyra McKee, de 29 anos, era editora no site Mediagazer. Em 2016, foi considerada uma das 30 figuras com menos de 30 anos da revista Forbes, pela sua “paixão por mergulhar em tópicos sobre os quais os outros não se interessam”.

A jornalista ganhou notoriedade em 2014, com uma carta ao “seu eu mais novo” acerca da experiência de crescer a guardar o segredo da sua homossexualidade. “A vida é tão difícil neste momento. Acordas todos os dias a pensar quem mais vai descobrir o teu segredo e odiar-te”, escreve uma Lyra com 24 anos ao seu eu mais novo.

Numa conferência de imprensa esta sexta-feira, o inspector do Serviço de Polícia da Irlanda do Norte, Mark Hamilton, afirmou que as autoridades policiais acreditam que este foi “um acto terrorista cometido por violentos dissidentes republicanos“. “É provável que o Novo IRA esteja por detrás” desta morte, afirmou o inspetor.

Momentos antes da morte, Lyra Mckee tinha partilhado na rede social Twitter uma imagem dos confrontos. “Derry esta noite. Loucura completa”, lê-se na legenda da foto, que retrata os actos violentos que marcaram a noite de quinta-feira em Creggan, com bombas de gasolina lançadas contra carros da polícia e tiroteios.

Desde o início do ano, houve várias explosões em Londonderry, mas sem vítimas. Em janeiro, um artefacto explosivo detonou em frente a um tribunal no centro da cidade, pouco tempo depois de as autoridades terem sido alertadas.

Londonderry, chamada simplesmente Derry pela maioria de habitantes católicos da cidade, cerca uma população de cerca de 85 mil pessoas, e está localizada no extremo noroeste da Irlanda do Norte, na fronteira com a República da Irlanda.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Austrália. Depois dos incêndios, chega o granizo (e já está a provocar estragos)

A Austrália está a recuperar dos enormes incêndios dos últimos meses. No entanto, a costa oriental do país debate-se agora com chuvas intensas que tem provocado inúmeras inundações. As fortes chuvas que caíram esta segunda-feira proporcionaram …

Taxa sobre produtos poluentes rendeu 200 milhões em dois anos

A taxa aplicada sobre produtos poluentes - plástico, cartão, embalagens de vidro, entre outros -, rendeu ao Estado português 199,6 milhões de euros em dois anos, avança o Jornal de Notícias esta segunda-feira. O valor, arrecadado …

"Mito sem sentido". Santos Silva rejeita que Portugal seja "amigo especial" da China

O ministro dos Negócios Estrangeiros rejeitou, em entrevista ao Financial Times, que Portugal esteja a desenvolver uma dependência problemática relativamente à China. É um "mito sem sentido", defendeu Augusto Santos Silva. O governante falou ao …

Justiça espanhola liga ex-ministro a alegado caso de corrupção. António Vitorino nega

A Justiça espanhola diz que o ex-ministro socialista se terá apropriado de 35 milhões de euros da petrolífera estatal venezuelana PDVSA. António Vitorino nega. A justiça espanhola alega que uma sociedade de António Vitorino, antigo ministro …

Há um obstáculo que pode travar a primeira condenação de Salgado

Ricardo Salgado foi condenado a pagar 4 milhões de euros e proibido de ser banqueiro nos próximos dez anos. No entanto, ainda há um último obstáculo que pode travar a sua condenação. O Tribunal Constitucional rejeitou …

Diplomatas portugueses salvaram entre 60 mil e 80 mil vidas durante a II Guerra Mundial

Os diplomatas portugueses terão salvo entre 60 mil a 80 mil refugiados do regime nazi, maioritariamente judeus, durante o período da II Guerra Mundial, estimou a historiadora Irene Flunser Pimentel em entrevista à agência Lusa. Além …

"Absolutamente determinantes." Autárquicas de 2021 vão ser a prova de fogo de Rui Rio

Rui Rio foi reeleito presidente do PSD este sábado, mas tem pela frente vários desafios. O maior deles todos serão as autárquicas de 2021 que vão ditar muito do seu futuro político.  Rui Rio mostrou-se disponível …

Deputados do PS querem reabrir linha do Tâmega

Os deputados do PS do distrito do Porto querem que a linha do Tâmega, que fazia a ligação ferroviária entre Livração, em Marco de Canaveses, e Amarante, como existia até março de 2009, seja reaberta …

Joacine disposta a fazer "cedências necessárias". Livre diz que só por milagre as relações serão retomadas

O Livre decidiu retirar a confiança política a Joacine Katar Moreira. A deputada única do partido admite fazer as cedências necessárias, mas o partido diz que só por milagre as relações entre os dois vão …

Jorge Jesus diz que o campeonato português está pior (mas que o Benfica tem mais qualidade)

Jesus diz que o campeonato português está pior em comparação com outros anos, mas acredita que o Benfica está "num patamar superior" em relação a Porto e Sporting. Depois de um mês de férias em Portugal …